faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Hospital e Maternidade Vitória promove 4º Encontro com Pais de Bebês Prematuros

shutterstock_115541389

O Hospital e Maternidade Vitória, localizado na zona leste de São Paulo, promoveu, no último sábado (21/5), das 9h às 12h, o quarto encontro anual de casais que tiveram bebês prematuros, de janeiro a dezembro de 2015. A iniciativa faz parte do programa de atenção a esses pacientes, desenvolvido pela instituição em 2013, e de seu calendário anual de eventos. No ano passado, 194 crianças nasceram no hospital antes de completadas as 37 semanas gestacionais.

O objetivo do encontro é reunir pais e mães que vivenciaram a mesma situação, para a troca de experiências. Também participam do evento a equipe de enfermagem da UTI neonatal e os médicos que acompanharam toda a evolução dos recém-nascidos durante sua permanência no hospital.

“Esse encontro é uma oportunidade para comemorarmos a saúde e o bem-estar desses bebês que estiveram durante um longo período sob os nossos cuidados. Também serve como indicador de qualidade do atendimento das equipes do hospital, que têm como missão aprimorar constantemente os serviços assistenciais dedicados ao paciente”, ressalta Marcio Arruda, diretor do Hospital e Maternidade Vitória.

Para Fernando Nascimento, coordenador das unidades de terapia intensiva (UTI) neonatal e pediátrica, esse encontro é um momento muito importante para a família e a instituição. “Os pais dos bebês ficam durante muito tempo no hospital, no período de internação, e acabam criando um vínculo com a equipe que prestou o atendimento. Para nós, que integramos esse grupo, é uma mistura de satisfação com o sentimento de vitória, de dever cumprido”, destaca o médico.

Vanessa Andreza Gonçalves, mãe do ex-paciente Davi, confessa que passou por momentos de medo e angústia durante os dois meses em que acompanhou a internação do filho. Ela lembra o apoio que recebeu da psicóloga Aline Gomes e de toda a equipe do hospital desde o primeiro instante. Para ela, o ‘mural dos prematuros’ – que expõe fotos de cada bebê, comparando-os como eram na época da internação e como estão atualmente – acabou dando força para que continuasse sua luta e acreditasse na recuperação de seu filho. “Ficava imaginando se ele ficaria bem e se, um dia, eu também participaria desse encontro. Essa iniciativa é excelente por causa da amizade que a gente faz com as outras mães, além de reencontrarmos as enfermeiras, os fisioterapeutas e todos os profissionais que cuidaram com tanto amor do nosso filho”, enfatiza ela.

O Hospital e Maternidade Vitória possui estrutura completa para o atendimento aos bebês prematuros e às suas mães, como unidades de terapia intensiva (UTI) adulta, pediátrica e neonatal, equipadas com tecnologia avançada. A instituição conta com profissionais altamente qualificados e preparados para atender os pacientes e seus acompanhantes, além de uma equipe médica de obstetrícia dedicada 24 horas por dia.

Serviço:

Hospital e Maternidade Vitória

Endereço: Av. Vereador Abel Ferreira, 1.900 – Jardim Anália Franco – São Paulo.

Telefone: (11) 3581-1000

Sobre o Hospital e Maternidade Vitória:

Fundado no ano de 2010, o Hospital e Maternidade Vitória possui um corpo clínico formado por renomados médicos de todas as especialidades. A instituição é referência em gestação de alto risco e trauma. Com infraestrutura e instalações modernas e sustentáveis, o hospital investe constantemente em tecnologia. O atendimento é integrado pelo prontuário eletrônico e pelo sistema Picture Archiving and Communication System (PACS), por meio dos quais o médico tem à disposição todas as informações sobre o tratamento do paciente e os remédios já prescritos e acessa exames de imagem apenas cinco segundos após a sua realização. No final de 2012, o hospital conquistou o certificado ISO 14001, uma norma internacionalmente reconhecida para o estabelecimento de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) efetivo, com a padronização e o alinhamento de ações voltadas para o meio ambiente.

PUCPR realiza programa de inovação em saúde

shutterstock_327811583 (2)

A PUCPR promove, de 4 a 15 de julho, o hiPUC Bootcamp, programa de health innovation que pretende reunir médicos, engenheiros, profissionais da saúde, profissionais de TI e administradores que desejam empreender na área. O encontro, realizado em parceria com professores e egressos do programa de Biodesign da Universidade de Stanford - EUA, acontece pela primeira vez na América Latina e tem como objetivo criar soluções inovadoras e eficazes para problemas da saúde brasileira.

No programa, os profissionais vivenciarão metodologias desenvolvidas no Vale do Silício, conciliando prática e teoria durante atividades intensivas. Na primeira semana de capacitação, após ser apresentado o formato do programa pelos líderes, os participantes se reunirão e, acompanhando a rotina de hospitais, identificarão necessidades dos segmentos médicos e de saúde. Na segunda etapa, após a formação de equipes, serão propostas soluções tecnológicas e digitais inovadoras para área. Finalmente as equipes implementarão um protótipo, estabelecendo um plano de negócio.

Para o encerramento do programa, nos dias 14 e 15 de julho serão realizados os Seminários de Health Innovation: palestras e mesas redondas com empresas na área de medicina e tecnologia, investidores, governo, experts em propriedade intelectual e patentes, cientistas e pesquisadores do Brasil, Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. Nele, além dos painéis, as equipes do Bootcamp apresentarão seus trabalhos e serão avaliados por jurados composto de autoridades nacionais e internacionais que escolherão o melhor projeto.

O evento tem vagas limitadas e as inscrições podem ser feitas no site do hiPUC, até 30 de maio. Para participar, os candidatos devem entender a língua inglesa, já que o programa será realizado e aplicado integralmente em inglês. Profissionais com experiência de mercado, alunos de mestrado e doutorado e professores das áreas mencionadas são perfis desejados para o curso. Para mais informações como valores e programação completa do programa, acesse o site www.hipuc.com .

Equipe de renome

Os participantes do hiPUC Bootcamp contarão com mentorias e terão suporte de professores e egressos da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, pioneira neste tipo de ação e uma das mais conceituadas universidades do mundo. Na equipe que virá ao Brasil, está o Dr. Robson Capasso, professor assistente e pesquisador do curso de Medicina de Stanford, instrutor e egresso do programa de Biodesign; Ravi Pamnani, egresso do programa e diretor de marketing da Transcend Medical; Dr. Robert Chang, professor assistente de Medicina de Stanford, palestrante no Stanford Center for Innovation in Global Health da Universidade, e inventor; e Partha Ray, também egresso do programa e diretor global de inovação cirúrgica na Johnson & Johnson.

Lunch and Learn

Na programação do hiPUC Bootcamp está o Lunch and Learn, evento que será realizado de 04 a 13 de julho que será aberto ao público. Esta etapa, que não tem custo para os participantes do Bootcamp, consiste em palestras exclusivas de pesquisadores, cientistas, investidores, CEO’s, co-fundadores e vice-presidentes de empresas internacionais que serão transmitidas das 12h às 13h, na Arena 36, 3° andar da Escola de Medicina (bloco 6) da PUCPR. O almoço para o evento está incluso e interessados devem se inscrever pelo site do hiPUC.

1Sobre o hiPUC

O aumento insustentável nos custos e dificuldades de acesso à saúde brasileira requer soluções desenvolvidas especificamente para esta realidade. Pensando nisso, a PUCPR criou o hiPUC, programa de classe mundial de inovação em saúde. Dividido em três eventos, a iniciativa começa com o Design Shop, programa gratuito de pré-aceleração criado para estudantes e recém-formados que tenham uma boa ideia para o setor e gostariam de desenvolvê-la. Após esta etapa, será realizado o Bootcamp e, para completar, acontece o programa de aceleração de startups, que começa em setembro e tem duração de 3 meses.

Com o hiPUC, a PUCPR pretende se tornar referência em inovação em saúde e tecnologias médicas no Brasil, reforçando um ecossistema ainda incipiente no país e propiciando um ambiente favorável para empresários brasileiros e investidores que se interessem no setor. Para Marcelo Pilonetto, coordenador do evento, o programa, com duração anual, tornará a Universidade um polo de desenvolvimento nas áreas de tecnologias e dispositivos médicos, hospitalares, odontológicos e laboratoriais. “Pela primeira vez no Brasil reuniremos profissionais de diversas áreas em torno de um objetivo comum: encontrar soluções de saúde para pessoas reais com necessidades reais, focado no mercado brasileiro e mundial”, conta.

Hapvida investe R$ 22 milhões em tecnologia

shutterstock_110678570

Para agregar ainda mais qualidade aos serviços prestados aos beneficiários, o Hapvida, maior operadora de saúde do Norte e Nordeste, investirá até o final do ano 22 milhões na área de tecnologia da empresa. Esse investimento ampliará o poder de processamento de dados da empresa, permitindo novos mecanismos de controle de pacientes e demandas internas.

Outra facilidade proporcionada ao cliente é a disponibilidade do software do Hapvida para as plataformas móveis. Com isso, o paciente terá fácil acesso à sua ficha médica, à marcação de consultas, à obtenção de autorizações de procedimentos de maneira remota e móvel, promovendo mais praticidade à vida do beneficiário e também do corpo médico. Do total do aporte, R$ 2 milhões serão aplicados no Hapvida +Odonto, de atendimento odontológico do Hapvida, que atualmente conta com mais de 1 milhão de beneficiários.

A equipe de Tecnologia da Informação (TI) é composta por 180 funcionários diretos, destes, 27% estão dedicados somente no desenvolvimento de novas tecnologias. Em 2015, a operadora investiu R$ 17 milhões na área.

Saúde e cuidados pessoais lideram número de patentes na Agência USP de Inovação

shutterstock_92065760

As pesquisas realizadas nas áreas de saúde e cuidados pessoais lideram os registros de patentes da Agência USP de Inovação. As novas descobertas e desenvolvimento de soluções vêm principalmente dos estudos de Biotecnologia, Química e Física. A Agência registra uma média de 100 patentes por ano, sendo que a maior parte das patentes são relacionadas à área de saúde ou cuidados pessoais.

“Os estudos da USP vão ao encontro às necessidades da população. Isso mostra que a instituição está cumprindo o seu papel de pesquisa e também o compromisso social com a comunidade”, afirma o Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato, coordenador da Agência USP de Inovação.

Os pesquisadores da universidade têm diversas linhas de trabalho como produção de novos fármacos, equipamentos para diagnósticos, entre outros. Um desses produtos é o equipamento desenvolvido pelo Instituto de Física de São Carlos, que faz o diagnóstico e tratamento do câncer de pele por meio do laser.

“A Agência USP de Inovação está cada vez mais próxima das empresas, por conta das pesquisas e tecnologias desenvolvidas dentro da Universidade de São Paulo (USP). Isso permite que novos produtos possam chegar ao mercado o mais rápido possível para, assim, ajudar no tratamento de muitos pacientes", explica Bagnato.

Curso

A Agência USP de Inovação está com inscrições abertas para o curso de Gerenciamento e Execução de projetos de Inovação Tecnológica (GEPIT – 3ª. Turma), que tem como objetivo promover o conhecimento sobre os processos de inovação, sua aplicação e gestão nas empresas. A proposta é ensinar os participantes com ferramentas e técnicas que permitam pensar de modo diferenciado, potencializando a criatividade sob aspecto do empreendedorismo. Informações: tel.: (11) 3091-4166 ou http://fdte.org.br/Cursos/Detalhe/69.

Burlington Stores faz doação recorde de US$ 1,8 milhão a WomenHeart como resultado de sua 5ª Campanha Anual de Saúde Cardíaca da Mulher

A parceria de 2016 entre Burlington Stores e WomenHeart tem ajudado a expandir a educação, a conscientização e o apoio às mulheres que vivem com ou correm risco de doença cardíaca

WASHINGTON, 24 de maio de 2016 /PRNewswire / -- A WomenHeart: The National Coalition for Women with Heart Disease (Coalizão Nacional pelas Mulheres com Doença Cardíaca) anunciou hoje a doação de US$ 1,8 milhão feita pela rede nacional de lojas de descontos Burlington Stores. Essa é a doação mais significativa desde que a parceria foi iniciada, em 2012. Os fundos arrecadados permitirão que a organização avance em sua missão de prestar serviços de educação e apoio às mulheres que vivem com ou correm risco de doença cardíaca – a principal causa de mortes de mulheres nos Estados Unidos.

Logo - http://photos.prnewswire.com/prnh/20160310/342918LOGO
Logo - http://photos.prnewswire.com/prnh/20160523/370867LOGO

Desde 2012, a Burlington Stores e seus clientes doaram mais de US$ 6 milhões à WomenHeart, a primeira e ainda única organização centrada no paciente e exclusivamente dedicada ao avanço da saúde cardíaca das mulheres nos Estados Unidos. A parceria de cinco anos resultou na expansão de serviços de educação, conscientização e apoio gratuito a pacientes em todo o país, a fim de que as mulheres possam cuidar da sua saúde cardíaca.

Graças a recursos captados pela Burlington Stores, a WomenHeart conseguiu aperfeiçoar o seu programa de capacitação da National Hospital Alliance para alcançar mulheres que são pacientes cardíacas em comunidades carentes dos Estados Unidos, além de estabelecer e desenvolver a sua iniciativa de conscientização e educação hispânica Para la Mujer Hispana.

Para lançar a campanha deste ano, a Burlington Stores e a WomenHeart uniram-se a Wendy Williams, apresentadora de programa de auditório e defensora da saúde cardíaca, para servir como voz e apoiadora de um desafio #HealthyHeartSelfie. A cada dia em fevereiro, o público foi incentivado a procurar a hashtag por diversão e para obter dicas fáceis de saúde cardíaca de Wendy Williams, da Burlington Stores e da WomenHeart. As pessoas foram então incentivadas a tirarem uma foto de como estavam usando aquela dica ou simplesmente mostrarem o que significa a saúde do coração para elas usando a hashtag. Para cada foto postada com #HealthyHeartSelfie, a Burlington doou US$ 1, até chegar a US$ 25.000, para beneficiar a WomenHeart.

A campanha também contou com um painel de discussão de saúde cardíaca em Nova York com Wendy Williams, juntamente com Sharonne N. Hayes, MD, da Mayo Clinic, professora de Doenças Cardiovasculares e fundadora da Clínica do Coração da Mulher na Mayo Clinic em Rochester, MN, e quatro Campeãs da WomenHeart – mulheres sobreviventes de doenças cardíacas treinadas pela WomenHeart como educadoras comunitárias, porta-vozes e conscientizadoras. Além disso, uma campanha foi lançada em todas as 526 lojas Burlington ao redor do país. Os clientes tiveram a oportunidade de doar US$ 1 ou mais no caixa em qualquer loja Burlington até 31 de março de 2016 para promover a missão da organização.

Além disso, no dia 5 de fevereiro, Dia Nacional de Usar Vermelho, das 11h às 15h, em 46 lojas Burlington nos Estados Unidos (uma loja em cada estado/território/distrito americano onde a Burlington tem filiais) foram realizados exames de saúde cardíaca grátis para mulheres, em parceria com a WomenHeart. As clientes tiveram a oportunidade de verificar pressão arterial, pulso, colesterol e IMC com um profissional de saúde certificado e conversar com Campeãs da WomenHeart. Elas também receberam informações bilíngues (inglês/espanhol) sobre a saúde cardíaca das mulheres e dicas para viver com um coração saudável.

"Estamos verdadeiramente gratas pelo compromisso da Burlington e de seus clientes em prol da saúde cardíaca das mulheres e por continuarem a fazer desta importante parceria um sucesso crescente ano após ano", disse Mary McGowan, CEO da WomenHeart. "Por meio de educação e apoio, podemos capacitar as mulheres a cuidarem da sua saúde cardíaca e prevenirem doenças cardíacas – a principal causa de morte em mulheres. A colaboração da Burlington Stores com a WomenHeart nos ajuda a ampliar o nosso alcance a mais mulheres, especialmente as afro-americanas e hispânicas, que correm maior risco de doença cardíaca."

"Estou orgulhoso do compromisso e da generosidade demonstrados pelos nossos associados e clientes em todo o país. A iniciativa de saúde cardíaca das mulheres deste ano foi um grande sucesso, arrecadando mais fundos do que nunca em um ano. A doação ajudará a salvar vidas e instruir ainda mais mulheres sobre a importância da sua saúde cardíaca", disse Tom Kingsbury, presidente e CEO da Burlington Stores.

Sobre a WomenHeart: The National Coalition for Women with Heart Disease
A WomenHeart: The National Coalition for Women with Heart Disease (Coalizão Nacional pelas Mulheres com Doença Cardíaca) é a primeira e ainda única organização centrada no paciente no Estados Unidos a atender às 43 milhões de mulheres americanas que vivem com ou correm risco de doença cardíaca – a principal causa de morte de mulheres. A WomenHeart é dedicada exclusivamente ao avanço da saúde cardíaca das mulheres por meio de sensibilização, de educação da comunidade e da única rede de apoio a pacientes para mulheres que vivem com doenças cardíacas nos Estados Unidos. A WomenHeart é tanto uma coalizão quanto uma comunidade de milhares de membros em todo o país, inclusive mulheres que são pacientes cardíacas e suas famílias, médicos e defensores da saúde, todos empenhados em ajudar as mulheres a terem uma vida mais longa e saudável. Para receber gratuitamente pela internet um kit de ação pela saúde do coração ou fazer uma doação, visite www.womenheart.org.

Sobre a Burlington Stores
A Burlington é uma rede varejista de lojas de descontos que oferece estilo com economia, com descontos de até 65 por cento em relação aos preços de outras lojas todos os dias. Entre os departamentos estão moda feminina, ternos, moda esportiva, juvenil, acessórios, moda masculina, calçados para a família e roupas infantis. Também conta com uma variedade de móveis e acessórios para bebês no Baby Depot, decoração e presentes, e ainda a maior seleção de casacos para toda a família nos Estados Unidos. A Burlington tem 570 lojas em 45 estados americanos e em Porto Rico. Para saber mais, visite www.BurlingtonStores.com.

FONTE WomenHeart: The National Coalition for Women with Heart Disease

Médicos holandeses lançam aplicativo revolucionário para inovar e fazer o bem

AMSTERDÃ, 24 de maio de 2016 /PRNewswire/ -- Cirurgiões holandeses lançaram um aplicativo médico revolucionário para ajudar médicos a compartilharem suas melhores práticas em todo o mundo e tratar pacientes em uma escala global. Profissionais de medicina da Europa, África, Ásia e dos EUA já se inscreveram para o aplicativo que combina streaming ao vivo com mensagens instantâneas e networking, em um ambiente totalmente seguro.

Educação

"Imagine um médico do Médicos sem Fronteiras, numa zona de guerra, trabalhando junto com um cirurgião de Harvard para tratar uma vítima de bomba via streaming ao vivo – isso é o que o MDLinking torna possível", diz o cirurgião vascular Hans Flu. O doutor Flu fundou a empresa com o cirurgião oncologista e ex-bolsista de pesquisa em cirurgia de Harvard, Gijs van Acker, e com a ajuda de um extenso conselho médico internacional. Assim como conversas diretas e encriptadas entre médicos, o aplicativo também dá acesso a uma biblioteca educacional interativa com curadoria, apresentando transmissões (streams) ao vivo, cursos de treinamento, enormes volumes de pesquisa e produções internas de ponto de vista (Point-of-View), realidade virtual e realidade aumentada. 

Compartilhando o saber

A tecnologia está mudando a maneira que o mundo se comunica, mas as necessidades específicas dos médicos – particularmente a confidencialidade – não foram propriamente abordadas até agora. A pesquisa* demonstra que os médicos e enfermeiros estão usando existentes serviços de mensagens instantâneas em uma escala muito ampla, apesar das preocupações quanto à privacidade.

"Acreditamos que podemos melhorar a saúde global, conectando médicos e profissionais de saúde de todo o mundo, para que eles possam compartilhar seus conhecimentos médicos em um ambiente online seguro", diz Flu.

MDLinking já está conversando com uma série de organizações, incluindo escolas de medicina de todo o mundo e organizações caritativas de saúde, como Parceiros na Saúde (Partners in Health), a Rede de Desenvolvimento Aga Khan (Aga Khan Development Network) e Médicos sem Fronteiras (Doctors Without Borders) sobre levar saber médico coletivo para cinco bilhões de pessoas em países de baixa renda, com pouco acesso à saúde.

Investidores

"A combinação de conectar-se, comunicar-se e educar-se em escala global, no campo da medicina, é o que torna o MDLinking original e uma oportunidade de investimento muito valioso", diz o investidor da fase inicial, Alec Behrens, que foi um dos fundadores da Booking.com. A empresa já levantou €2,5 milhões em capital semente, de um número de investidores informais, e está levantando outros €15 milhões, em uma rodada de financiamentos da série A.

Segurança

Profissionais do setor da saúde que queiram usar o aplicativo devem submeter-se a uma rígida verificação de credenciais antes de serem aceitos no sistema. O aplicativo MDLinking é totalmente certificado pela Deloitte Assuring Medical Apps, segundo as regras do Ministério da Saúde da Holanda e do CBP, entidade holandesa de guarda de privacidade. (Mais sobre segurança: https://mdlinking.com/security)

*http://innovations.bmj.com/content/early/2015/10/08/bmjinnov-2015-000062.full  

Outras informações

Para mais informações ou uma entrevista pessoal com o médico Hans Flu, investidor inicial Alec Behrens ou um médico que já esteja usando a plataforma e o aplicativo, você pode ligar para +31-20- 2610830 ou enviar-nos um e-mail em press@mdlinking.com

Para material fotográfico, por favor, visite nossa página https://mdlinking.com/press .

Se você está interessando em Point-of-View, nosso material de e-learning de produção própria, por favor, consulte https://mdlinking.com/right-colectomy ou https://mdlinking.com/hydrocele como um exemplo. Se você está interessado em nosso material próprio de realidade virtual/material de e-learning 360, por favor, consulte https://youtu.be/1virLinrhyk como um exemplo.

FONTE MDLinking.com B.V.

Principais fabricantes de bebidas alcoólicas contribuem com os objetivos globais da ONU de reduzir à metade as mortes no trânsito até 2020

WASHINGTON, 24 de maio de 2016 /PRNewswire/ -- A Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas (IARD -- International Alliance for Responsible Drinking) divulgou hoje o relatório "The Drink Driving Initiative 2015 Summary Reports (Relatórios dos Sumários sobre a Iniciativa de Combate à Embriaguez ao Volante de 2015), destacando o progresso do compromisso coletivo das principais fabricantes mundiais de cerveja, vinho e bebidas destiladas de reduzir os casos de embriaguez ao volante. O relatório se baseia nos esforços de longo prazo para reduzir o consumo prejudicial de bebidas alcoólicas, através dos Compromissos das fabricantes de cerveja, vinho e bebidas destiladas. Em reconhecimento aos sérios efeitos que o uso prejudicial de bebidas alcoólicas pode ter, essas fabricantes querem demonstrar seu apoio aos esforços internacionais para melhorar a saúde e os efeitos sociais para indivíduos, família e comunidades, através de seus "Compromissos".

Logo - http://photos.prnewswire.com/prnh/20160524/371287LOGO 

Esses relatórios descrevem as realizações nos últimos seis anos. Uma série de programas-piloto bem-sucedidos foram lançados com o objetivo de reduzir os casos de embriaguez ao volante na China, Colômbia, México, Nigéria, Rússia e Vietnã. A IARD, como Secretaria dos Compromissos, começou a transformá-los em programas financiados localmente e, em 2015, expandiu seus esforços com grupos locais para reduzir os acidentes de trânsito relacionados ao consumo de bebidas alcoólicas em quatro outros países, o Cambodja, a Republica Dominicana, a Namíbia e a África do Sul. Demonstrando a importância das parcerias com múltiplos grupos na criação de programas eficazes, essas iniciativas refletem os resultados do trabalho feito em parceria com governos, polícias, ONGs e outros grupos locais, para assegurar eficiência e longa duração.

O CEO da AB InBev e presidente dos CEOs,  Carlos Brito, disse: "Estamos observando não apenas uma conscientização mais forte, mas também objetivamos reduções de casos de embriaguez ao volante em países onde os programas de combate à embriaguez ao volante estão bem estabelecidos. Nas iniciativas descritas nesse relatório, a IARD e suas parceiras se focam no desenvolvimento de capacidade e domínio do país, para assegurar que esses programas sejam sustentáveis ao longo do tempo".

O sucesso desses programas reflete o objetivo dos Compromissos de reduzir os casos de embriaguez ao volante e contribui para concretizar metas ambiciosas, estabelecidas pela "Década de Ação para Segurança nas Estradas" (Decade of Action for Road Safety) da ONU, para reduzir as mortes e ferimentos no trânsito pela metade até 2020. Os destaques do programa nos países incluem:

  • No Cambodja, uma redução de 23% nos casos de embriaguez ao volante, relacionada a acidentes durante o Festival da Água.
  • Na China, a IARD opera agora em 13 cidades e em outubro de 2015 ocorreu o primeiro Dia Nacional do Consumo Responsável de Bebidas.
  • Na Namíbia, estabelecendo um programa para combater a direção sob o efeito do álcool (DUI -- driving under de influence), a fim de aumentar a conscientização, culminou com a revisão da lei, para permitir testes de bafômetro a partir de dezembro de 2015.
  • Na África do Sul, o programa de Educação Gratuita de Jovens (YFE -- Young Free Education) da Universidade de Rhodes lançou o primeiro Capítulo dos Direitos e Responsabilidades dos Estudantes (Students' Rights and Responsibilities Charter) em outubro de 2015.

Trabalhando para mudar comportamentos, a IARD e empresas associadas entendem que a conscientização sozinha pode não ser suficiente e, portanto, apoia um método baseado em evidências para conter a embriaguez ao volante, que inclui estabelecer um limite máximo de concentração de álcool no sangue (BAC -- blood alcohol concentration), fortalecendo a fiscalização, implementando licenças gradativas, políticas de tolerância zero e dando suporte ao aconselhamento, suspensão de licenças e dispositivos de travamento.

A Assembleia Geral da ONU proclamou o período e 2011 a 2020 como a "Década da Ação para a Segurança nas Estradas", com o objetivo de estabilizar e reduzir o nível de prognósticos de fatalidades em acidentes de trânsito em todo o mundo.

"O 'Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 3.6' da ONU (UN Sustainable Development Goal 3.6) é muito ambicioso", explica a CEO da IARD, Ann Keeling. "Os programas para combater a embriaguez ao volante, que fazem parte dos Compromissos das Fabricantes, exemplificam como a indústria de bebidas alcoólicas está lidando com esse desafio específico à saúde. O cumprimento dos objetivos de desenvolvimento sustentável (SDGs) irá requerer parcerias com múltiplos grupos da sociedade civil, do mundo acadêmico e do setor privado, ajudando os governos a reduzir mortes e deficiências físicas através da melhor segurança nas estradas".

Para mais informações e para ler o relatório completo, por favor, visite http://www.producerscommitments.org/.

Sobre a Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas (IARD -- International Alliance for Responsible Drinking) 

A IARD é uma organização sem fins lucrativos, que se dedica a lidar com a questão da saúde pública global no que se relaciona ao consumo prejudicial de bebidas alcoólicas e à promoção do consumo responsável de bebidas. A IARD apoia a implementação da Estratégia Global para Reduzir o Consumo Prejudicial de Bebidas Alcoólicas da OMS e o papel construtivo que os Estados Membros identificaram para as fabricantes, incluindo a meta global estabelecida pelos governos do mundo de uma "redução relativa de pelo menos 10% no consumo prejudicial de bebidas alcoólicas" até 2025.

As 12 signatárias dos Compromissos são:  Anheuser-Busch InBev; Asahi Group Holdings; Bacardi; Beam Suntory; Brown-Forman Corporation; Carlsberg; Diageo; Heineken; Kirin Holdings Company; Molson Coors; Pernod Ricard; e SABMiller.  

Para mais informações, por favor, contate:
media@iard.org
+1-202-556-6970 (Washington, D.C.)
+32-471-611-373 (Bruxelas, Bélgica)

FONTE International Alliance for Responsible Drinking (IARD)

Instituto Mauá de Tecnologia realiza pesquisa inédita em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein

756630464_b67e601ed0_o

O Centro de Pesquisas do Instituto Mauá de Tecnologia realiza pela primeira vez testes e análises na área da saúde. Em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein e coordenado pelos Drs. Gustavo C. Lemos e Arie Carneiro, renomados urologistas do Hospital Albert Einstein, os laboratórios de Química e de Mecânica dos Fluídos do Centro de Pesquisas analisarão nove tipos de sonda uretrais para saber qual modelo apresenta o melhor desempenho e qual a melhor vazão das sondas para cada tipo de cirurgia.

O conhecimento detalhado dos equipamentos disponíveis ajuda na decisão da escolha do material mais apropriado para diferentes condições clínicas. Esse tipo de pesquisa é amplamente realizado nos Estados Unidos e na Europa para permitir o aprimoramento dos materiais e melhorar a adequação clínica na prática.

“Após cirurgias de recessão de próstata (por hiperplasia prostática benigna), recessão de tumor vesical entre outras, a irrigação vesical (lavagem da bexiga com soro) é de fundamental importância para que o paciente tenha boa cicatrização”, explica o Dr. Gustavo C. Lemos.

“Esse tipo pesquisa além de gerar uma melhoria no trabalho prestado pelo hospital, ajuda na padronização e uniformização de conduta em busca dos melhores resultados. Este projeto, inédito no Hospital Israelita Albert Einstein, certamente exercerá um impacto positivo na nossa prática clínica diária”, comenta o Dr. Arie Carneiro.

Os resultados serão apresentados em congressos nacionais e internacionais para que outros serviços possam utilizar este conhecimento.

“Essa é uma avaliação pioneira que une Engenharia e Medicina para um bem comum. É um importante avanço para o Centro de Pesquisas, mostrando a diversificação de áreas em que podemos atuar”, comenta Henrique Satkunas, chefe da Divisão de Ensaios e Análises do Centro de Pesquisas da Mauá.

Sobre o Instituto Mauá de Tecnologia – IMT

O Instituto Mauá de Tecnologia - IMT promove o ensino científico-tecnológico, visando formar recursos humanos altamente qualificados. Há 55 anos, o IMT, com campi em São Paulo e São Caetano do Sul, mantém duas unidades: Centro Universitário e Centro de Pesquisas. O Centro Universitário oferece cursos de graduação em Administração, Design e Engenharia. Na pós-graduação, cursos de aperfeiçoamento, especialização e MBA nas áreas de Gestão, Design e Engenharia, além do programa de Mestrado em processos químicos e bioquímicos. O Centro de Pesquisas, há 50 anos, desenvolve tecnologia para atender às necessidades da indústria.

Workshop para Eficiência Gestão de Clínicas e Consultórios na 36 ª Jornada Paulista de Cirurgia Plástica

11239850855_078b204e0e_c

Como melhorar o atendimento telefônico e o agendamento das consultas? Devo implantar o uso de uniformes e plaquinhas de identificação com o nome de minhas funcionárias?…

“Estas preocupações são muito pertinentes para todos os dentistas, pois o sucesso é fruto do planejamento. Temos observado ultimamente que profissionais e empresas da área odontológica estão buscando mais informações sobre ferramentas de gestão. O desejo é ser mais eficiente e competitivo. Numa época em que os consultórios e as clínicas não podem dispensar pacientes, as secretárias se tornaram fundamentais para o bom funcionamento do negócio. A qualificação constante dessas profissionais não pode ser negligenciada”, defende a consultora Márcia Wirth, que ministrará o Workshop Aumentando a Eficiência de Secretárias na Gestão de Clínicas e Consultórios, o evento acontece no dia 26 de maio, na capital paulista, como parte integrante da programação paralela da Jornada Paulista de Cirurgia Plástica.

Uma equipe de apoio motivada e treinada não é despesa, é investimento de retorno garantido. “Os médicos já descobriram que podem ter os melhores aparelhos, os mais sofisticados exames e procedimentos, uma bela clínica, mas isso não basta… O paciente percebe imediatamente quando existe investimento no material humano. É isso que dá o retorno esperado. O diferencial se dá pelo atendimento qualificado, que só é possível se o profissional e sua equipe compreenderem que o paciente hoje é uma tríade: ele também é cliente, consumidor e e-paciente”, defende Márcia Wirth, diretora da MW-Consultora de Comunicação e Marketing em Saúde.

Márcia Wirth destaca que, durante o workshop, abordará a importância do aprimoramento constante do atendimento oferecido ao paciente. “Atender bem o paciente deve ser um posicionamento institucional, uma decisão do dentista, do consultório, da clínica. Reduzir o Índice de Esforço do Cliente (IEC) deve ser uma meta coletiva. É preciso capacitar a equipe de apoio para que ela compreenda que o paciente mudou muito e que atendê-lo com qualidade é um desafio que precisa ser vencido em equipe”, destaca a consultora.

SERVIÇO:

Workshop Aumentando a Eficiência de Secretárias na Gestão de Clínicas e Consultórios

Data: 26 de maio

Horário: 14:30 às 15:30

Local: Grand Hyatt São Paulo

Av. das Nações Unidas, 13301, Itaim Bibi, São Paulo, SP, 04578-000

Público-alvo: cirurgiões plásticos

Inscrições e Informações: http://www.sbcp-sp.org.br/jornada-paulista/

Sobre a 36 ª Jornada Paulista de Cirurgia Plástica

A 36 ª Jornada Paulista de Cirurgia Plástica acontece em São Paulo, capital, entre os dias 25 e 28 de maio. Rinoplastia, lipoenxertia, cirurgias pós grandes perdas ponderais e gestão são os eixos condutores do evento.

Márcia Wirth

Márcia Wirth é jornalista, palestrante, especialista em Health Care e em Gestão de Mídias Digitais. Possui certificação pelo IBRC (Instituto Ibero-Brasileiro de Relacionamento com o Cliente) em Gestão e Implantação de Ouvidorias e está à frente da MW-Consultoria de Comunicação & Marketing em Saúde.

Novo estudo: Tratamento Stretta de DRGE pode representar economia de custo significativa para pagadores

NORWALK, Connecticut, 23 de maio de 2016 /PRNewswire/ -- A Mederi Therapeutics, fabricante da Terapia Stretta para doença de refluxo gastroesofágico (DRGE), anunciou hoje que um novo estudo, publicado em Managed Care, sugere o potencial para economia de custo substancial para o pagador associada ao tratamento com energia de radiorequência (RFE) para pacientes de DRGE, quando comparado com o tratamento de administração médica ou fundoplicação.

O estudo, intitulado: "Análise de Impacto Orçamentário para Estimar as Dinâmicas de Custo do Tratamento da Doença de Refluxo Gastroesofágico com Energia de Radiofrequência: uma Perspectiva do Pagador" foi conduzido por pesquisadores na Baker Tilly LLP, Fairleigh Dickinson University e Stanford University. Usando dados de solicitações da Medicare e de um plano de saúde nacional composto aproximadamente de 24 milhões de vidas cobertas, o estudo concluiu que "o aumento do número total de procedimentos RFE para 2% dos casos totais realizados gerou uma economia por mês, por membro (PMPM) de US$ 0,28 na população Medicare e US$ 0,37 na população com seguro comercial", com "aumentos maiores gerando economia PMPM maiores". Isso se traduz em uma economia estimada combinada de mais de US$ 15 milhões por ano para um plano de cinco milhões de membros.

De acordo com um relatório da Associação de Gastroenterologia Americana (AGA), a DRGE é a doença gastrointestinal mais cara dos EUA associada a cerca de 142 bilhões em custos diretos e indiretos. David Gregory da Baker Tilly, explicou: "Considerando o alto custo da DRGE, a economia observada pelo uso da Stretta (RFE) em um número conservador de pacientes é significativo." A metodologia incluiu um análise de solicitação retrospectiva "voltada para avaliar os custos e o impacto de despesas do pagador associadas à administração e tratamento da DRGE cirurgicamente, endoscopicamente (RFE/Stretta), ou medicamente", acrescentou Gregory.

"No ambiente de cuidados com a saúde de hoje, um tratamento verdadeiramente eficaz deve prover cuidados ao paciente de alta qualidade impactando, ao mesmo tempo, de maneira positiva, a saúde da economia", declarou George Triadafilopoulos, médico da Stanford University e coautor do estudo. "Há algum tempo sabemos que o tratamento da DRGE com RFE é seguro e eficaz. Agora, sabemos que isso diminui os custos gerais do tratamento com pacientes de maneira significativa, fazendo disso uma escolha razoável para pagadores buscando cobrir o tratamento de DRGE de maneira econômica."

Cerca de 30% dos adultos nos Estados Unidos sofrem de DRGE crônica. Muitos pacientes não respondem completamente a inibidores de bomba de próton (PPIs), o tipo mais comum de medicação DRGE, e muitos mais estão preocupados quanto aos riscos associados com o uso de PPI de longo prazo, ou a intervenção cirúrgica. A Stretta proporciona uma opção de tratamento mediana, não cirúrgica, para esses pacientes.

O estudo concluiu que: "Além da importância clínica do RFE preencher a lacuna entre a administração cirúrgica e médica, essa análise econômica demonstra aos pagadores que a adoção do RFE pode gerar uma economia notável a seus planos, quando comparado com a administração médica ou cirúrgica."

Sobre a Mederi Therapeutics Inc. e a Terapia Stretta®
A Mederi fabrica dispositivos inovadores que usam energia de radiofrequência para tratar de doenças digestivas. Produto da Mederi, a Terapia Stretta é um procedimento não cirúrgico clinicamente validado, que melhora significativamente os sintomas da DRGE, permitindo que a maioria dos pacientes elimine ou reduza os medicamentos, e evite a cirurgia. A Stretta transmite energia RF ao músculo entre o estômago e o esôfago. Estudos mostram que esse tratamento regenera o músculo, resultando em uma função de barreira aprimorada, menos eventos de refluxo, alívio significativo de sintomas e drástica melhoria em qualidade de vida. Mais de 40 estudos mostram que a Stretta é segura e eficaz, com efeito de durabilidade de tratamento de até 10 anos. A Stretta está disponível em todo o mundo.

Sobre a Baker Tilly
A Baker Tilly é um escritório de consultoria e contabilidade de serviço completo nacionalmente reconhecido. A prática de cuidados com a saúde da Baker Tilly é composta de profissionais de consultoria, tributação e auditoria que trabalham com centenas de hospitais, sistemas de saúde e planos de saúde desenvolvendo estratégicas de crescimento.

Contato com a Imprensa: Mike Elofer
mike@pascalecommunications.com
(484) 620-6167

FONTE Mederi Therapeutics Inc.