faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

7 dicas de gestão de pessoas no setor de Saúde

médico equipe de saude enfermeira gestão com tablet
Confira o que você deve priorizar para reter sua equipe, segundo a Acerta Consultoria

Você abriu um consultório, trabalhando sozinho, e, em pouco tempo, cresceu e se tornou uma empresa com diversos funcionários para gerir. Se identificou? Pois é… Isso tem acontecido bastante. E, em alguns casos, o consultório vira uma clínica, com outros médicos trabalhando também, além de profissionais de saúde, como enfermeiros, técnicos de enfermagem e radiologistas, e profissionais administrativos, como secretárias, contadores e supervisores. 

O Brasil possui atualmente meio milhão de médicos, de acordo com o Conselho Federal de Medicina. Muitos deles, hoje, gestores. Quando menos esperam, já têm um time enorme que precisa de atenção: “Na Saúde o atendimento humanizado é muito importante, pois os pacientes geralmente estão fragilizados. Por isso, ter uma equipe motivada e trabalhando com propósito é essencial para diminuir a rotatividade que é grande nessa área”, afirma Marcella Moura, psicóloga e sócia da Acerta, consultoria de RH especializada em gestão de pessoas, com foco em Saúde, entre outros setores.

É importante que a gestão de pessoas seja aplicada desde a seleção da equipe até o acompanhamento da rotina. A motivação deve ser constante, especialmente quando se trabalha em um setor sensível como a Saúde. Para isso, a especialista dá sete dicas: 

1. Contrate de acordo com o perfil da vaga

Cada setor tem uma especificidade e um perfil diferente, tanto técnico como comportamental. Por exemplo, para a recepção o candidato precisa gostar de pessoas, ser organizado e dinâmico. Já a área Médica é técnica. E todos precisam estar integrados e alinhados com a cultura da empresa. 

2. Comunique-se

Uma comunicação efetiva reduz a possibilidade de erros. Como nessa área os profissionais lidam diretamente com a saúde e bem-estar das pessoas, um simples deslize pode ter consequências graves. 

3. Desenvolva a equipe

Tecnicamente e emocionalmente. Treine sua equipe para oferecer um atendimento de excelência ao paciente, para que você vire referência no seu segmento, para saber lidar com as dores e frustrações dos pacientes, para ter empatia. Treine.

4. Crie processos

Cada paciente é único e demandará formas diferentes de atendimento. No entanto, a criação de processos facilita e agiliza o dia a dia do trabalho, prevendo situações e oferecendo soluções para cada tipo de demanda. Para isso, o treinamento é fundamental. 

5. Tenha um cronograma de feedbacks

Saber que existem momentos específicos tanto para falar o que desejam para o gestor como para receber feedback faz com que as pessoas se sintam respeitadas e mais à vontade para o diálogo. Em um ambiente onde a carga emocional pode ser grande, poder se expressar abertamente é essencial. 

6. Defina metas

A equipe precisa saber onde você, como médico e empresa, pretende chegar para que possa ter clareza dos objetivos e entender a importância das tarefas diárias para o atingimento das metas. Quando o colaborador sabe seu papel no time, se empenha para entregar aquilo que é esperado e, dependendo da sua motivação, além do esperado.  

7. Mostre o propósito

Uma das motivações mais importantes para quem trabalha no setor de Saúde é a possibilidade de ajudar o próximo, já que, em grande parte das vezes, os pacientes procuram seus médicos por conta de doenças ou outras fragilidades. O trabalho precisa fazer sentido para eles, por isso, mostre sua importância e o seu propósito. 

“Quando os médicos passam a ter uma equipe, precisam atuar também como gerentes de pessoas e não somente profissionais da saúde. Para isso, é preciso mudar o mindset e se ver como líder, com visão estratégica do negócio. Muitas vezes não é uma tarefa fácil, mas com treinamento e direcionamento é possível manter uma equipe motivada, com foco no atendimento de excelência ao cliente”, lembra Luana Fernandez, também sócia da Acerta Consultoria, que atua nas áreas de Recrutamento & Seleção, Avaliação de Desempenho, Cultura de Marca, Treinamentos, Mentoria e Mapeamento & Organização de competências.

TAG: Gestão
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar