faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

A importância da saúde mental na volta do trabalho presencial

Conceptual image of stressed woman with electronic devices
Conceptual image of stressed woman with electronic devices at office

Empresas precisam estar preparadas para acolher e orientar colaboradores. A saúde corporativa, por meio da telemedicina e telepsicologia, pode ser uma grande aliada nesse processo

Com a retomada gradual ou total das atividades presenciais no ambiente de trabalho, além dos cuidados básicos como uso de máscaras, distanciamento e garantia de condições sanitárias adequadas, as empresas também precisam estar preparadas para fornecer programas de saúde mental e bem-estar durante a volta dos profissionais.

O isolamento, o medo de contaminação e diversas perdas, provocados pela pandemia, impulsionaram o aumento nas queixas de ansiedade e depressão. Na Conexa Saúde, maior plataforma independente do Brasil, as teleconsultas por motivo de transtornos mentais e comportamentais ficaram em quarto lugar, entre junho e agosto, só ficando atrás dos atendimentos gerais relacionados com a pandemia.

Mesmo com o aumento comum de problemas de saúde mental nesse período, a OMS (Organização Mundial da Saúde) divulgou, no começo de outubro, um relatório apontando que os atendimentos nas especialidades relacionadas ao combate desses transtornos foram reduzidos ou interrompidos em 93% dos países pelo mundo. Muitas pessoas que já tinham diagnósticos referentes à saúde mental, ou mesmo os novos casos, ficaram sem atendimento médico.

Para a psicóloga Patrícia Lenine, da Clínica Zero Barreira parceira da Conexa Saúde, as companhias começam a ter desafios adicionais na pós-pandemia ao receber seus colaboradores. Além de acolher, precisam manter a motivação dos profissionais diante de novas etiquetas e protocolos de convívio. “Já temos acompanhado um aumento na preocupação das empresas com a saúde e bem-estar dos funcionários nos últimos anos, mas em tempo de pandemia e pós, a saúde corporativa ganha ainda mais importância”, destaca.

Também é uma função corporativa essencial o acompanhamento e monitoramento na recuperação desses quadros dentro de um ambiente de trabalho. Dessa forma a empresa, ela ajuda o funcionário a retomar o seu desempenho normal no dia a dia, já que o seu objetivo é garantir uma melhor qualidade de vida para todos.

Uma estratégia mais ampla, que inclui um atendimento e suporte contínuos desses profissionais, tem se mostrado a mais eficiente. Aliás, com o avanço da tecnologia, é cada vez mais comum o uso do teleatendimento para cumprir esse papel nas empresas.

O uso de plataformas de telemedicina nas empresas tem se mostrado uma excelente ferramenta de apoio. “As consultas online com psicólogos, por exemplo, podem ser de grande ajuda tanto para as empresas, quanto para os profissionais que retornam ao receosos ao trabalho. Muitas pessoas que perderam familiares ou amigos, por exemplo, seja pela Covid, ou qualquer outra causa, não puderam nem passar pelos ritos de despedidas direito, além de toda a insegurança de como será o mercado de trabalho a partir de agora. Cuidar da saúde mental e bem-estar será peça fundamental na retomada das atividades”, complementa a psicóloga.