faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Investimentos em saúde digital batem US$197 milhões em fevereiro

6736189489_cf0d357e06_b
No setor de saúde digital os números de fundos fecharam com US$ 197 milhões no ultimo mês. Menos do que o número alcançado em janeiro desse mesmo ano (US$ 471 milhões).

O portal MobiHealthNews publicou resultados financeiros referentes ao investimentos das companhias norte-americanas de saúde digital no mês de fevereiro. Só em 2016, esse mercado levantou números que já ultrapassam US$ 600 milhões.

Em fevereiro, a companhia MindHaze levantou US$ 100 milhões, mais da metade do resultado total das empresas em Fevereiro. O último mês fechou com US$ 197 milhões. Menos do que o número alcançado em janeiro desse mesmo ano (US$ 471 milhões). Além disso a seguradora americana digital Oscar obteve US$ 400 milhões a parte do mercado de saúde digital propriamente dita.

Também foram divulgados esses dados das companhias em Fevereiro no portal MobiHealthNews:

A Companhia Suíça MindHaze levantou US$ 100 milhões para exportar seus produtos aos Estados Unidos. A MindHaze utiliza um software de realidade virtual por rastreamento de movimento ótico de vítimas de AVC.

A Pear Therapeutics desenvolve intervenções que adaptam ferramentas digitais a medicamentos e obteve investimentos das seguintes empresas: 5AM Ventures, Arboterum Ventures, Jazz Ventures Partners e ainda da colaborativa Bridge Builders. Os ultimos resultados divulgados pela Pear Therapeutics fecharam em US$ 20 milhões.

A startup Cala Health levantou US$ 18 milhões e de acordo com os arquivos da SEC, Johnson & Johnson Development Corporation, Lux Capital and Lightstone Ventures foram as empresas contribuintes.

A Lantern, que oferece terapia de comportamento cognitivo via mobile e web para estresse e ansiedade fechou acordos com a UPMC Enterprises, Mayfield e SoftTechVC. A Lantern encerrou os investimentos em US$ 17 milhões.

Também com US$ 17 milhões, a Vivify Health que faz RPM (Remote patient Monitoring) fechou acordos com a UPMC, Laboratory Corporation of America Holdings (LabCorp) e, por fim, com a Envision Healthcare Holdings.

A Welldoc recebeu um adicional de US$ 7.5 milhões da Johnson & Johnson Innovation, trazendo a companhia para US$ 29.5 milhões em Fevereiro. A Lifescam também é colaboradora da Welldoc.

Opternative, uma empresa que pratica exames oftalmológicos a partir de Telemedicina e ainda gera receitas médicas online conseguiu U$ 6 milhões em Fevereiro, totalizando em US$ 9.5 milhões em fundos.

A Hometeam oferece serviços de cuidadores para idosos e no ultimo mês fechou as negociações com a Kaiser Permanente Ventures em US$ 5 milhões, o que leva o investimento total da companhia para, pelo menos, US$ 32.5 milhões. A Oak HC/FT, Lux Capital, LA Ventures e a Recruit Strategic Partners também fazem parte do grupo de investidores.

A First Stop Health conseguiu US$ 2.1 milhões dos co-fundadores Patrick Spain e Dr. Mark Friedman, trazendo a empresa para um investimento de US$ 5.6 milhões até agora.

Constant Therapy é uma organização que levantou US$ 1.96 milhões pelo seu serviço de reabilitação mobile. Entre os investidores existentes, temos a universidade de Boston, TiE Angels Boston e o empresário Andy Palmer.  A Constant Therapy desenvolveu um aplicativo que garante tratar de pacientes com traumas cerebrais, AVC, afasia e distúrbios de aprendizado. Fechou os investimentos com US$ 2.7 milhões pelo menos.

Realizando exames de retina por smartphone, a D-Eye arrecadou US$ 1.68 milhões das Innogest, Invitalia Ventures, Giuseppe e Annamaria Cottino Foundation e por fim da Si14.

A companhia de aderência de medicamentos HealthBeacon levantou US$ 1.13 milhões em capital-semente do governo irlandês pela Enterprise Ireland, além de iniciativas privadas também.

Por fim, a PokitDok, que oferece ferramentas de comparações de preços em saúde, baseadas em API, recebeu incentivos da McKesson Ventures, mas os valores não foram divulgados.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar