faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Sírio-Libanês abre pós-graduação baseada nos conceitos da SBIS

sirio-libanes-abre-pos-graduacao-baseada-nos-conceitos-da-sbis.jpg
- shutterstock
Com respaldo da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde, o curso une gestão, saúde e informática

Em um momento em que os hospitais brasileiros estão se informatizando e profissionalizando a gestão dos sistemas de saúde, o Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP/HSL) anuncia inscrições para um curso de pós-graduação em “Informática em Saúde”, baseado nos conceitos adotados pela Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS). Esses princípios reúnem em uma mesma abordagem aspectos relacionados à saúde, gestão e informática.

No total, são 40 vagas disponíveis para gestores e outros profissionais que buscam ampliar conhecimento em modelagem, implantação e gestão de processos de saúde. Com 10% de desconto à vista, a mensalidade para os doze meses de duração custa R$ 2.200 e as inscrições vão até 10 de janeiro.

O curso conta com um corpo docente interdisciplinar, que reúne especialistas do próprio hospital nas áreas de gestão e Tecnologia da Informação (TI) e visa promover conhecimento tecnológico para facilitar a captura, o processamento e a utilização de dados.

Com isso, o currículo promete ao participante o conceito e-saúde como centro do seu processo de aprendizado, para aperfeiçoar o atendimento e o fluxo de informações e, assim, tornar o profissional apto para a tomada de decisões clínicas e de gestão apropriadas.

A seleção dos candidatos acontecerá por meio de análise de currículos e entrevistas.

Para o superintendente técnico-hospitalar do hospital Sírio-Libanês e um dos coordenadores do curso, Antonio Carlos Onofre de Lira, a iniciativa foca no desenvolvimento de um profissional com competências para entender e atender às necessidades reais da área de TI em Saúde.

“Em cerca de 10 anos, os departamentos de TI terão mais de 150% de profissionais nesta área. O crescimento exponencial da ciência e tecnologia torna obrigatório o uso adequado dos recursos com planejamento e governança”, afirmou a consultora científica do curso, Profa. Dra. Heimar de F. Marin, em nota ao mercado.

A aplicação de TI em saúde está presente desde o apoio à gestão até aspectos mais especializados, como gerenciamento de imagens e exames médicos. Essa interdisciplinaridade promove um entrelaçamento de conhecimentos, que vão da ciência da computação até a bioengenharia e, mais recentemente, a medicina molecular.


*Para mais informações, no site do hospital Sírio-Libanês 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar