faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como trocar dados com a ANS de maneira otimizada?

Operadoras de saúde, planos de saúde, ANS
Flickr - Saarblitz

O setor de saúde é um dos que mais gera base de dados. Embora o volume de informações produzidas seja enorme, ainda não são bem processadas e analisadas. Ainda existe a dificuldade de transformar um dado em informação e consequentemente em ação. O Brasil tem o segundo maior sistema privado de saúde no mundo, por isso, para conseguir padronizar todas as informações da saúde pública e privada, a ANS (Agência Nacional de Saúde) editou, em outubro de 2012, uma resolução que estabeleceu o padrão obrigatório para Troca de Informações na Saúde Suplementar, o padrão TISS.

A norma orienta em que formato, com que periodicidade e quais informações devem ser enviadas pelos planos à ANS. Além disso, permite à ANS ter em mãos um rico banco de dados sobre o sistema de saúde suplementar no País. Trata-se, portanto, de uma troca eletrônica de dados entre operadoras e prestadores de serviços que tem como principal objetivo a desburocratização, uniformização de guias, interoperabilidade entre sistemas e aperfeiçoamento de indicadores estatísticos.

Compliance vem do inglês comply e significa agir de acordo com uma regra. Atender à exigência da ANS pode acabar virando dor de cabeça ao gestor de corporações de saúde suplementar que não estiver preparado. A partir da regulamentação, que está em constante atualização, esses executivos precisam incorporar a rotina de busca por melhores resultados e inovação o atendimento à exigência da ANS.

Neste caso, a tecnologia pode se transformar em um agente de transformação ao garantir a precisão das informações e a eliminação de controles manuais, ao mesmo tempo em que reduz custos e propõe eficiência na gestão. Só a automatização proporcionada por softwares de gestão permite acompanhar e compilar o volume de dados exigido pelos órgãos de regulação. Esses softwares são desenvolvidos para estruturar processos e fluxos de informação dentro de uma corporação e permitir a geração de relatórios atualizados, em tempo real, com dados que suportem a tomada de decisão e atendam às exigências regulatórias.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar