faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Laboratório brasileiro desenvolve o mais rápido processo para teste de COVID-19 no Brasil

20200401024041_1200_675_-_covid_19_teste

Tempo entre coleta e diagnóstico é de apenas quatro horas; operação está em funcionamento no Aeroporto Internacional de São Paulo

O Laboratório CR Diagnósticos acaba de disponibilizar um teste RT-PCR para detecção do coronavírus em até quatro horas, dentro do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Trata-se do exame com menor tempo entre coleta e diagnóstico no Brasil, utilizando biologia molecular para detecção do agente patogênico. Para a montagem do laboratório remoto em apenas 13 dias, foram demandados investimentos da ordem de R$ 2 milhões.

Realizado por meio da análise de uma amostra de secreção nasal e da orofaringe, coletadas através de um cotonete estéril (swab), o exame foi homologado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e oferece acurácia de cerca de 99%. Agora, ele será aplicado em passageiros, frequentadores e funcionários do aeroporto, no laboratório remoto instalado no saguão de embarque do Terminal 3, onde estão concentradas as operações internacionais.

Para a realização do teste, a CR Diagnósticos montou um posto avançado de atendimento, com quatro guichês para cadastro e oito cabines para coleta. A poucos metros do posto, foram instalados equipamentos de última geração que farão a análise do material e indicarão o resultado. O diagnóstico será validado por um médico responsável pela análise clínica.

O laboratório remoto tem capacidade de processar cerca de 90 exames por hora e contará com uma equipe de mais de 40 profissionais, divididos em turnos, com funcionamento 24x7. "Qualquer pessoa que tenha a necessidade de realizar o RT-PCR pode se dirigir ao local com documento de identificação com foto (RG, CNH ou passaporte) em mãos e solicitar o exame", explica Dr. Rene Pimenta, fundador do Grupo CR Diagnósticos. O preço do teste é R$ 350 e o resultado - em dois idiomas, português e inglês - chega por SMS. Há também a possibilidade de pegar a versão impressa do laudo em um dos guichês do posto avançado de atendimento.

Com o exame, o laboratório espera apoiar o aeroporto na retomada gradual com segurança. "Nossa equipe desenvolveu um protocolo baseado nas publicações do Centro Americano de Controle e Prevenção de Doenças, possibilitando comodidade e agilidade para a realização do RT-PCR", afirma Dr. Rene Pimenta.

No Brasil, a iniciativa é pioneira e resulta de uma parceria entre a GRU Airport, concessionária do aeroporto, e o CR Diagnósticos, rede autorizada pelo Instituto Adolfo Lutz. Segundo Dr. Rene Pimenta, a empresa será responsável pela infraestrutura e tecnologia para coleta, análise, diagnóstico da doença e emissão de resultado.