faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como vencer a resistência do usuário?

Resistencia do usuario, PEP, EHR, Prontuário Eletrônico
Flickr - Julien Sanine

Sempre que uma empresa ou associação opta por modernizar algum sistema enfrenta resistência em alguma etapa do processo. Muitos são os motivos. Eles podem ser financeiros, tecnológico ou cultural. A resistência faz parte da natureza humana e, no caso de introdução de um sistema informatizado no sistema de saúde (privado ou público), é considerada uma etapa normal do processo. Acontece inclusive em países desenvolvidos. Vencer essa barreira, por mais que pareça impossível, não é tão difícil.

Implantar um sistema eletrônico em um hospital traz uma série de resistências por trata-se de um ambiente que opera com sistemas próprios e processos definidos há tempos. A resistência a essa mudança impede a evolução do sistema de saúde como um todo, já que impossibilita ao Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) desempenhar seu principal papel: ser fonte geral de informações sobre pacientes e patologias.

Uma mudança desse porte exige planejamento vinculado a objetivos integrando aspectos técnicos e culturais. Para o profissional de saúde, além da dificuldade em operar o computador, a incorporação de sistemas de informática na sua rotina prevê a alteração do processo de trabalho e o impacto no relacionamento com o paciente.

A introdução dos sistemas de informação levam a uma modificação na estrutura da organização, que afeta as relações de poder com eventual diminuição da autonomia dos profissionais de saúde e aumento do controle dos gestores através de processos e protocolos.

O primeiro passo para vencer a barreira da resistência é envolver o usuário antes mesmo de implantar o sistema. Levantar opiniões, realizar reuniões para estabelecer e explicar as novas metas, e fazer os esclarecimentos necessários, podem contribuir para gerar entusiasmo na equipe. É preciso deixar claro todas as mudanças, incluindo novas funções e novos hábitos que precisam ser adquiridos no ambiente de trabalho.

Com profissionais da saúde, uma boa tática para vencer a resistência é explorar o lado competitivo de cada um escolhendo um usuário-chave em cada departamento. Escolher um médico com habilidades em práticas de TI pode ajudar a quebrar a barreira cultural e incentivam outros profissionais a usar o sistema. Colocar profissionais habilitados a dar o suporte ao uso do sistema em cada área também é um fator importante para quebrar a resistência do profissional de saúde à informatização.

TAG: PEP Hospital
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar