faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

O que os consumidores querem de dispositivos médicos?

shutterstock_114306559
Mais de 75% dos entrevistados nos EUA comprariam produtos médicos para uso doméstico e ainda existem algumas outras características de produto que estimulariam a compra

Nova pesquisa do Harris Poll mostra que mais de 75% dos entrevistados nos EUA comprariam produtos médicos para uso doméstico e ainda existem algumas outras características de produto que estimulariam a compra, entre eles a possibilidade de reduzir custos com saúde e gerenciar doenças crônicas. Conduzida por Nottingham Spirk, a pesquisa fornece à indústria um melhor entendimento do que pode atrair os consumidores à um produto.

Leia Mais: 10 tendências da Saúde para 2016

Como o SMS pode ser uma ferramenta fundamental na Saúde?

Por que investidores estão fugindo de dispositivos médicos?

A Nottingham Spirk é uma empresa de inovação em negócios em Cleveland, que vem expandindo sua área de inovação médica, InnovateMD, e é focada em ajudar clientes a desenvolver dispositivos para uso dos consumidores.

Em Outubro de 2009, foi realizada uma pesquisa com estadunidenses sobre suas decisões de compra de produtos médicos, de acordo com release à imprensa. Os resultados mostraram que para 44% dos adultos, a possibilidade de poderem cuidar de doenças crônicas como artrite, diabetes e hipertensão usando um produto médico os levariam a comprá-lo. Serem aptos a controlar sua saúde e fatores que a influenciam são atrativos para mais da metade dos respondentes da pesquisa.

Vice-presidente da Nottingham Spirk, Vikki Nowak, disse em release ao mercado "consumidores estão animados para poder monitorar e modificar seus próprios hábitos de saúde. Fornecer à eles as ferramentas que precisam para usarem em casa dá a eles o poder quanto à seus destinos na saúde".

Na verdade, não é nenhuma novidade que mais de 40% dos adultos pesquisados comprariam um produtos médico doméstico para reduzir seus custos com saúde. Uma maioria, 54% dos jovens adultos pesquisados, entre 18 e 34 anos, e 52% dos pais com crianças menores de 18 anos disseram que comprariam tais produtos médicos.

*Com informações de Medical Device and Diagnostic Industry, em 18/11/2015.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar