faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Teleconsulta aquece segmento de psicologia

saude-emocional-psicologia-acessivel

Em tempos de pandemia, saúde mental é beneficiada pelo atendimento online

A pandemia fez com que muitos setores da economia migrassem para o ambiente online e uma área que teve um crescimento substancial, dentro do segmento da saúde, foi a Psicologia. Além de pacientes que já realizavam encontros presenciais e migraram para o digital para continuar os atendimentos, novos pacientes viram a necessidade de ter um acompanhamento terapêutico na expectativa de melhorar sua saúde mental - uma das mais afetadas durante a quarentena.

Assim, foi necessário que os profissionais se adaptassem rapidamente, pois a demanda cresceu muito. Situação enfrentada pela psicóloga Rita de Cássia, que manteve 80% dos seus atendimentos e também foi procurada por novos pacientes. “Os únicos que não continuaram foram os que não possuem privacidade em casa”. A profissional acredita que essa vai ser uma condição que continuará pós quarentena. “Muitos pacientes se adaptaram ao atendimento on-line, penso que é uma tendência que irá crescer cada vez mais no futuro”.

Nesse sentido, experiências como a da Filóo, que possui uma plataforma exclusiva em que o paciente pode agendar suas consultas, pagá-las, arquivar seu histórico médico, tudo em um único ambiente, mostram-se bastante promissoras. Para o profissional da saúde, o sistema serve como um marcador de consultas online, onde além de controlar sua agenda, também é possível administrar o valor recebido pelos atendimentos. A plataforma possui ainda uma exclusiva área de telemedicina onde é possível agendar horário e realizar a consulta, tudo no mesmo ambiente digital. Além da consulta ser realizada em um espaço online exclusivo, o psicólogo pode ainda fazer anotações e manter o histórico de seus pacientes na plataforma.

O psiquiatra Marcos Noronha acredita que este tipo de atendimento foi iniciado de maneira muito oportuna, pois era preciso dar assistência a um tipo de paciente que viu sintomas como o medo aumentarem. “Entendo que o atendimento online está funcionando como um fator inclusivo, ele diminuiu barreiras. Houve uma conscientização maior da parte positiva do mundo web”, relata. Em seu consultório, que fica em Florianópolis-SC, o médico está atendendo tanto de maneira presencial seguindo todos os protocolos, pois na cidade ainda existe uma parcela da população que prefere assim, mas também trabalhando em diferentes plataformas digitais.

Tanto o Dr. Noronha, quanto a psicóloga Rita, acreditam que o mercado precisa investir muito em tecnologia aliada à saúde, pois um dos aprendizados da pandemia foi o de que não é mais necessário sair de casa para obter um tratamento de saúde com qualidade.

No caso da Filóo, o caminho está sendo o de construção de uma vasta base de especialidades. Psicólogos, como Rita de Cássia, por exemplo, já são 45. O modelo de negócios da empresa é baseado em captar pacientes que invistam mensalmente R$ 9,99 para usufruir de uma rede médica própria com inúmeras especialidades a preços acessíveis, além de garantir descontos de até 80% em medicamentos e 20% em exames e vacinas. A rede de parceiros conta com mais de 11 mil farmácias espalhadas pelo Brasil.

Outro diferencial do serviço é o suporte de saúde 24 horas que a plataforma disponibiliza a seus clientes. A qualquer situação de mal-estar, é possível ligar para um número exclusivo e falar com uma equipe que auxiliará o usuário em suas dúvidas. Em tempos de Covid-19, em que uma tosse ou febre pode ser preocupante, contar com este serviço que permite uma avaliação profissional sem precisar sair de casa é tranquilizador.

E se questões mais complexas, que envolvam a condição mental, surgirem, a busca por um alívio, com psiquiatras e psicólogos também pode ser obtida, ao toque dos dedos na tela do celular.