faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Pesquisa do Gartner revela aumento de 44% no uso de ferramentas de colaboração nas empresas desde 2019

pesquisa (2).jpg
As tecnologias digitais serão essenciais para possibilitar a inovação em uma força de trabalho híbrida

De acordo com o mais recente levantamento do Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, quase 80% dos trabalhadores estão usando ferramentas de colaboração para trabalhar em 2021, contra 55% em 2019. O resultado representa um aumento de 44% na procura dessas soluções desde o início da pandemia.

“As ferramentas de colaboração tiveram sua importância ampliada com a pandemia de Covid-19, principalmente por garantir a produtividade de equipes remotas repentinamente”, diz Christopher Trueman, Analista de Pesquisa do Gartner.

“À medida que muitas organizações mudam para um modelo de força de trabalho híbrido de longo prazo, tecnologias de produtividade pessoal e de equipe baseadas em Nuvem, junto com as soluções de colaboração, formarão o núcleo dos novos centros de trabalho, que atendem aos requisitos de vários trabalhadores remotos e híbridos”.

Segundo a pesquisa do Gartner, as ferramentas de armazenamento e de compartilhamento de mensagens em tempo real também tiveram um uso maior durante a pandemia, usadas por 74% e 80% dos 2021 entrevistados, respectivamente.

Analisando especificamente, o uso de soluções para reuniões aumentou durante a pandemia. Vale destacar a mudança na rotina das companhias. Em 2019, por exemplo, os funcionários em todo o mundo relataram que passaram, em média, 63% de seu tempo em reuniões presenciais; já em 2021, esse número caiu para 33%, à medida que mais reuniões acontecem por meio de soluções habilitadas para áudio e vídeo. Espera-se que o afastamento das reuniões presenciais continue. O Gartner prevê que, até 2024, as reuniões presenciais cairão de 60% das reuniões empresariais para 25%, impulsionadas pelo trabalho remoto e mudanças demográficas da força de trabalho.

“Conforme os líderes de TI se preparam para uma nova combinação de modalidades de reunião, será fundamental que eles garantam colaboração equitativa, com acesso a ferramentas e recursos para todos os participantes da reunião, independentemente da localização”, afirma Trueman. “Soluções de reunião baseadas em Nuvem e plataformas de serviço de conteúdo podem oferecer suporte a esse movimento, por meio de ofertas ou integrações com uma série de tecnologias, incluindo quadros brancos virtuais, recursos avançados de bate-papo e opções de gravação e transcrição”.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar