faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Evonik reforça parceria estratégica com a BioNTech para a vacina contra a COVID-19

evonik.jpg
Estabelecimento de produção adicional de lipídios na Alemanha para uso em vacinas baseadas em mRNA; Expansão da posição de liderança como parceiro integrado de desenvolvimento e fabricação em terapias celulares e genéticas; Maior segurança no fornecimento da vacina da Pfizer-BioNTech contra a COVID-19

Evonik investe na expansão em curto prazo de sua produção de lipídios essenciais para vacinas contra a COVID-19 baseadas em mRNA. Quantidades comerciais de lipídios serão produzidas nos parques industriais da Evonik em Hanau e Dossenheim, na Alemanha, já a partir do segundo semestre de 2021, como parte de uma parceria estratégica com a empresa fabricante de vacinas BioNTech. A Evonik está fazendo uma contribuição importante para o aumento da segurança de fornecimento da vacina da Pfizer-BioNTech contra a COVID-19.

“A pandemia exige ações decisivas”, diz Christian Kullmann, presidente da diretoria executiva da Evonik. “Em razão disso, estamos fazendo todo o possível para abastecer nossos parceiros com os lipídios especializados que eles necessitam. Ao mesmo tempo, estamos expandindo a nossa capacidade de produção e nossas competências ao longo de toda a cadeia de valor”, acrescenta Kullmann.

Lipídios são substâncias fundamentais para a produção de vacinas de alta eficácia baseadas em mRNA. Somente com a expansão do fornecimento de lipídios será possível aumentar o volume de vacinas. Essa ação marca a expansão da parceria estratégica entre a Evonik e o fabricante de vacinas BioNTech.

Nas vacinas baseadas em mRNA, o mRNA é encapsulado em uma nanopartícula lipídica (LNP) composta por lipídios específicos. A LNP protege o mRNA e faz com que ele chegue com segurança à célula. Ali, ele é liberado, permitindo que a vacina exerça o seu efeito. A Evonik é, há muitas décadas, uma das principais CDMOs do mundo em soluções avançadas de liberação de fármacos, prestando suporte a empresas farmacêuticas do mundo inteiro no desenvolvimento e na produção de medicamentos parenterais complexos que exigem tecnologias de formulação, como as nanopartículas lipídicas. 

A empresa alemã é uma das poucas parceiras integradas no desenvolvimento e na fabricação de terapias celulares e genéticas e está participando ativamente de diversos projetos de vacinas baseadas em mRNA para combater a COVID-19.  

“A parceria com a BioNTech nos permite expandir sistematicamente a nossa posição de liderança como parceiro de desenvolvimento integrado no segmento de terapias celulares e genéticas”, diz Thomas Riermeier, responsável pela linha de negócios Health Care da Evonik. O portfólio da Evonik inclui excipientes farmacêuticos como os lipídios, além de serviços de CDMO no desenvolvimento de formulações, fabricação GMP e envase asséptico de medicamentos parenterais complexos”.

A vacina contra a COVID-19, baseada na tecnologia de mRNA de propriedade da BioNTech, foi desenvolvida em conjunto pelas empresas BioNTech e Pfizer. A BioNTech é detentora da autorização de comercialização na União Europeia e detentora das autorizações para uso emergencial, ou equivalente, nos Estados Unidos, no Reino Unido, no Canadá e em outros países.

A linha de negócios Health Care da Evonik, que inclui produtos, serviços e tecnologias para terapias celulares e genéticas, vem se caracterizando por um forte crescimento e um alto poder de inovação há muitos anos. A Evonik reconheceu o potencial das terapias genéticas desde o surgimento desses avanços. Por exemplo, a empresa de especialidades químicas já desenvolve e formula nanopartículas lipídicas em Burnaby, Canadá, e opera uma planta para a produção e o envase (fill-finish) de quantidades comerciais em Birmingham (Alabama), EUA.

“Com a aquisição da Transferra Nanosciences, sediada em Burnaby, investimos especificamente nessa tecnologia promissora em 2016”, explica Riermeier. No início de 2020, com a compra da Wilshire Technologies, fabricante americano de excipientes de origem não animal para a indústria farmacêutica, o portfólio foi novamente ampliado. Dentre essas substâncias, destaca-se o PhytoChol®, um colesterol de origem não animal, usado em muitos produtos farmacêuticos parenterais comerciais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar