faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Núcleos Ambulatoriais – O que precisa saber sobre essa estratégia que vem ganhando cade vez mais o Mercado de Saúde Brasileiro

perdizes

Apesar de já ser uma estratégia amplamente utilizada no mercado americano há muitos anos, estamos acompanhando, principalmente na última década, o surgimento dos núcleos ambulatoriais como soluções essenciais no planejamento dos grandes sistemas de saúde brasileiro.

Diversos fatores tem influenciado o investimento nesses centros e merecem a atenção dos gestores e líderes na área da saúde.

1. Centros Hospitalares Urbanos. Grande parte dos principais centros hospitalares no Brasil estão inseridos dentro do contexto urbano. E a realidade das grandes metrópoles brasileiras é marcada por grande densidade populacional e escassez de áreas disponíveis para expansão ao redor do complexos hospitalares já consolidados. Além disso, os núcleos de alta complexidade apresentam um custo por metro quadrado extremamente alto que só se justificam financeiramente se suportado por áreas com alto retorno e valor agregado.

2. Aumento da capilaridade. A expansão e diversificação geográfica favorece a captação de novos pacientes, mas a escolha dessas áreas deve ser estratégica assim como o programa a ser oferecido nelas. A multiplicação de pontos de acesso deve ser planejada de forma a evitar a replicação desnecessária de recursos e favorecer a composição sistêmica. A partir do momento que existe o entendimento do negócio como um sistema interconectado, esses novos centros podem servir como pulmão para movimentar departamentos que não precisam estar localizados nos núcleos principais, liberando áreas de expansão extremamente valiosas e melhorando o desempenho geral.

3. Foco em saúde ao invés de doença. Diante de todas as discussões sobre aumento da importância de saúde primária e mudança no modelo de financiamento hoje baseado em serviços para foco em qualidade e gestão, estes centros se apresentam como oportunidades importantes de separação de casos ambulatoriais do contexto hospitalar e sementes de gestão populacional dentro da comunidade. Além disso, este é um modelo que deve evoluir no futuro para os Wellness Centers, centros focados em promoção de saúde, bem estar e prevenção.

4. Crise econômica. Apesar do mercado de saúde ser um dos nichos mais estáveis da nossa economia, ele também foi atingido pela crise no país uma vez que houve queda significativa no poder de compra individual e empresarial, afetando a quantidade de pessoas com acesso a planos de saúde, assim como grande volume de pedidos de downgrade. Os sistemas que apresentavam maior abrangência de mercado tiveram mais oportunidades e fontes de recuperação. Muitos dos que tinham foco mais restrito, passaram a ter como objetivo essa expansão como uma das estratégicas importantes de sobrevivência.

Apesar de apresentar diversos benefícios, cada provedor deve avaliar a aplicabilidade dessa solução à sua realidade. Ferramentas importantes para subsidiar e alavancar essa discussão entre os gestores são o Plano Estratégico, Plano Diretor e Estudo de Mercado.

Inscrições abertas para o prêmio Referências da Saúde 2019

his

Premiação que acontece há 10 anos reconhece cases brasileiros de inovação na saúde. Fleury, Grupo São Francisco, Oncoclínicas e Unimed BH foram alguns dos vencedores de edições anteriores

Estão abertas até o dia 15 de agosto as inscrições para o prêmio Referências da Saúde 2019, promovido pelo HIS – Healthcare Innovation Show, evento de inovação que acontece em São Paulo de 18 a 19 de setembro, no São Paulo Expo. A premiação tem como objetivo reconhecer cases nas áreas de gestão administrativo-financeira, governança corporativa, gestão de pessoas, tecnologia da informação e qualidade assistencial.

Em anos anteriores, foram premiadas instituições como Grupo Fleury, Grupo São Francisco, Oncoclínicas e Unimed BH, além de projetos feitos em parceria com startups, como Laura Networks (para detecção precoce de sepse), Genesis (inteligência artificial para engenharia clínica) e PBSF – Protecting Brains & Saving Futures (tecnologia para prevenção de sequelas neurológicas em recém-nascidos de alto risco).

Para se inscrever, basta acessar o formulário online do prêmio. Podem participar hospitais, operadoras, laboratórios diagnósticos, farmacêuticas, clínicas, home care e indústria - essa última, desde que apresente aplicação do case em algum cliente. Só serão aceitos cases com data de início a partir de janeiro de 2017. Os critérios de avaliação incluem propósito da inovação, diagnóstico x solução, execução, benefícios gerados e o que torna o case inovador.

Os 15 finalistas selecionados apresentarão seus cases do HIS. No final do primeiro dia do evento, os melhores trabalhos serão premiados. Posteriormente, eles farão parte de um e-book especial publicado pela Informa Markets, organizadora do evento.

Neste ano, o HIS será palco para mais de 150 palestras e inúmeras oportunidades de conexão com cases de inovação em saúde do Brasil, divididos em 10 congressos:

  • Summit de Telemedicina:  Voltado para C-levels com foco em discutir as mudanças tecnológicas e organizacionais para a viabilização de uma telemedicina segura e efetiva para os pacientes.

  • AI Revolution: Voltado para C-levels (CIO, CMO e CEO) com foco em discutir a evolução da Inteligência Artificial e seu potencial nos componentes clínicos e administrativos do negócio.
  • Conferência voltada para desenvolvedores que trabalham ou têm interesse na área de saúde. Aqui vamos juntar as necessidades do setor às mentes que criam as ferramentas tecnológicas.
  • CEO Summit: Nosso tradicional congresso de CEOs com foco na discussão estratégica sobre dados, inovação e novos modelos de negócio em saúde.
  • Gov Health Tech:  Trazer os melhores cases de governo e as interações entre setor público e privado, extrapolando o conceito de atenção à saúde, para discutir, de fato, saúde. O público esperado é de secretarias de saúde e gestores de instituições públicas (ou privadas com componentes de assistência ao público).
  • CIO Summit: Nosso tradicional congresso de CIOs, ainda mais forte! Para 2019, traremos dois dias de palco para gestores de TI, um voltado para infra e um para inovação.
  • Fórum de Empregadores: A aproximação do sistema de saúde com os grandes empregadores é inevitável, e o HIS tem a missão de facilitar este relacionamento, promovendo estratégias para a disseminação de práticas que gerem mais saúde e menos custos para os envolvidos.

  • Facilities Innovation Summit: Criamos em 2019 um palco para a discussão de inovação e tecnologia em Facilities Management, considerando os impactos de toda essa transformação na gestão e educação de equipes.
  • Fórum de Clínicas: As redes de clínicas estão cada vez mais fortes no mercado de saúde brasileiro. Com isso, o potencial de adoção de inovação, novas tecnologias e impacto na saúde dos brasileiros só aumenta. Aqui, o foco é discutir esse potencial e os maiores desafios associados.

Além da programação principal, destinada aos congressistas, haverá 4 programações paralelas abertas aos visitantes, com temas ligados a prontuário eletrônico (palco MV), medicina diagnóstica (palco DASA), Tecnologia da Informação e inovação (palco Bionexo) e facilities (palco Verzani & Sandrini).

Serviço: 

Prêmio Referências da Saúde 2019 no HIS – Healthcare Innovation Show

Inscrições: até 15 de agosto, pelo site

Para visitar o HIS e ter acesso completo à programação, inscreva-se no site oficial do evento

Sobre o HIS

O Healthcare Innovation Show faz parte do portfólio de saúde da Informa Markets, que também inclui a Hospitalar, o Saúde Business Fórum (SBF) e o portal SaudeBusiness.com. O HIS Healthcare Innovation Show é mais importante evento para decisores da saúde no Brasil. Promovido pela Informa Markets, o HIS é um espaço onde presidentes, gestores, CEOs e demais líderes do mercado da saúde compartilham experiências e cases de inovação durante dois dias, divididos em 11 congressos temáticos e 150 palestras.

Sobre a Informa Markets

Com três escritórios principais no Brasil, a Informa Markets está entre os principais organizadores de eventos na América do Sul. Nossa região da América do Sul tem mais de 250 funcionários e organiza mais de 30 grandes eventos comerciais anualmente, bem como uma oferta diversificada de produtos digitais, serviços e conteúdo especializado. Atendemos indústrias e mercados especializados, incluindo agricultura, comunicações, alimentos e bebidas, saúde, infraestrutura, maquinaria, energia renovável, tecnologia, entre outros.