faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

A importância do atendimento humanizado

Tratamento humanizado faz com que o quadro clínico tenha uma evolução satisfatória, já que alterações emocionais também afetam o aspecto fisiológico, diz giretor geral do Hospital San Paolo

Neste Dia do Médico gostaria de sugerir uma reflexão a todos os profissionais e instituições da saúde sobre a importância do tratamento humanizado aos pacientes nos hospitais. Trata-se de uma tendência irreversível não só em nossa área, mas em todos os segmentos da sociedade que envolvem atendimento e prestação de serviços às pessoas. Gestores, médicos, equipes de enfermagem, precisam estar preparados para cada vez mais tornar os processos de atendimento mais humanos, mais próximos.

Dentro do ambiente hospitalar, mais que uma tendência, é um diferencial saber tratar o cliente não somente como um número e instituições que insistirem neste padrão de contato e serviço certamente não sobreviverão. Trabalhar pela melhora do atendimento passa pela humanização, ao saber informar, orientar, acompanhar, acolher. Nesse sentido, ganha força a prestação de atendimento psicológico nos diversos setores dos hospitais, contribuindo para o controle da ansiedade e dos temores das pessoas adoentadas e seus cuidadores.

Todos têm a ganhar com isso, especialmente os pacientes. Pela própria situação em que se encontra, o paciente é um cliente fragilizado, carente e cada detalhe da relação do profissional de saúde com ele é de extrema importância para sua recuperação. Está mais do que comprovado que o paciente sente-se mais confiante, mais envolvido, mais cuidado quando ele é visto e tratado com uma pessoa e não como uma senha ou um número.

Além disso, o tratamento humanizado, personalizado, faz com que o quadro clínico tenha uma evolução satisfatória, já que alterações emocionais também afetam o aspecto fisiológico. Lembrando a definição da palavra saúde, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), como o estado de completo bem estar físico, mental e social, cabe a nós profissionais da área contribuir para que esta condição seja atingida plenamente.

*Dr. Nei Marinho é Médico e Diretor Geral do Hospital San Paolo.

*Clique aqui para acompanhar o especial Médicos

TAG: Hospital
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar