faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Telefônica Vivo e FMUSP se unem por e-health

Depois de adquirir a Axismed, empresa de gestão da saúde populacional, a Telefónica - agora com a USP - avança ainda mais no setor e aproveitará a aliança para lançar produtos

Em mais um passo para fortalecer a presença no setor de saúde brasileiro, a Telefônica Vivo anunciou na última quarta-feira (20/03) parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).
Na aliança, a universidade entrará com o conteúdo acadêmico e a multinacional oferecerá conectividade para difundir o material para os estudantes da universidade e agentes da Atenção Primária ligados ao núcleo de Telessaúde, coordenado pela instituição. Em contrapartida, a multinacional testará sua tecnologia no modelo e também lançará produtos e serviços de e-health, que poderão ter o conteúdo em tecnologias embarcadas.
?Podemos embarcar conteúdos em nossas tecnologias como, por exemplo, o produto que estamos desenvolvendo como foco no Programa Saúde da Família?, afirmou o presidente do Grupo Telefonica no Brasil, Antonio Carlos Valente.
O conteúdo engloba artigos acadêmicos, infográficos e áudios. Além disso, a Telefónica terá acesso aos vídeos do Projeto Homem Virtual, programa de computação gráfica 3D composto por sequências dinâmicas tridimensionais da estrutura do corpo humano.
A princípio serão doados pela Telefônica Vivo à FMUSP 60 chips 3G Plus para tráfego de dados com isenção dos custos e que poderão ser utilizados durante um ano. A divisão ocorrerá da seguinte forma:
- 30 chips serão distribuídos para o programa de Atenção Primária, na região Oeste da capital paulista. O objetivo é que os estudantes e agentes de saúde ligados ao programa Telessaúde, que é coordenado pela universidade, possam ter acesso ao conteúdo acadêmico com rápida conexão e possam trabalhar na promoção e educação da população local.
- 15 chips serão voltados para um curso sobre Saúde do Idoso, voltado para médicos e enfermeiros, planejado para ocorrer em maio e terá duração de 18 meses.
- Os últimos 15, terão a área de emergência como foco. A ideia é uma parceria com a Secretaria de Segurança Pública para educar gestores a desenvolver medidas para a prevenção de acidentes de moto e atropelamentos. Esta ação está prevista para junho deste ano.
?Precisamos da criação de cases primeiro e depois partimos para a solução em escala?, diz o chefe da disciplina de Telemedicina da FMUSP, Chao Lung Wen.
Outra ação da parceria que Wen adiantou é o lançamento da Nuvem da Saúde, repositório que armazenará livros, artigos acadêmicos, simpósios, seminários e congressos. Neste caso, a operadora apoiará os estudantes e profissionais no acesso ao conteúdo, que poderá ser feito com tecnologia 3G por meio de dispositivos móveis. Está ação está planejada para abril.
Estratégia
Este é o segundo anúncio da multinacional para o setor de saúde em dois meses. No início de fevereiro, a multinacional adquiriu a Axismed, empresa com foco em gestão da saúde populacional, por meio da Telefónica Digital, braço global de inovações digitais.
A aquisição está diretamente ligada à estratégia da marca de crescer no setor de saúde. Com está ação, ela ganhou inserção no mercado corporativo (as empresas que compram plano de saúde para seus funcionários) e com as operadoras e seguradoras de saúde. A operação também possibilitará à marca difundir as soluções da Axismed para um mercado potencial de 90 milhões de pessoas.
Hoje a Telefónica Digital já tem algumas soluções focadas no setor de saúde, entre elas estão produtos para o agendamento de consultas e exames médicos, gestão de exames de imagem, acompanhamento e monitoramento de crônicos, atendimento e triagem de pacientes por via call center e uma solução para o Programa Saúde da Família (PSF).

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar