faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Onco Center Dona Helena reforça o time de oncologistas para ampliar sua atuação no Estado

Felipe Leonardo Estati_Crédito Gabriel Richartz.jpg

Prezando pela excelência em atendimento oncológico, o Hospital Dona Helena, de Joinville (SC), ampliou o corpo clínico do Onco Center Dona Helena, com a contratação do paulista Felipe Leonardo Estati. Ele irá compor o time de especialistas do centro, um espaço exclusivo que permite aos pacientes um tratamento integral e multidisciplinar, oferecendo consultas, exames diagnósticos e procedimentos em um único lugar. Atualmente o Onco Center está em fase de ampliação. O hospital projeta estender a área, que passará a atender em dois andares do centro clínico. 

O novo médico oncologista é natural de Avaré, no interior de São Paulo, e graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Marília. Felipe tem residência médica, com especialização em clínica médica, no Hospital do Servidor Público Estadual Francisco Morato de Oliveira, de São Paulo, e residência médica com especialização em oncologia no Hospital A.C.Camargo Cancer Center, também na capital paulista.

“O Hospital Dona Helena é uma instituição centenária, uma referência para saúde no Sul do país, disponibiliza infraestrutura para as equipes trabalharem de forma integrada e  atuarem no mesmo espaço físico, o que é excelente para o acompanhamento dos casos (dos clientes) de forma integral. Com a proposta de ampliação da área de oncologia, estou muito confiante que vamos conseguir ampliar ainda mais o acesso à saúde de qualidade para a população de Santa Catarina”, destaca o profissional.

O médico foi autor principal do trabalho “Impact of Brca1/2 mutations on the efficacy of secondary cytoreductive surgery”, na revista médica internacional Annals of Surgical Oncology, e co-autor do trabalho "Comparision of dose-dense vs. 3 weekly pacliataxel and carboplatin in the firts-line treatment of ovarian cancer in a propensity score-matched cohort", que será publicado em breve na BMC Cancer, revista médica internacional focada em oncologia. “Os dois trabalhos envolveram tumores ginecológicos, mais especificamente, câncer de ovário. Ambos envolveram a análise de 900 pacientes, o maior banco de dados da América Latina para esse tipo de tumor”, frisa.

O médico sublinha que a área da oncologia é desafiadora, exigindo aperfeiçoamento técnico diário. “É preciso constante leitura de estudos, sessões de congressos e atualizações sobre novas terapias, que devem ser aliadas à boa compreensão de problemas emocionais, financeiros e familiares que envolvam o paciente. Somente com toda essa compreensão global e individualizada para o paciente, o médico consegue ser um bom gerenciador de tratamento”, analisa Felipe.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar