faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Einstein assina compromisso para reduzir em 50% emissões de gases de efeito estufa até 2030

hospital albert einstein.jpg

A Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE) acaba de assinar carta de adesão ao Programa Mundial Race to Zero (Rtz), campanha global das Nações Unidas para Desenvolvimento Sustentável, comprometendo-se a reduzir em ao menos 50% as suas emissões de gases de efeito estufa (GEE) até 2030 e zerá-las até 2050.

Para alcançar esse objetivo, o Einstein continuará trabalhando em conjunto com a sua cadeia de suprimentos - que inclui a indústria farmacêutica, química, de material médico e não médico, prestadores de serviços, entre outras - responsável por cerca de 60% das suas emissões de GEE. Atualmente, o Hospital possui mais de 5 mil fornecedores, que atendem tantos as 13 unidades do sistema de saúde privado quanto as 28 públicas geridas pela SBIBAE, que incluem o Hospital Municipal Dr. Moysés Deutsch (M'Boi Mirim), o Hospital Municipal Dr. Gilson de Cássia Marques de Carvalho (Vila Santa Catarina), Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs), Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Zona Sul da capital paulista.

O compromisso anunciado hoje é mais um passo na jornada de sustentabilidade do Einstein. Na gestão da cadeia de suprimentos, por exemplo, a SBIBAE atua no engajamento desses stakeholders desde 2019, com questionários que medem a aderência dos fornecedores a critérios ESG e um programa que os estimula a desenvolver planos de ação para aprimorar o desempenho. Além disso, adota práticas de compras sustentáveis, pelas quais os fornecedores que atuam em áreas socioambientais críticas são auditados e estimulados a melhorar o desempenho e podem até ser suspensos caso sejam considerados inadequados.

Com a assinatura deste compromisso, a SIBABAE acelerará as atividades de auditoria e engajamento com seus stakeholders, apoiando, por exemplo, o aumento do uso de embalagens retornáveis e recicláveis, como também na diminuição da emissão de gases poluentes. "Esse novo compromisso público faz parte da jornada de sustentabilidade do Einstein, um passo natural para ratificar as iniciativas que já existem e que vêm implementado nos últimos anos. A meta de descarbonização em 50% até 2030 está coerente com o Plano Diretor da SBIBAE e com nosso propósito de impactar positivamente toda comunidade na qual atuamos" afirma Henrique Neves, diretor geral da SBIBAE.

Outro caminho importante para atingir o objetivo firmado é a continuidade do processo do uso eficiente da energia nas suas unidades que representam cerca de 30% no total de emissão de GEE. Nos últimos 5 anos, foram instalados mais de 400 painéis fotovoltaicos na Unidade Morumbi e um investimento superior a R﹩ 25 milhões na modernização das centrais elétricas. Além disso, foram substituídas mais de 17 mil lâmpadas convencionais por lâmpadas tipo LED.

O processo será intensificado pela ampliação do uso de energia fotovoltaica por meio de geração local ou distribuída e a continuidade da substituição de fontes de energia poluentes por alternativas como a solar. O modelo de gestão de novas operações deverá continuar em linha com padrões, acreditações e certificações internacionais, como, por exemplo, JCI, ISO 14.001 e ISO 50.001 - já adotadas pela SBIBAE. Destaca-se também a modernização da Central de Monitoramento e Telemetria para energia e água e a realização de investimentos em ações de eficientização energética e do uso inteligente dos recursos, com investimentos previstos de aproximadamente R﹩ 15 milhões de reais até 2030.

O plano inclui a continuidade da redução nas emissões relacionadas aos gases anestésicos como o óxido nitroso, que representam cerca de 40% do total das emissões anuais da SBIBAE de GEE. A expectativa é reduzir, até 2030, 80% dessas emissões. Compromissos também partem d por telemedicina, que evita a locomoção tradicional de pacientes e médicos. No e iniciativas já iniciadas pelo hospital. Por fim, SBIBAE incentiva alternativas como o atendimento Einstein, foram mais de 250 mil atendimentos no com taxa de resolução de 80% em 2020, assim como cerca de 30% das entregas de laudos e exames por bicicletas.

A campanha Race to Zero é a maior coalizão global já criada, comprometida em alcançar emissões líquidas zero de carbono até, no máximo, 2050. A campanha une e mobiliza instituições comprometidas com as metas do Acordo de Paris - que prevê medidas de redução da emissão de dióxido de carbono (gás carbônico) na atmosfera -, além de buscar uma economia descarbonizada. Por meio do Desafio a Saúde pelo Clima II, a rede global Saúde sem Dano (Healthcare without Harm) tornou-se parceiro oficial da Race to Zero para o setor da saúde.

O Einstein vem trabalhando desde o início da década passada para melhorar seus processos de manejo de GEE, como prevê o seu Plano Diretor de Sustentabilidade, pautado nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) que tem a ODS 13 (Ação contra Mudança Global do Clima) como um dos 11 ODS priorizados.

TAG: Hospitais
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar