faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Chip pode ser usado para detectar vírus

Pesquisadores norte-americanos desenvolvem dispositivo para análise sangüínea com dimensões nanométricas

Pesquisadores do Instituto de Física dos Estados Unidos e da Universidade Des Moines desenvolveram um chip de silício capaz de detectar com rapidez e precisão a presença de algum tipo de vírus no sangue. O dispositivo, denominado VirChip, tem seis milímetros de diâmetro, e os terminais que capturam o vírus para posterior análise foram feitos com base na nanotecnologia. As informações são da Agência Fapesp. Um único chip pode ser montado com centenas de anticorpos diferentes. Os vírus acabam grudando-se ao dispositivo, que pode ser analisado com um tipo de microscópio desenvolvido especialmente para o exame. De acordo com os pesquisadores norte-americanos, o vírus recolhido neste processo não tem nenhuma de suas estruturas danificadas.
Os cientistas explicam que o VirChip poderá ser útil em casos de transplante de coração, por exemplo. Com apenas uma pequena amostra de sangue do paciente os médicos poderão identificar infecções no pós-operatório.

TAG: Hospital
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar