faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

OMS alerta para importância dos testes que detectam novo Coronavírus

laboratory test
scientist doing DNA test in modern laboratory

Brasil já possui os testes que atestam a presença do vírus Covid-19 em pacientes hospitalizados ou em situação de isolamento domiciliar. A coleta é simples e os resultados ficam prontos em até três dias.

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira, 19, o último levantamento sobre os casos do novo Coronavírus, que seguem sob investigação no Brasil. No total, há dois pacientes sendo monitorados, um em São Paulo e outro no Rio Grande do Sul. Eles vieram da China e apresentam sintomas de gripe, mas já receberam diagnóstico negativo para o vírus comum, por isso, permanecem em isolamento, até que as equipes médicas sejam notificadas sobre os resultados das análises de contaminação da Covid-19.

Mesmo ainda sem nenhuma confirmação, o MS informou que manterá as medidas preventivas e a rede de monitoramento diário para acompanhar a evolução dos casos, juntamente com a Organização Mundial da Saúde (OMS), que esta semana emitiu alerta global sobre a importância da realização de testes laboratoriais para a rápida identificação do coronavírus. Em entrevista coletiva, o Diretor Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus afirmou que sem contar diagnósticos precisos, os países ‘ficam no escuro’, sem saber até que ponto e por que o vírus se espalhou e quem tem o coronavírus ou doença com sintomas semelhantes. Aqui no Brasil, redes público e privadas se aliam para disponibilizar testes laboratoriais que detectem o covid-19 em tempo hábil. Para atender este chamado, equipes de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Sabin, submeteram amostras do vírus a testes com reagentes no rigoroso sistema de metodologia própria, baseado nos protocolos do Center for Diseases Control (CDC) e da OMS, o ‘SARS CoV - 2 conorona vírus Cepa 2019’, e os resultados revelaram a eficiência para identificação do novo Coronavírus.

No Parque Tecnológico da empresa, em Brasília, os especialistas desenvolveram os exames que podem ser realizados em todo o país. O diretor técnico do Grupo Sabin, Rafael Jácomo, explica que os testes são feitos com base no método ‘PCR em tempo real’. “O exame possui coleta simples, feito por meio de secreção nasal. Coletado, o material é analisado pelo núcleo de pesquisas da empresa. Os resultados são liberados em 24 horas, se feitos em Brasília, ou em até três dias, caso sejam realizados em outras regiões. Em seguida, os dados obtidos são enviados para os hospitais solicitantes e às Vigilâncias Sanitárias Municipais, para que as autoridades adotem as providências necessárias, se houver detecção de presença do vírus. a doença”, afirma.

Seguindo protocolos e boas práticas de segurança em saúde, o Sabin disponibiliza os exames apenas nas unidades hospitalares e também por meio de seu serviço de coleta em domicílio. Jácomo enfatiza ainda que investimentos contínuos em pesquisa e inovação foram essenciais para desenvolvimento dessa nova metodologia diagnóstica de forma tempestiva às demandas da comunidade médica e da população.