faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Laboratório Sabin é premiado e se destaca no maior congresso de medicina laboratorial do mundo

Laboratório Sabin é premiado e se destaca no maior congresso de medicina laboratorial do mundo

O Laboratório Sabin conquistou, na Pennsylvania, Estados Unidos, três prêmios no maior congresso de medicina laboratorial do mundo, promovido pela American Association for Clinical Chemistry (AACC). Um dos prêmios recebidos foi uma medalha da National Academy of Clinical Chemistry (NACB) concedida ao coordenador de Pesquisa do Laboratório Sabin, Gustavo Barra, que com sua equipe desenvolveu um exame para a detecção molecular de três vírus - dengue, zika e chikungunya - em uma mesma reação.

O teste, tem a vantagem de identificar, na fase aguda, qual o vírus causador da doença, sem a necessidade de pedir ou fazer reações em separado para cada um. O trabalho foi o único do Brasil a receber a honraria da NACB.

“O exame que desenvolvemos demonstra o já conhecido compromisso da empresa com o cliente e evidencia os benefícios do investimento em pesquisa e inovação, pois, se o vetor destes vírus é versátil o teste diagnóstico também deve ser”, explica o pesquisador.

O congresso AACC é reconhecido como o lugar onde as inovações em testes clínicos e assistência ao paciente são apresentadas em primeira mão.

“O Laboratório Sabin é uma empresa que além de prestar um serviço de excelência a seus clientes, tem uma agenda focada, também, para prover pesquisas, desenvolvimento e inovação, voltados para o setor de medicina diagnóstica. Além disso, avançamos cada vez mais com estudos, ações e informações qualificadas, para o aprimoramento do nosso serviço, respondendo aos desafios da saúde”, explica a presidente executiva do Laboratório Sabin, Lídia Abdalla.

Entre os 1.024 trabalhos selecionados para serem apresentados no congresso, a NABC escolheu 29 para serem premiados entre os melhores. O único representante da América Latina entre este seleto grupo foi o Laboratório Sabin.

Hospital São Francisco inaugura leitos Vips para pacientes cirúrgicos

IMG_0331

O Hospital São Francisco na Providência de Deus (RJ) acaba de inaugurar um andar com serviços exclusivos para pacientes pós-cirúrgicos. Com um investimento de cerca de R$ 1,3 milhão, o novo andar, com 13 apartamentos – sendo três suítes vip’s –, situado no 15º andar do prédio Nossa Senhora das Graças, um dos oito do hospital, servirá de modelo para as futuras reformas dos demais leitos de internação da unidade hospitalar.

Visando dar mais conforto aos pacientes, os apartamentos, que medem entre 24 e 46 m², possuem infraestrutura moderna e são equipados com mobília de alto padrão, incluindo camas elétricas reguláveis. As suítes Vips também acomodam os acompanhantes com mais conforto. É o caso das suítes máster, que além de oferecerem TVs de LED, frigobar e wi-fi, possuem lounge com sofá-cama, mesa e cadeiras de modo a proporcionar independência para o acompanhante.

O novo andar conta ainda com um moderno posto de enfermagem central, de onde é possível monitorar todos os leitos. Outra novidade é a adoção do prontuário e prescrição eletrônicos, o que proporciona mais segurança ao paciente.

“Todos os profissionais de saúde selecionados para trabalhar nesse andar receberam cursos de atualização. Tivemos a preocupação de qualificar a equipe multidisciplinar para lidar com qualquer tipo de pós-operatório. Esse é um sonho realizado, um sonho que se iniciou há cinco anos, quando a Associação e Fraternidade São Francisco na Providência de Deus assumiu a administração do hospital”, comemora o diretor do Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF), Frei Paulo Batista.

A entrega dos novos leitos faz parte do programa de melhorias implementadas no HSF pela Associação. Nesses cinco anos de gestão, o HSF passou por reformas na emergência, nos Centros de Tratamento Intensivo (CTIs) e no centro cirúrgico – que hoje, possui 13 salas com equipamentos de última geração -, entre outros setores.

“Estamos felizes por viver esse momento tão sonhado por todos. Isso aqui é um pedaço de cada um. Quando aqui chegamos, o hospital estava quase fechado. Passamos cinco anos reorganizando, reequipando, mantendo a porta aberta, projetando o futuro”, pondera Frei Francisco Belotti, superintendente do HSF e fundador da Associação e Fraternidade São Francisco na Providência de Deus. Ele recorda que, como consta em atas e narram frades e leigos, o hospital nasceu em 1619 no Largo da Carioca, Centro do Rio, e em 1933 foi transferido para a Tijuca, onde se encontra até hoje. “Cabe a nós, como bons franciscanos, dar continuidade”, ressalta.

Desde que a Associação assumiu o Hospital São Francisco na Providência de Deus, em março de 2011, houve um aumento de 130% no número de internações mensais, de 190% no número de procedimentos cirúrgicos e 275% nos atendimentos de emergência. Atualmente o Hospital São Francisco na Providência de Deus disponibiliza 400 vagas de internação em quase 40 especialidades médicas.

Serviços aeromédicos têm espaço para crescer

shutterstock_462975658

As transferências de pacientes entre localidades distantes contam cada vez mais com serviços aeromédicos especializados. O próprio SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) dispõe de unidades para atender, por exemplo, a população da região da Amazônia. Esse serviço também é cada vez mais solicitado para demandas de translado de pacientes de um estado para outro e representa uma área promissora no mercado brasileiro, principalmente pelas dimensões continentais do país.

“O transporte de órgãos, por exemplo, já conta com um sistema eficaz implantado para atender a demanda do sistema público. Mas, quando se compara com a operação nos Estados Unidos ou na Europa, entendemos que há espaço para o crescimento e para outros serviços”, aponta Shailon Ian, engenheiro aeronáutico e sócio presidente da Vinci Aeronáutica.

Para atender essa demanda, aviões ou helicópteros são adaptados e seguem critérios estabelecidos pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). “Em países com maior tradição nesses serviços, já ocorreu a consolidação do mercado, com a criação de grandes operadores nacionais. Nada impede do mesmo acontecer no Brasil”, explica Shailon. Segundo ele, a tripulação e a manutenção também seguem regras estabelecidas pela agência brasileira.

Uma unidade aeromédica pode ser instalada diretamente no fabricante ou em oficinas especializadas, conhecidas como completion centers. “Alguns fabricantes possuem, dentro do seu grupo, completion centers separados das fábricas, e, no momento de uma compra, emitem cotações distintas para a aeronave green, ou seja, sem nenhuma personalização de interior, pintura, ou equipamentos, e para a customização realizada na oficina, deixando claro a participação de cada um dos serviços no investimento total sendo considerado”, explica Shailon. Esses dados são importantes para o futuro destino da aeronave. Caso o proprietário queira comercializa-la no futuro, essas informações influenciarão no preço de jatos e helicópteros.

Sobre a Vinci Aeronáutica

Criada para prestar consultoria em aviação, Vinci Aeronáutica assessora seus clientes na operação, manutenção e segurança operacional de suas aeronaves com uma proposta única de atendimento exclusivo. A empresa conta com a experiência combinada de mais de 16 anos de seus sócios no mercado de aviação, e oferece aos seus clientes uma abordagem consultiva com uma solução única para cada cliente. Confira o site da empresa: www.vinciaero.com.

Estudo da Orizon revela os princípios ativos mais utilizados no combate ao colesterol

shutterstock_343065857

A Orizon – empresa líder em serviços para os segmentos de saúde, seguros e benefícios - concluiu um estudo sobre a utilização de antilipêmicos, medicamentos redutores de colesterol. Pelo levantamento, três princípios ativos representam mais de 80% do mercado: a Rosuvastatina com 34,31%, seguida pela Sinvastatina (26,42%) e, em terceiro lugar, a Atorvastatina (19,91%).

Foram analisados 133.408 beneficiários que adquiriram 419.208 medicamentos no período pesquisado, uma média de 3,14 caixas por pessoa. O estudo foi feito no 2° semestre do ano passado e no 1° semestre deste ano (12 meses). Em 55% dos casos optou-se pela compra da versão genérica do medicamento e 45% escolheram os remédios de marca. "O Programa de Benefícios em Medicamentos - PBM da Orizon permitiu que os usuários participantes pudessem comprar os genéricos com 46% de desconto e os remédios de marca com 29%. O que resultou em uma economia de mais de 39%", revela o pesquisador da Orizon, Bruno Luiz de Carvalho.

As pessoas com idade acima de 45 anos representaram 78,18% do total de compras de medicamentos para reduzir o colesterol. A maior incidência no consumo de antilipêmicos foi a de acima de 59 anos (45,91%), seguido da faixa etária entre 55-59 anos (13,51%), depois 50-54 anos (11,34%) e 45-49 anos ( 7,41%).

Na região sudeste, o estado com o maior número de compras de medicamentos para o controle do colesterol foi São Paulo. No sul foi o Rio Grande do Sul; no centro oeste, Goiás; no nordeste a maior incidência ocorreu na Bahia e na região norte, no Amazonas.

O colesterol elevado é uma doença crônica e que precisa de tratamento ininterrupto. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, 57 milhões de brasileiros têm colesterol elevado e correm o risco de ter um infarto ou AVC, caso não façam o tratamento adequado.

A Orizon elabora Análises Mercadológicas e Estudos Farmoeconômicos que podem fundamentar avaliações e direcionamento de investimentos em prevenção. Os trabalhos da Orizon têm reconhecimento internacional da ISPOR (Intrenational Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research), o maior fórum mundial fármaco-econômico do mundo.

Sobre a Orizon

A Orizon trabalha há mais de 15 anos para simplificar o setor da saúde, gerando mais eficiência e resultados para os clientes através de suas soluções em: Transformação de Processos, Conectividade, Benefícios em Saúde e Inteligência em Saúde.

Hoje, um em cada três usuários do sistema de saúde privado se beneficia com as soluções da Orizon. São mais de 18 milhões de pessoas, conectadas a 140 mil prestadores e a mais de 10.000 farmácias, efetuando uma média de 150 milhões de transações por ano. Além disso, são processados mais de 40 milhões de sinistros e contas médicas neste mesmo período, trazendo importante ganho operacional para os clientes.

Devido a esse grande volume de dados, a Orizon é capaz de gerar informações estratégicas para o mercado e assim auxiliar na tomada de decisão das empresas e agregar valor na gestão de saúde da população do país.

e-Safer alerta para aumento de ameaças online

shutterstock_461970151

A e-Safer, integradora da área de segurança e certificação digital, alerta para a possibilidade de crescimento de ameaças online aos internautas brasileiros nos próximos meses. Com a realização de eventos de alcance global, o país entra no raio de ação de hackers e outros cibercriminosos que tentarão tirar proveito do contexto.

De acordo com Luiz Augusto da Silva, Consultor Comercial da e-Safer, o alto grau de dependência da internet favorece o crescimento das ameaças. “No momento em que a grande maioria dos ingressos são comprados via internet, cresce o apetite dos criminosos sobre os dados que estarão circulando”, afirma.

Por conta disso, o especialista lembra que é preciso estar muito atento aos sites onde estes dados são lançados. Se forem falsos, eles podem cair nas mãos de criminosos e ser utilizados para compras. “Geralmente, o dono do cartão não sabe como seus dados foram roubados”, diz.

Via de regra, isso ocorre por meio dos sites falsos. Como a maioria dos portais hoje pede que o cliente se cadastre, bem como os dados de seu cartão, em algumas vezes ele pode estar sendo redirecionado para uma página falsa. “Aqui é importante verificar se o site é certificado, se tem o cadeado SSL”, explica.

Silva lembra que a e-Safer oferece o cadeado SSL para diversas empresas, o que garante que seus sites são confiáveis e íntegros. “Quando vê o cadeado verde no canto superior esquerdo da tela, o consumidor sabe que aquele endereço foi validado por um órgão e devidamente registrado”, explica. Isso garante que os dados colocados ali serão criptografados e muito dificilmente serão vazados.

Além dos sites, as ameaças podem vir também por e-mail. Depois de comprar ingressos para um jogo, por exemplo, não é raro que o consumidor comece a receber vários e-mails sobre o assunto. “Se ele fez a compra e já recebeu os ingressos, não há porque abrir estes e-mails, basta apaga-los. Se quiser abri-los, verifique se os endereços são certificados”, ressalta Silva, lembrando que qualquer guia aberta pode abrir um computador ou celular para vírus e roubo de dados.

O caminho para a conformidade HIPAA [Infográfico]

shutterstock_263846543

Até mesmo seus stakeholders das instituições que exercem segurança baseada no HIPAA. O acordo auxilia através de políticas e procedimentos que identificam riscos e vulnerabilidades na troca, armazenamento e processamento de dados eletrônicos.

O Infográfico aponta como é o caminho até uma proteção totalmente efetiva, contando com alguns deslizes hipotéticos e uma analogia a um jogo de tabuleiro onde o fim é um hospital seguro.

77% das organizações da saúde conduzem análises de risco formalmente, em contrapartida no ano de 2016, 80% dos problemas operacionais registrados foram por falha no controle de proteção e baixa análise de falhas no processamento de informação. Esses e outros dados abaixo no Infográfico:

ecec70e42f4d441dbaf7d1a9329ba5e7

E para aprender mais sobre cibersegurança em TI, não perca a oportunidade de conhecer o maior trade show de inovação em saúde da América Latina, o Hospital Innovation Show, o evento contará com mais de 10 espaços simultâneos de apresentação focados em diferentes cargos da instituição, solicite sua credencial aqui.

Solicite por esse telefone: (11) 3823-6666

Delboni é o primeiro laboratório brasileiro a oferecer testes rápidos para casos de urgência no diagnóstico

shutterstock_462332875

Delboni Medicina Diagnóstica coloca à disposição dos pacientes um menu inovador de exames laboratoriais cujos laudos ficam prontos em, no máximo, 30 minutos. Denominado Delboni Testes Rápidos, o serviço chega ao mercado brasileiro com o objetivo de otimizar processos emergenciais, permitindo a tomada de decisão mais ágil e assertiva por parte dos médicos, diminuindo o tempo de internação e, em alguns casos, reduzindo a morbidade e mortalidade.

“Esse formato atenderá os pacientes de maneira descomplicada, garantindo agilidade na realização de testes de Análises Clínicas, além de reduzir o fluxo de pessoas dentro das unidades no horário de pico e também a procura dos pronto socorros especificamente para realização de exames de análises clínicas”, afirma Dra. Lorena Faro, médica e superintendente de Hospitais do Delboni responsável pelo novo serviço. Ela explica que a rapidez do laudo se deve a fatores como a portabilidade dos equipamentos, menor tempo de processamento da amostra e à não necessidade de centrifugação. “Além disso, como os testes são processados na própria unidade, não há perda de tempo com transporte de material para núcleos técnicos de processamento de exames de análises clínicas”, revela Dra. Lorena.

Entre os exames disponíveis no Delboni Testes Rápidos estão hemograma, teste de HIV, teste de gravidez, tempo de protombina, Glicose, perfil lipídico completo, EAS, vírus sincicial respiratório, pesquisa de estreptococo do grupo A rotavirus e NS1 para dengue.

O Delboni possui experiência com testes rápidos por conta da atuação nos Hospitais Vitória,Nove de Julho, Hospital Santa Paula, Paulistano, Hospital das Américas entre outros.

Alguns desses exames funcionam a partir da chamada coleta de ponta de dedo, utilizando tecnologia e metodologias de última geração. “O Delboni Testes Rápidos é um serviço de grande importância para a definição da conduta médica nos casos em que a rapidez no diagnóstico faz muita diferença, como no atendimento a pacientes pediátricos e oncológicos”, explica a médica.

Para ilustrar, ela exemplifica de casos em que a criança está com dor de garganta e realiza o teste rápido no laboratório, o que permite ao médico prescrever a medicação com agilidade, reduzindo o tempo de sofrimento. Outro caso são pacientes que necessitam submeter-se a quimioterapia e precisam saber sobre o índice de plaquetas ou risco de desenvolverem trombose. “São casos onde é evidente a importância de o laudo ser emitido rapidamente”, detalha Dra. Lorena.

Inicialmente, os testes rápidos estão disponíveis na megaunidade Jardim Sul, localizada na Rua Jandiatuba, 566, no Bairro Vila Andrade, Zona Sul de São Paulo. A ideia é que o serviço seja disponibilizado nas demais unidades ao longo de 2016.

Sobre o Delboni

O Delboni Medicina Diagnóstica tem cerca de 30 unidades de atendimento em todas as regiões da Grande São Paulo. Ao longo de seus 50 anos de história tornou-se referência em medicina diagnóstica, realizando exames laboratoriais e de imagem com qualidade, confiança, credibilidade e tecnologia de ponta. A satisfação é um dos seus principais objetivos, por isso se preocupa em oferecer precisão, conveniência e agilidade em todas as etapas do atendimento.

A marca também oferece vacinas para todas as faixas etárias e atendimento domiciliar. Pioneiro e inovador, criou o conceito de atendimento integrado por meio das MegaUnidades, que oferecem exames laboratoriais e de imagem no mesmo local.

Tecnologia Bacteriostática Microban inibe o crescimento de bactérias e fungos em acessórios para inaladores (máscara e traqueia) para reduzir os riscos de contaminação

COTIA, Brasil, 3 de agosto de 2016 /PRNewswire/ -- O frio chegou e com ele o tempo seco, as frequentes oscilações climáticas e a baixa umidade que contribuem para o aumento de infecções virais e bacterianas, das alergias respiratórias e das crises de asma que provocam sintomas incômodos nas vias aéreas.

As oscilações climáticas, assim como o ar seco do clima, e também pelo de ar condicionado, tem uma grande parcela de culpa no aumento dos sintomas de irritação das vias aéreas e danos à saúde.

As populações mais atingidas fisiologicamente por essas variações climáticas são as crianças e os idosos, devido à fragilidade imunológica de cada um desses grupos. O primeiro está desenvolvendo o sistema imunológico, e o segundo pode não possuir uma resposta imunológica tão ágil. Portanto, é notável no inverno que surjam os sintomas mais comuns como, tosse, garganta seca, coriza, chiado no peito e cansaço. Para preservar a nossa saúde, uma opção para minimizar estes sintomas de desconforto é manter o corpo bem hidratado tomando bastante água e usar inaladores eficientes.

Uma preocupação ligada a esses equipamentos é o design das máscaras, traqueias e outros acessórios, pois mesmo com a higienização após o uso, pontos de contaminação cruzada podem permanecer - em termos técnicos, chamamos isso de formação de biofilme bacteriano.

Preocupada com o fato de que os micróbios e outros germes podem resistir a higienização e se proliferarem a cada 20 minutos, dobrando a sua quantidade, a NS empresa brasileira líder em seu segmento, inovou o mercado com o grande diferencial nos inaladores, através da incorporação da proteção antibacteriana Microban® na composição dos acessórios, como máscaras e traqueias, durante a fabricação. A proteção antibacteriana Microban® contribui para aumentar a higiene e a segurança, gerando tranquilidade e conforto para o consumidor, pois diminui eficazmente as contaminações, reduzindo assim a proliferação de bactérias nos acessórios dos inaladores*.

NOTA: Muito importante lembrar que a proteção Microban® não substitui a correta higienização dos componentes. E que ao persistirem os sintomas um médico deve ser consultado.

*De acordo com estudos internos – Laboratórios Microban NC-USA

Saiba mais em www.microban.com
Contato (11) 4612-4420

(Foto: http://www2.prnewswire.com.br/imgs/pub/2016-08-02/original/3204.jpg)

FONTE Microban do Brasil

Seegene lança desenvolvimento automatizado de ensaios de PCR multiplex em tempo real baseado in silico

SEUL, Coreia do Sul, 3 de agosto de 2016 /PRNewswire/ -- A Seegene, Inc. (096530.KQ), uma desenvolvedora líder de tecnologias de PCR (reação em cadeia da polimerase) multiplex em tempo real anunciou que lançou o primeiro desenvolvimento automatizado de ensaios de PCR multiplex em tempo real baseado in silico.

PCR em tempo real é o melhor método para diagnósticos moleculares porém seu processo de desenvolvimento é complicado, devido ao extenso período de desenvolvimento e ao alto custo. Com uma solução de desenvolvimento baseado in silico, a SGsilico, a Seegene simplificou consideravelmente o processo de desenvolvimento de ensaio de PCR em tempo real e pretende expandir seu uso em diagnósticos moleculares.

Esta solução automatizada pode reduzir significativamente o tempo de desenvolvimento do ensaio, que é tipicamente de 3 a 12 meses, para menos de uma semana. Adicionalmente, o custo do processo de desenvolvimento pode ser reduzido para apenas um décimo do desenvolvimento convencional. Assim que o cliente fornecer os alvos de detecção, o cliente receberá um kit de ensaio personalizado totalmente configurado e pronto para uso, incluindo oligonucleotídeos, enzima adequada e condição para PCR multiplex em tempo real. Através da computação de todos os fatores possíveis para projetar os melhores conjuntos adequados de oligos para os alvos fornecidos, a taxa de fracasso do desenvolvimento é extremamente baixa. Isso permite que o cliente utilize imediatamente o ensaio personalizado da Seegene em sua pesquisa sem um complicado processo de desenvolvimento.

A Seegene digitalizou suas tecnologias patenteadas de PCR em tempo real, simplificou o ensaio com seu oligo universal e estes foram incorporados com a solução de desenvolvimento baseado in silico. Isto deu origem à solução SGsilico, o desenvolvimento automatizado de ensaio de PCR em tempo real da Seegene.

A Seegene oferece as melhores tecnologias patenteadas da sua classe, DPO™, TOCE™ e MuDT™, para amplificação simultânea e detecção quantitativa de alvos múltiplos sem sacrificar a especificidade, a sensibilidade e a reprodutibilidade. Estas são as únicas tecnologias de PCR em tempo real disponíveis atualmente que asseguram alta multiplex e informações quantitativas. A Seegene realizou a digitalização dessas tecnologias as quais funcionam com sucesso com vários instrumentos de PCR.

Além disso, a Seegene desenvolveu um novo sistema universal de oligo marcado por fluorescência, o SGoligo, que pode ser aplicado universalmente em diferentes alvos independentemente dos seus tipos e o resultado esperado é uma tremenda redução no custo.

Isto tornou possível para a Seegene desenvolver uma linha completa de produtos incluindo o desenvolvimento de ensaio personalizado de PCR em tempo real simples e multiplex baseado in silico. Além de seu mercado atual de diagnóstico, a Seegene planeja expandir de forma progressiva seu mercado-alvo para pesquisa e outros mercados semelhantes.

Segundo o Dr. Jong-Yoon Chun, fundador e CEO da Seegene, "A SGsilico é, de longe, a melhor solução devido à sua simplicidade, economia de tempo e custo-benefício no desenvolvimento de ensaios. Essa solução pode ser utilizada em áreas de pesquisa tais como doenças infecciosas, cânceres e outros distúrbios genéticos. A tecnologia da Seegene também pode ser implementada em vários diagnósticos não humanos tais como segurança alimentar, animais e plantas". O Dr. Chun acrescentou, "Este será o padrão de tecnologia que substituirá as tecnologias atuais de PCR em tempo real".

A Seegene possui subsidiárias nos Estados Unidos, Canadá, Itália e no Oriente Médio, uma filial na Alemanha e uma Joint Venture (empreendimento conjunto) no México. A Seegene busca por parcerias estratégicas com joint ventures em potencial que possuam rede de negócios locais e nacionais.

Informações para contato

Para mais informações, visite o endereço www.seegene.com ou entre em contato com Jason Bae ([email protected], Tel: 82-2-2240-4081)

FONTE Seegene

Casa da Saúde Campinas contrata MV

shutterstock_462226408

A reconhecida e respeitada Casa de Saúde Campinas, localizada no município de Campinas-SP, é agora cliente MV. O hospital com 150 leitos, que possui quase 136 anos e carrega em sua história o pioneirismo do transplante renal no interior do Estado, vai adotar o SOUL MV para aprimorar e melhorar a gestão hospitalar e aumentar a precisão e a segurança nas informações, minimizando, assim, retrabalhos nos processos internos.

Utilizando, atualmente, um software que não atende todas as necessidades da instituição, retrabalhos constantes fazem parte da rotina dos profissionais. “Quando o setor de compras realiza uma aquisição, é preciso redigitar as informações para o Financeiro e para a Contabilidade”, comenta Eliane Brito, gerente geral do hospital. Com a implantação do sistema MV, iniciada neste mês, a Casa de Saúde Campinas vai integrar todos os setores, centralizar informações para facilitar a tomada de decisões, reunir em um único ambiente dados clínicos dos atendimentos a pacientes e otimizar processos.

Outro desafio enfrentado no hospital é a morosidade para verificação de glosas. “Como não há integração entre as contas a receber e o Faturamento, o processo de solicitação de recurso de glosa é prejudicado e até pode ser perdido”, diz a gerente. Além disso, processos manuais dificultam o acesso a informações seguras. Nas enfermarias, por exemplo, a devolução de materiais e medicamentos para a farmácia não é automatizada. Consequentemente, o confronto entre a conta faturada, o consumo real e a devolução do que não foi utilizado fica prejudicado.

Para a diretoria do hospital, a MV foi a empresa escolhida para auxiliar o hospital a vencer os desafios existentes por ser sólida, reconhecida e por apresentar como diferencial a facilidade de uso do sistema pelas equipes médicas. Após a implantação das soluções MV em todos os setores, a expectativa é que a gestão da Casa de Saúde Campinas tenha acesso a diversos indicadores de maneira fácil e ágil. Dentre os quais, contas faturadas x não faturadas, valor faturado x valor recebido, tempo de faturamento da conta, percentual de glosas, recursos aceitos, volume de compras x dispensação, percentual de acuracidade dos estoques, percentual de ocupação e ociosidade, satisfação dos clientes e muitos outros.

Sobre a MV

A MV é líder em software de gestão de saúde no Brasil. Com soluções para hospitais, clínicas, operadoras de planos de saúde, centros de medicina diagnóstica e redes de saúde pública, detém o melhor Prontuário Eletrônico do Paciente na América Latina e o maior market share da região, segundo a empresa norte-americana de pesquisa e insights, KLAS, que concedeu à MV o Prêmio 2015/2016 KLAS Category Leader for Global Acute EMR – Latin America. Atualmente, mais de 1000 instituições e 375 mil usuários utilizam as soluções MV para responder com eficiência, agilidade, precisão e segurança as necessidades de gestão de informações de saúde. Para saber mais sobre a MV, acesse www.mv.com.br. Acompanhe-nos também no Facebook, Twitter e LinkedIn.