faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Carefy aponta as principais tendências tecnológicas na saúde

tendências tecnologicas em saude.jpg
Com ferramentas que beneficiam tanto os processos de gestão, como o cuidado com o paciente, a tecnologia já é parte essencial para área da saúde

A transformação digital hoje é realidade na saúde. Com a modernização do segmento, o uso de ferramentas que eliminam barreiras ao acesso à saúde e ao atendimento de qualidade se tornaram indispensáveis. Para a Carefy, healthtech de gestão e monitoramento de internações, o futuro da saúde é tecnológico e com tendências que devem se manter. 

Data Science & Predictive Analytics (Ciência dos Dados e Análise Preditiva): com a análise do fluxo de dados por meios como as informações são extraídas e estruturadas em resultados, de acordo com padrões passados. Isso facilita o planejamento estratégico de uma empresa, pois muito do trabalho acaba sendo otimizado. Assim sendo, o atendimento ao cliente se torna mais eficaz e diversas trilhas podem ser traçadas para suprir a demanda.

Big Data: o armazenamento e coleta de dados é algo primordial no funcionamento dos processos dentro da saúde. O conjunto de dados integrados, é outra tendência inevitável e que está presente em exames médicos, aplicativos de monitoramento dos pacientes, prontuários e até no setor financeiro. A tomada de decisões se torna mais racional quando há comprovação de informações e quando os dados são agrupados. Por isso, o Big Data se consolida como uma das tendências na gestão.

Inteligência Artificial (IA): para o CTO da Carefy, José Carlos de Moraes, uma  das principais adoções na saúde é o uso Inteligência Artificial, cada vez mais presente no dia a dia dos hospitais e operadoras. “Seja no suporte à tomada de decisão ou na prevenção de algumas doenças, o uso da inteligência artificial se tornou imprescindível e beneficia várias pessoas, em diversas situações. Com a IA é possível prever o tempo médio de internação, prever custos, além de identificar a detecção de anomalias”, afirma.

Telemedicina: o recurso se tornou uma realidade em todo o país, uma vez que a pandemia exigiu o isolamento e acelerou o uso dessa ferramenta. “O atendimento remoto é outra ferramenta que proporciona a interação entre paciente e profissional, sendo consolidada como uma tendência muito benéfica. Com a Telemedicina, o cuidado pode ser feito de qualquer lugar e em qualquer momento”, ressalta José.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar