faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Conexão entre BOMI, DiaSorin e Fleury: case inédito na saúde brasileira em rastreabilidade de estoque compartilhado

Rafael Barbosa.jpg

Se a saúde ainda tinha alguma restrição quanto à adoção de tecnologias em todos os seus processos, os desafios do ano de 2020 levaram o setor a acelerar a digitalização em toda a cadeia. As healthtechs têm papel fundamental neste novo capítulo da história da saúde. São elas que facilitam que todos os agentes da saúde, sejam instituições ou fornecedores, possam trabalhar de forma mais conectada na resolução dos problemas. Um estudo da "Distrito" mostrou que em 2018 o número de healthtechs era de 288, já em 2019 esse número saltou para 386 - um aumento de 34%.

Neste universo de tantas novas soluções e experimentações, uma empresa se destaca por estar neste mercado há exatos 20 anos, com parcerias sólidas e de resultado com diversas pontas do mercado da saúde.

A Bionexo, healthtech brasileira de soluções digitais para a gestão da saúde, está alçando voos cada vez mais altos, graças à eficiência e robustez de seus produtos. Com tecnologias próprias, a empresa de Software como Serviço (SaaS) mostra que, para construir uma trajetória consistente de crescimento, é preciso olhar para o futuro com atenção.

Com o propósito de integrar e digitalizar toda a cadeia de valor da saúde, a Bionexo vem desenvolvendo plataformas que levam eficiência, transparência e inteligência para a gestão de suprimentos e todos os processos relacionados. Nos últimos anos, além do investimento em inovação nos produtos de alta performance desenvolvidos internamente para o Brasil e países da América Latina (Argentina, Colômbia e México), a healthtech adquiriu empresas ascendentes em seus segmentos para ampliar seu portfólio de soluções para a saúde com excelência. É o caso da GTT Healthcare, startup especializada em Internet das Coisas (IoT).

Com tecnologia já estabelecida pela GTT, a Bionexo compôs a solução Biotracker para rastreamento em tempo real de itens estratégicos em unidades de saúde, como materiais e medicamentos de alto custo.

Como o Biotracker funciona

Biotracker é uma solução para gestão de estoques que combina o uso de hardwares e softwares para operação com Identificação por Rádio Frequência - a tecnologia RFID. O produto conta com software próprio e componentes de hardware que se ajustam à necessidade de cada instituição de saúde para leitura das etiquetas RFID, como armários de inventário e leitores de mão. Com as etiquetas, é possível rastrear os itens e, assim, acompanhar a movimentação de medicamentos e materiais em tempo real, com suporte técnico de relatório de estoque e dashboard com alertas de reposição e vencimento dos produtos.

Tão logo os itens sejam recebidos pela instituição, eles são identificados pela etiqueta inteligente manualmente ou por dispensários inteligentes que operam em modo automático, com limitador de acesso para usuários autorizados definidos pela instituição. Em seguida, são incluídos no sistema da instituição (ERP). Em uso, os itens retirados do dispensário podem ser associados ao prontuário do paciente e/ou ao centro de custos. Assim, além de mais agilidade, há completa visibilidade organizacional para a instituição de saúde e os fornecedores dos itens estratégicos.

Bomi Group e Biotracker: otimização e autonomia para todos os elos da gestão de suprimentos

Para a Bomi Group, empresa italiana de operação logística para completa gestão da saúde e que atua no Brasil desde 1998, o Biotracker veio para facilitar o vínculo entre seu cliente para serviços de valor agregado de armazenamento e distribuição, a fabricante de produtos para diagnóstico Diasorin, e o Fleury, rede de laboratórios que sentia falta de ferramentas da Indústria 4.0 para a operação de monitoramento e controle de estoque de forma mais assertiva, a Bomi e a DiaSorin tomaram a decisão de procurar um parceiro SaaS que oferecesse um produto validado no mercado e personalizável, com hardwares eficientes e já estabelecidos.

Com as possibilidades de customização do pacote de hardware, software, dashboard e relatórios, a Bomi viu no Biotracker o produto que precisava. Em março de 2020, o primeiro coldchain exclusivo para os produtos da DiaSorin foi instalado para início da operação na rede de laboratórios Fleury. Em menos de um ano, a parceria com a Bionexo elevou o nível de eficiência para todos os elos da saúde envolvidos - A DiaSorin, a própria Bomi e o laboratório Fleury - que agora acompanham o uso dos produtos em tempo real e à distância, com alertas para pontos de atenção e reposição.

Para o Fleury, o ganho em tempo é de alta relevância, uma vez que nenhum dos itens produzidos pela DiaSorin e entregues diariamente pela Bomi precisam ser revisados, analisados e acompanhados pelo almoxarifado. A responsabilidade do ressuprimento também fica por conta do operador logístico, que monitora o estoque de perto até que o produto passe a ser usado pelo laboratório. Desta forma, o processo operacional de inventário, que manualmente poderia levar muito tempo, é finalizado em poucos minutos para garantir abastecimento ideal.

Sem dúvida, o uso de plataformas com IoT enriquece o setor de saúde com dados digitais para os processos e expande seus benefícios também para a assistência ao paciente. Tal tecnologia otimiza tempo e leva transparência para a cadeia de suprimentos, garantindo maior confiança e segurança para toda a gestão da instituição. É assim que a Bionexo quer seguir transformando a saúde nesse e nos próximos 20 anos que estão por vir.

"Nós da Bomi temos certeza de que parte do sucesso do projeto ‘On Demand’ está diretamente relacionado a assertividade na operação e garantia de informações em tempo real fornecidas pela Bionexo por meio da solução Biotracker. Acreditamos nesse modelo de negócio e temos grandes expectativas quanto ao crescimento, pois este modelo de operação além de inovador traz ganhos significativos tanto para o cliente final quanto para o fornecedor e vai de acordo com nosso lema que é Inteligência primeiro, entregas depois e satisfação do cliente sempre", afirma Thiago Santos, Supervisor de Projetos Bomi.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar