faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

InovaSUS 2019: Pró-Saúde recebe prêmio inédito de gestão do Ministério da Saúde

pro-saude-inovasus

Projeto do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, gerenciado pela entidade no Pará, é reconhecido como um dos cinco melhores do País durante a cerimônia do InovaSUS, em Brasília; a unidade desenvolveu projeto que incentiva a produção de próteses de baixo custo

Gerenciado pela Pró-Saúde desde 2012, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, localizado no Pará, foi uma das cinco unidades de saúde premiadas durante a cerimônia do InovaSUS, nesta semana, em Brasília.

A cerimônia marcou a 7° edição do evento, promovido pelo Ministério da Saúde, em reconhecimento aos projetos que contribuem para melhorar o atendimento à população com menor custo e maior eficiência.

O Hospital Metropolitano foi o vencedor da categoria “Gestão Solidária”, com a implantação na unidade do “Primeiro Laboratório de Tecnologia Assistiva Hospitalar de Baixo custo do Brasil”. O trabalho, inédito até então no Brasil, foi inaugurado em junho de 2019, desenvolvendo e inserindo a Tecnologia Assistiva com o objetivo de proporcionar e ampliar habilidades funcionais de pessoas com deficiência. O projeto incentiva a independência e inclusão com a produção de próteses de baixo custo e pautadas na sustentabilidade.

As órteses confeccionadas, adaptadas para as atividades diárias, são utilizadas pelos pacientes das unidades de terapia intensiva (UTI), unidades de internação, ambulatório, centro de queimados e pronto atendimento. Os materiais utilizados para a confecção da prótese passam por análise de um terapeuta ocupacional, que também avalia o quadro clínico do paciente e gravidade da patologia.

“Na Pró-Saúde, incentivamos a elaboração de estudos científicos em conjunto com investimentos em tecnologia que permitem melhorar a assistência aos nossos pacientes. Essa percepção que temos do mercado também é uma forma de otimizar custos, sem perder qualidade. Como demostrado por esse reconhecimento do Ministério da Saúde, conseguimos alcançar uma gestão eficiente e auxiliar no restabelecimento da qualidade de vida”, ressalta Miguel Paulo Duarte Neto, diretor Executivo-Geral da Pró-Saúde.

Prêmio bônus do INOVASUS 2019

O InovaSUS é o reconhecimento do Ministério da Saúde para incentivar e premiar as experiências inovadoras no Sistema Único de Saúde (SUS), que trazem melhora de indicadores assistenciais e/ou redução de custos.

Neste ano, outros quatro hospitais públicos foram reconhecidos pelo InovaSUS nas categorias de “Gestão Administrativa”, “Saúde Mental do Trabalhador da Saúde”, “Arquitetura Hospitalar” e “Educação e segurança no trabalho”. Conheça os outros projetos pelo site.

Os cinco projetos selecionados pelo Ministério da Saúde também concorreram a um prêmio destaque. Entre as cinco unidades, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência foi eleito como a “Melhor Gestão Orçamentária e Financeira”.

“Diante da nossa missão como instituição filantrópica, com mais de 50 anos de experiência na gestão hospitalar, conseguimos consolidar em todos os nossos colaboradores a vontade de participar ativamente da ampliação do acesso à saúde dos brasileiros, com atendimento de qualidade, gestão integrada e com a humanização em nossa assistência”, destacou Rogério Kuntz, diretor Operacional da Pró-Saúde no Pará.

Referência no Norte do Brasil

A equipe de reabilitação do Hospital Metropolitano, unidade mantida pelo Governo do Pará, é formada por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos. Referência pelo SUS no tratamento de média e alta complexidades em traumas e queimados para a região Norte do País, a unidade dispõe de 198 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusiva para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI.

O Metropolitano recebe pacientes da Região Metropolitana de Belém, de diferentes municípios do Pará e também de outros estados. Em 2018, realizou mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e por imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil.

A entidade está presente em 22 cidades de 12 Estados Brasileiros. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde. Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

[EBOOK] Inovações do Sistema PACS para ampliar a produtividade

pixeon

Entre as diversas ferramentas que podem ser adotadas nas unidades radiológicas, o sistema PACS se destaca, tanto pelos recursos básicos de armazenamento e otimização de serviços dentro das instituições de saúde, quanto pela possibilidade de integração com outros sistemas. Na prática, o PACS promove maior agilidade, produtividade, segurança e até mesmo redução de custos

Faça download do material "Inovações do Sistema PACS para ampliar a produtividade" e conheça as características, inovações e diferenciais do PACS da Pixeon.

Oferecimento

 

Em caso de dúvidas, consulte nossa Política de Privacidade e nossa Política de Cookies.

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro da Saúde Business lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo webinars, whitepapers e muito mais.

Inovações do Sistema PACS para ampliar a produtividade

raio_x_pixeon

Uma das ferramentas mais importantes no dia a dia dos radiologistas é o sistema PACS, que além de permitir realizar o armazenamento e a otimização de processos, possui cada vez mais vantagens para ampliar a produtividade e a segurança dos laudos. Com os constantes avanços e desenvolvimento de novas tecnologias, o PACS vem sendo aprimorado para auxiliar os profissionais, automatizar os processos e eliminar o retrabalho.

Por meio de integrações com sistemas de apoio e o uso de recursos da  inteligência artificial, por exemplo, os benefícios do PACS são potencializados. Tudo isso é ainda mais importante para as equipes que trabalham com grandes volumes de exames, que precisam de agilidade e maior controle para uma gestão eficiente.

Entre os novos recursos do PACS disponibilizados por empresas como a Pixeon, estão:

- marcador automático de vértebras;

- download progressivo das imagens para análise;

- definição de protocolos de visualização para mamografia;

- impressão sob demanda;

- acervo de imagens e biblioteca médica integrada, e muito mais.

Além dessas funcionalidades, com a integração de sistemas de radiologia como a Central de Laudos e de gestão de exames com o Portal de Pacientes, os profissionais podem aproveitar outros benefícios para organização, controle de atividades e gestão de processos. Tudo isso, é claro, seguindo as normas previstas para o setor, promovendo maior agilidade, produtividade, segurança e até mesmo redução de custos.

Diferenciais do Sistema PACS da Pixeon

Em 2019, o PACS da Pixeon foi reconhecido como o melhor sistema de comunicação e arquivamento de imagens da América Latina, conforme o estudo realizado pela KLAS, organização americana de pesquisa que atua monitorando a performance dos fornecedores de soluções para a saúde no mundo todo.

Além de oferecer todos os recursos principais do PACS, o sistema da Pixeon permite a integração de diferentes ferramentas para radiologia, além de contar com tecnologias avançadas que proporcionam o máximo de produtividade, segurança e precisão na emissão de laudos.

Tal como indicado anteriormente, entre os diferenciais e inovações do Sistema PACS da Pixeon, estão desde os recursos com inteligência artificial para marcação de vértebras, até processos de download progressivo das imagens para ampliar a produtividade dos radiologistas. Tudo isso promove o máximo de eficiência para os profissionais que podem otimizar suas tarefas com segurança, em hospitais e unidades radiológicas.

Para saber mais detalhes sobre os diferenciais do sistema PACS da Pixeon é possível acessar um material gratuito e exclusivo da empresa, que aborda todos os recursos e possibilidades para integração.

No e-book  Inovações nos laudos radiológicos com o PACS da Pixeon, você vai entender quais são as soluções de destaque do sistema e como ele está ajudando os clientes da empresa a alcançarem melhores resultados, além de proporcionar um excelente atendimento aos seus clientes.

Baixe o material gratuitamente e descubra os diferenciais e vantagens do sistema PACS da Pixeon!

Com novo aporte, startup brasileira abre contratação na região de Criciúma

nin_index

Visando expansão em 2020, healthtech Ninsaúde recebeu quantia da Elife, empresa de relevância no segmento de consultorias

A startup Ninsaúde, especializada em tecnologia da informação para o mercado de saúde, recebeu um aporte e pretende aumentar o quadro de funcionários, visando uma expansão já a partir de 2020. O montante foi concedido pela Elife, uma das empresas que mais cresce no segmento de consultorias no Brasil, com crescimento médio de 19,76% ao ano referente ao período entre 2016 e 2018.

Criada em 2012 por Helton Marinho, a Ninsaúde pretende contratar mais 11 funcionários para a sede em Criciúma. "O aporte possibilitou este crescimento e pretendemos preencher as vagas em um prazo de seis meses", conta o CEO da healthtech, desejoso de contar com pessoas jovens e adaptadas ao universo tecnológico para auxílio na área médica. "Estamos preparados para crescer. Tracionar vendas, construir parcerias sólidas e internacionalizar nossos produtos são o nosso foco para os próximos anos."

Disponível em 17 estados brasileiros e com tradução para inglês e espanhol, a plataforma Apolo é o produto pelo qual a Ninsaúde mira o mercado internacional, que já conta projetos em fase piloto para a operação do produto no Peru e Panamá. O treinamento para uso da plataforma não é cobrado e é sempre realizado de forma online toda quarta e sexta-feira, às 13h (horário de Brasília).

Plataforma Apolo e internacionalização

Presente em mais 200 clínicas no Brasil de pequeno porte -- de um a 60 funcionários --, a Ninsaúde é responsável pelo software Apolo, que permite a médicos e secretárias melhorarem e organizarem o atendimento de pacientes por meio de sistema eficiente, com soluções para atendimento, agendamento, gerenciamento financeiro e faturamento de guias. Processos de faturamento que demandavam 24 horas de trabalho no passado agora podem ser realizados em até 18 minutos por meio do sistema desenvolvido pela Ninsaúde. "Estou confortável para dizer que nosso sistema de gestão aumenta a produtividade de toda equipe ao automatizar processos, substituindo papéis por registros eletrônicos e reduzindo cliques por meio do aprendizado de máquina", afirma Marinho.

A plataforma não só colabora para um melhor uso do tempo dos usuários, como também permite um atendimento mais rápido e preciso ao paciente e preserva até mesmo a saúde do próprio médico. "Lidamos com profissionais de alto rendimento e que não podem chegar ao local de trabalho e se depararem com trâmites burocráticos para trabalhar", explica Marinho. "Diversos estudos relacionam, por exemplo, a síndrome de burnout entre médicos com a utilização de sistemas ultrapassados para gestão de pacientes."

Já para Manuela Correa, CFO da Ninsaúde desde 2016, os dados referentes ao crescimento no número de profissionais na área médica apontam para a necessidade de equipes no setor se tornarem mais competitivas e independentes. "O total de médicos aumentou 665,8% em menos de cinco décadas. A população, nesse mesmo período, aumentou 119,7%. A previsão é de chegarmos 700 mil médicos até 2030", explica. "É por conta deste cenário, que ainda contempla a grande concentração de profissionais em grandes centros urbanos, que estamos focados em ajudar equipes médicas a se tornarem cada vez mais dinâmicas, eficientes e conectadas aos pacientes."

Sobre a Ninsaúde

A Ninsaúde oferece tudo o que os profissionais da saúde e consultórios precisam para organizar e melhorar o atendimento aos seus pacientes. Atualmente, o serviço oferece aos profissionais da saúde a possibilidade de agendar consultas, atender os pacientes, gerenciar o quadro clínico dos pacientes e administrar as suas finanças.

Solução da LLamasoft facilita gestão de doações de órgãos em banco global de olhos

unifesp-transmite-cirurgia-em-resolucao-4k-e-3d.jpg
- Shutterstock

Com a parceria, a Eversight poderá, por exemplo, projetar sua rede de entrega de uma forma mais eficiente para fornecer córneas à destinatários necessitados de transplantes

LLamasoft , fornecedor líder de soluções corporativas para Tomada de Decisões Estratégicas, orgulha-se em anunciar sua parceria com a Eversight, uma organização sem fins lucrativos dedicada a reestabelecer a visão e prevenir a cegueira através da doação de olhos, córneas, transplantes e pesquisas relacionadas à visão. A Eversight utilizará as soluções da LLamasoft para tomada de decisões baseadas em dados que poderão de forma mais acurada prever as necessidades futuras e disponibilidade de doar tecidos oculares. Além disso, poderão projetar sua rede de entrega de uma forma mais eficiente para fornecer córneas à destinatários necessitados de transplantes.

A organização é um dos maiores bancos de olhos do mundo e oferece numerosos serviços além do tradicional banco de olhos. A empresa recupera, avalia e entrega tecidos oculares doados para transplantes, oferece suporte a pesquisas para causas e curas de patologias ligadas à cegueira, promove conscientização relacionada à doação através de educação pública e profissional e proporciona ajuda humanitária a pessoas ao redor do mundo com necessidade de terapias de restauração da visão. Por meio da criação de um modelo holístico e completo de sua cadeia de suprimentos, a LLamasoft e a Eversight podem mais facilmente identificar ineficiências operacionais e realizar as recomendações de melhorias, bem como avaliar planos de contingência baseados em variáveis do mundo real que impactam na doação de olhos e transplantes. Testar e planejar diversos cenários garante com que o processo mais efetivo seja colocado em prática para reconstrução de tecidos, processamento e entrega, e que o tecido esteja disponível para cirurgiões e pacientes quando a necessidade surgir.

"A Eversight contribui para reestabelecer a visão a mais de 8.000 pessoas através do transplante de córneas todos os anos, mas existe mais trabalho a ser feito," diz Ryan Simmons, Diretor de Serviços Clínicos da Eversight. "Para tratar e um dia eliminar a cegueira preventiva, a Eversight está colaborando com parceiros inovadores que compartilham do nosso comprometimento em tornar a visão uma realidade para as pessoas ao redor do mundo. A expertise da LLamasoft em Supply Chain aliados aos insights adquiridos com os dados, agora disponíveis ao nosso alcance, será muito valioso gerar decisões mais rápidas e inteligentes, que finalmente nos permitirá alcançar muito mais com o precioso dom da visão".

Além disso, com a parceria a LLamasoft terá a oportunidade de atingir seu compromisso em impactar positivamente 100 milhões de vidas até 2022. Cerca de 89% da deficiência visual está concentrada em pessoas que vivem em países de baixa e média renda. A Eversight está comprometida em corresponder às necessidades de entrega de tecidos em países onde o procedimento de transplante de córneas de reestruturação visual seria completamente inviável de outra maneira, incluindo Oriente Médio, Paquistão e sul da Coréia. Com a tecnologia da LLamasoft sendo capaz de identificar as oportunidades de economia de custos, a instituição está bem posicionada para servir à mais pacientes em dificuldades, aumentar a capacidade de chegar em mais cirurgiões de córnea e efetivamente enviar mais tecidos pelo mundo.

"Como todo transplante, o tempo é a essência na reconstituição de um tecido ocular. Em questão de dias, com a ajuda da Eversight, uma pessoa cega pode começar a aproveitar a visão da vida", informa Ryan Purcell, Diretor do Time de Impacto Global da LLamasoft. "A dedicação da Eversight é realmente extraordinária. Ajudá-los a encontrar caminhos mais efetivos e eficientes de como planejar a resgatar e entregar tecidos, para que mais favorecidos possam receber esta ajuda, está concretizando o trabalho do nosso time de Impacto Global. Estamos muito animados por ter esta oportunidade de impactar positivamente mais pessoas pelo mundo através desta colaboração".

Sobre a LLamasoft, Inc.

Sediada em Michigan, a LLamasoft é líder em soluções para Tomada de Decisões Estratégicas em Supply Chain. Desenvolvida com o mais abrangente conjunto de analíticas do Supply Chain, a tecnologia da LLamasoft, ajuda líderes de negócios a desenharem a cadeia de suprimentos que necessitam para atingir rentabilidade, melhorias em serviços e metas de crescimento. A LLamasoft cria uma verdadeira visão de ponta-a-ponta da cadeia global para revelar o desenho ideal, avaliar trade-offs e permitir a tomada de decisões estratégicas, táticas e operacionais dentro de perspectivas temporais. No mundo, mais de 750 companhias confiam na LLamasoft para responder as mais complexas questões do Supply Chain e já registraram mais de US$ 13 bilhões em valor acumulado. No Brasil, cerca de 60 já utilizam a solução para modelar, otimizar e simular suas cadeias, conduzindo a grandes melhorias em custos, sustentabilidade e mitigação de riscos. Atualmente, a empresa trabalha em parceria com organizações humanitárias, entidades governamentais e é membro do "World Economic Forum".

Sobre a Eversight

A Eversight é uma organização sem fins lucrativos com a missão de reestabelecer a visão e prevenir a cegueira através do poder de cura de doações, transplantes e pesquisas. A rede da Eversight é responsável por recuperar, avaliar e fornecer tecidos oculares humanos para transplantes; contribuir em pesquisas para causas e curas de patologias de cegueira visual; incentivar a conscientização sobre doação através de educação pública e profissional; e promover apoio humanitário para pessoas ao redor do mundo com necessidade de transplante de córneas. A Eversight opera em Connecticut, Illinois, Michigan, New Jersey, Ohio e Coréia do Sul em conjunto com cirurgiões, pesquisadores, centros médicos acadêmicos e bancos de olhos pelos Estados Unidos e internacionalmente.

Rede D’Or São Luiz apresenta o novo Niterói D’Or

rede d'or niterói

Na véspera do aniversário de Niterói a cidade foi presenteada. A Rede D’Or São Luiz apresentou oficialmente na noite desta quinta-feira as novas instalações do Niterói D’Or. Estiveram presentes na solenidade o prefeito da Cidade, Rodrigo Neves, o deputado federal Chico D’Ângelo, o subsecretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Igor Baldez, dentre outras autoridades e políticos estaduais e municipais. A ampliação do hospital é resultado de um investimento de R$ 200 milhões. São duas torres, uma de 16 andares e outra com 12, na esquina das ruas Mariz e Barros e Santa Rosa.

“A nova estrutura é símbolo do comprometimento do Grupo de melhorar continuamente os serviços oferecidos à população”, afirmou durante a cerimônia o vice-presidente operacional da Rede, Rodrigo Gavina.

A nova emergência está preparada para atender, com conforto e segurança, mais de 150 mil pacientes por ano. Esse setor conta (atualmente) com profissionais médicos 24h por dia nas especialidades de Ortopedia, Clínica Médica, Cirurgia Geral e Cardiologia. Ao todo, quando estiver em pleno funcionamento, o hospital vai gerar cerca de três mil empregos diretos. “Além da combinação de estrutura moderna e tecnologia de ponta, outro fator fundamental para a excelência de nossos serviços é a qualidade de nossa equipe. Buscamos sempre reunir os melhores profissionais”, destacou o diretor do hospital, Ricardo Reis.

O hospital também oferece Unidades de Internação adulta aberta (quartos), Unidade de Terapia Intensiva adulta, Unidade Cardiointensiva/Pós-Operatório Adulta e Unidade Neuro Intensiva Adulta. O Centro Cirúrgico é composto por dez amplas salas "inteligentes", com equipamentos de última geração, capacitadas para realização de cirurgias nas diversas especialidades médicas. O Centro Médico, outra novidade, reúne consultórios para atendimento em diversas especialidades. Em alguns meses, será inaugurado o serviço de Oncologia, com consultas e terapias, incluindo radioterapia.

Empresa Júnior da USP cria App capaz de melhorar a vida de mais de 70 mil gestantes por ano em Goiás

gravidez-tabagismo

O sistema, desenvolvido pela Poli Júnior, leva informações sobre os resultados dos exames até 87% mais rápido do que o método tradicional

A situação da saúde pública no Brasil é sempre preocupante, principalmente quando envolve gestantes, crianças e idosos. Não é incomum mulheres grávidas perdem seus filhos devido a atrasos na rede pública, já que muitas delas acabam não recebendo resultados cruciais a tempo de salvar a vida do bebê. As orientações sobre os cuidados necessários na gestação deveriam chegar a todas as futuras mães, mas não é essa a realidade do país.

O cenário de gestantes no Brasil apresenta um alto número de mulheres grávidas ainda na adolescência e, em contraponto, mostra também uma crescente no número de grávidas com mais de 30 anos de idade, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essas duas faixas etárias apresentam riscos para as mães e bebês, o que exige um acompanhamento mais atento e próximo entre os envolvidos.

Considerando que apenas 30% da população brasileira possui um plano de saúde particular, e foram registrados mais de 2 milhões e 800 mil nascimentos no país em 2018, ainda segundo o IBGE, a Poli Júnior - empresa júnior da melhor escola de engenharia do país, a USP -, aceitou o desafio proposto por um dos laboratórios de biomedicina, que fazem parte do atendimento do Programa de Proteção à Gestante (PPG) do Estado de Goiás: melhorar a vida de mais de 70 mil gestantes por ano no Estado, que sofre com a precariedade da saúde pública.

Para isso, desenvolveram um aplicativo com o uso de inteligência artificial, capaz de aproximar as gestantes dos postos de saúde, dando acesso mais ágil aos resultados dos exames realizados no pré-natal. O projeto é capaz de entregar as informações para as grávidas até 87% mais rápido do que a maneira tradicional, que conta com filas, horas em pé e desencontro de informações.

Os resultados de exames de sangue, por exemplo, são capazes de identificar em uma única coleta doenças como Toxoplasmose, HIV, Doença de Chagas, entre outras. Tradicionalmente, o material do exame é coletado no posto de saúde, enviado a um laboratório de análise diagnóstica  e - em seguida - o resultado é levado de volta para o posto, para que a gestante finalmente tenha acesso. Com o aplicativo desenvolvido pela Poli Júnior esse processo é reduzido pela metade, diminuindo custos e tempo no processo, que anteriormente levava até 3 meses para ser entregue.

Além disso, o sistema conta com informações gerais para tirar dúvidas frequentes sobre a gravidez, para as mamães conseguirem acompanhar o desenvolvimento do bebê de forma mais saudável e humanizada. A maioria das usuárias impactadas são mulheres de baixa renda, que moram em locais distantes dos postos de saúde, como no interior de Goiás, então possuem baixo acesso a informações e não é cômodo realizarem o trajeto de ida e volta entre posto de saúde e suas residências regularmente.

O programa tem como objetivo melhorar a qualidade da triagem pré-natal realizada para verificar a presença de doenças que possam ser transmitidas da gestante ao bebê, como a sífilis. O resultado desta triagem viabiliza o tratamento de tais doenças, evitando graves sequelas.  Esta situação está relacionada diretamente ao terceiro Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU), que é assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

Sobre a Poli Júnior

Fundada em 1989 como a primeira Empresa Júnior de Engenharia do Brasil, a Poli Júnior é uma associação civil sem fins lucrativos constituída e gerida pelos alunos de engenharia da USP. Com sua sede dentro da escola politécnica da USP, seus representantes conseguem entregar com maestria soluções de diferentes áreas da engenharia a um valor competitivo, além de terem acesso aos melhores professores do mercado para auxiliá-los. Entre as áreas trabalhadas em seus projetos estão Civil; Mecânica e Eletrônica; Produção; Química e Tecnologia, que já foram contemplada com premiações como Prêmio Fejesp de 2016, 2017 e 2018; Palestra Magna ENEJ 2017 e 2018.

Novo Nordisk e UNICEF anunciam parceria global para combate à obesidade e ao sobrepeso infantil

NovoNordiskandUNICEF2

A Novo Nordisk e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), anunciaram, essa semana, uma nova parceria para fortalecer ainda mais a prevenção à obesidade e ao sobrepeso infantil pelo mundo, com foco inicial em ações na América Latina e no Caribe.

A partir da parceria, a empresa de saúde e o UNICEF somarão esforços, ao longo dos próximos três anos, para ampliar ainda mais o conhecimento e a conscientização em prol do combate ao sobrepeso e à obesidade, além de abordar suas causas e consequências globais.

"O sobrepeso e a obesidade podem contribuir para problemas de saúde, estigmas e até redução nos níveis de escolaridade", afirma a diretora executiva do UNICEF, Henrietta Fore. "Com parceiros como a Novo Nordisk, queremos garantir que a prevenção da obesidade infantil e do sobrepeso provoque uma responsabilidade social ainda mais ampla e abrangente, envolvendo também governos, sociedade civil, setor privado, comunidades e famílias".

Dados recentes do Relatório do Estado das Crianças do Mundo de 2019, publicado pelo UNICEF, mostram que o sobrepeso e a obesidade estão aumentando em quase todas as regiões do planeta. Atualmente, 40 milhões de crianças com menos de cinco anos estão acima do peso1. Além disso, o número de jovens de cinco a 19 anos com excesso de peso quase dobrou nos últimos 15 anos1.

“Não há dúvidas de que o sobrepeso e a obesidade na infância representam uma crise de saúde pública que requer atenção imediata. O sobrepeso e a obesidade infantil não são uma escolha individual, mas um assunto que remete a todos. Junto ao UNICEF, esperamos ajudar milhões de crianças a levar uma vida saudável e, ao mesmo tempo, aliviar o fardo da obesidade para a sociedade”, destaca o presidente e CEO da Novo Nordisk, Lars Fruergaard Jorgensen.

Os altos índices de sobrepeso e obesidade infantil apresentam sérias consequências para a saúde, a sociedade e a economia das famílias, comunidades e sistemas de saúde, tanto imediatamente quanto a longo prazo.

A parceria – anunciada durante os 30 anos da Convenção dos Direitos da Criança, no Dia Mundial da Criança - prevê:

  • Aprimorar o conhecimento dos tomadores de decisão sobre políticas direcionadas à prevenção do sobrepeso e da obesidade infantil em países de renda média;

  • Conscientizar sobre o impacto do sobrepeso e da obesidade nas crianças e seus direitos, advogando pela necessidade de mudanças sistêmicas para lidar com essa crescente epidemia global;

  • Conduzir e fortalecer intervenções em diferentes setores na América Latina e no Caribe, com foco específico no México e na Colômbia.

Sobre a Novo Nordisk

A Novo Nordisk é uma empresa global de saúde com mais de 95 anos de inovação e liderança no tratamento do diabetes. Sua trajetória deu à companhia a experiência e a capacidade necessárias para ajudar pessoas a vencer a obesidade, a hemofilia, os distúrbios do crescimento e outras doenças crônicas sérias. Sediada na Dinamarca, a Novo Nordisk emprega aproximadamente 42.200 pessoas em 80 países e comercializa seus produtos em mais de 170 mercados. No Brasil há mais de 25 anos, a Novo Nordisk emprega no país cerca de 1.300 funcionários, contando com o escritório administrativo em São Paulo-SP, dois centros de distribuição no Paraná e uma fábrica em Montes Claros-MG.

Sobre a UNICEF

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Referências

1 – Relatório do Estado das Crianças do Mundo.

Dia Nacional do Combate ao Câncer: inteligência artificial ajuda na detecção precoce e diagnóstico da doença

Dia Nacional do Combate ao Câncer: inteligência artificial ajuda na detecção precoce e diagnóstico da doença

Tecnologias são capazes de apontar com muito mais precisão se o caso é benigno ou maligno

Quando falamos de algoritmos de Inteligência Artificial, falamos de uma infinidade de possibilidades, as quais transformarão radicalmente as profissões que teremos em 20 ou 30 anos. Mais do que assistentes de voz encontrados em smartphones ou sugestões de rotas que atuam em aplicativos de trânsito e navegação, já tão conhecidos e utilizados pela maioria das pessoas, estamos falando de algoritmos sofisticados idealizados para analisar comparativamente características da imagem e auxiliar na melhoria dos diagnósticos.

Com a chegada do Dia Nacional do Combate ao Câncer - 27 de novembro -, o eco sobre a importância da conscientização e prevenção fica ainda maior entre instituições, empresas e a população no geral. Prevenir-se nada mais é do que incorporar uma série de pequenos hábitos saudáveis no dia a dia, aliados aos exames rotineiros. É aí que a inteligência artificial entra.

Com o aprimoramento dos algoritmos e tecnologias, a tendência é que os sistemas de IA se tornem melhores e mais confiáveis que outros métodos convencionais na detecção precoce de pequenas lesões.

“Um diagnóstico precoce de câncer não só aumenta a chance de cura, como faz com que o tratamento seja menos agressivo para o paciente. Daqui em diante, a tendência é apostar cada vez mais nessas ferramentas aliadas à IA – elas são parte de um caminho sem volta para elevação da assertividade dos procedimentos diagnósticos a um novo patamar, auxiliando nos desafios clínicos do setor médico e gerando informações de valor aos profissionais e pacientes”, explica Nelson Ozassa, Diretor da Divisão de HME da Samsung Brasil.

A Samsung, referência em equipamentos médicos, conta com um amplo portfólio relacionado à IA nas mais variadas aplicações clínicas. Por exemplo, por meio da tecnologia S-DetectTM é possível se obter uma avaliação minuciosa e mais assertiva do diagnóstico de mamas e também da tireoide no que se refere à classificação de possíveis lesões cancerígenas, atuando como uma segunda opinião para os usuários dos nossos sistemas.

A marca possui aparelhos híbridos atuando nas áreas de ginecologia, ortopedia, mastologia, anestesia, obstetrícia, urologia, radiologia e cardiologia.

Sobre a Samsung Electronics Co., Ltd.

A Samsung inspira o mundo e cria o futuro com ideias e tecnologias inovadoras. A companhia está redefinindo o mundo de TVs, smartphones, wearables, tablets, eletrodomésticos, sistemas de conexão e memória, sistema LSI, fundição de semicondutores e soluções LED. Para saber mais sobre as últimas notícias, por favor, visite a Sala de Imprensa da Samsung pelo site.

ABRAIDI aborda distorções na saúde durante evento da Unimed

ABRAIDI aborda distorções na saúde durante evento da Unimed

A Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde – ABRAIDI – participou da 5ª edição do OPMED – Congresso Nacional de Órtese, Prótese e Materiais Especiais, que está sendo realizada de 21 a 24 de novembro, no Centro de Eventos do Ribeirão Shopping, em Ribeirão Preto/SP. Segundo os organizadores, “o evento, considerado um dos maiores do Brasil na área, reúne cerca de 800 participantes de todo o país e tem como objetivo fomentar novas ideias para o segmento e discutir sobre os principais gargalos do setor, que movimenta cerca de R$ 14 bilhões anualmente”.

O presidente da ABRAIDI, Sérgio Rocha, esteve presente acompanhado do diretor-executivo, Bruno Bezerra. Rocha destacou as distorções na saúde reveladas na 2ª edição de “O Ciclo de Fornecimento de Produtos para Saúde no Brasil”, lançado, em São Paulo, durante o II Fórum ABRAIDI. O presidente da ABRAIDI comentou com os participantes que houve um agravamento da situação com a supressão de mais de R$ 1 bilhão por operadoras de saúde e hospitais. “As perdas provocadas pelas distorções ficaram em 55%. Em levantamento anterior, o mesmo índice estava em 42%”, ressaltou Sérgio Rocha lembrando que a situação precisa ser resolvida por todas as partes e players.

As retenções de faturamento representaram, segundo a pesquisa da ABRAIDI, um contingenciamento de recursos da ordem de R$ 488,5 milhões. Em 2017, a situação era ainda pior com retenção de R$ 539,6 milhões. “Tivemos uma queda de 9,46%. Avaliamos que foi resultado do trabalho da Associação ao levantar o dado pela primeira vez na história, mas, principalmente, da queda de faturamento dos associados: de R$ 5,5 bilhões para R$ 4,8 bilhões. Se as empresas vendem menos, há uma retenção também menor”, avaliou Sérgio Rocha.

O presidente da ABRAIDI propôs, no final da palestra, uma ampla reforma do SUS, com centralização regional de especialidades, foco no atendimento primário e saúde da família, uso de novas tecnologias efetivas, participação em PPPSs, fluxo de distribuição de verbas e profissionalização da gestão em todos os níveis. Para Sérgio Rocha, é essencial a defesa do setor da saúde como um todo, com foco no paciente e tendo como norte de atuação a ética e a integridade. “Precisamos buscar uma agenda de reformas que garantam a sustentabilidade dos negócios”, finalizou.