Grupo Sabin é eleito a melhor empresa para trabalhar no setor de medicina diagnóstica

sabin-gptw

O Grupo Sabin foi premiado como a Melhor Empresa para Trabalhar na categoria medicina diagnóstica. A 6ª edição da premiação Melhores Empresas Para Trabalhar - GPTW Saúde aconteceu em São Paulo. A pesquisa, realizada pelo Instituto Great Place To Work, avaliou 70 empresas em sete categorias: Clínicas, Farmacêuticas, Farmácias e distribuidoras, Hospitais, Indústrias e Serviços, Medicina Diagnóstica e Plano de Saúde.

Na avaliação, são analisadas as políticas internas das companhias, a diversidade, a igualdade de gênero, além de avaliações com os colaboradores de cada uma das empresas participantes.

Na Bahia, o Sabin chegou em 2009 e conta atualmente com a gestão técnico-administrativa do farmacêutico bioquímico Claudio Brandão e a gestão de relacionamento com mercado da regional Nordeste com Agnaluce Silva. Em Salvador, além do serviço laboratorial, o Grupo atua na área de diagnóstico por imagem e imunização.

Astellas Farma Brasil é eleita uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil

ranking
shutterstock

Empresa é novamente reconhecida pelo Instituto Great Place to Work®

A Astellas Farma Brasil (AFB) foi recentemente nomeada uma das melhores farmacêuticas para se trabalhar no Brasil, de acordo com o último ranking do Instituto Great Place to Work® (GPTW) do segmento saúde. Esse resultado marca o sexto ano consecutivo que a AFB é reconhecida como uma das melhores empresas farmacêuticas para se trabalhar no país.

O Instituto GPTW é uma consultoria global de recursos humanos, pesquisa e treinamento. O modelo Great Place to Work® é baseado em 25 anos de pesquisa e dados coletados por meio do Trust Index© Employee Survey da empresa, que é respondido anualmente por mais de 10 milhões de funcionários em todo o mundo.

Na AFB, a adesão ao questionário foi altamente significativa, mas o dado que enfatiza o engajamento dos funcionários foi o número de comentários que atingiu 682 participações, ou seja, um quadro que tem interesse em participar das decisões e do dia a dia da empresa. Além disso, em todos os quesitos práticos as avaliações foram superiores ao ano anterior sendo o orgulho a dimensão com maior visibilidade dentro da empresa, atingindo índices de 94%. "Ouvir a voz de nossos colaboradores é muito importante e uma das principais prioridades da liderança da AFB. Nosso próximo passo é a realização de grupos focais para trabalhar pontos de melhoria" comenta Fátima Neri, Diretora de Recursos Humanos.

Entre esses comentários, que são anônimos na pesquisa feita pelo Instituto, o reconhecimento constante, o clima organizacional, a flexibilidade de horários, a autonomia para que sejam realizadas as entregas e a preocupação que a empresa tem com seus funcionários foram alguns dos pontos citados.

Neste ano, a AFB melhorou sua avaliação em outros dois quesitos importantes: transparência e confiança. Essa melhora mostra que a cultura baseada no modo "Astellas Way" - uma filosofia que enfatiza o compromisso com os pacientes, ownership, resultados, openness e a integridade – vem gerando resultados que somam-se ao reconhecimento da importância do equilíbrio entre vida pessoal e profissional e oferece uma série de programas para melhorar a qualidade de vida dos funcionários.

"Sempre estivemos comprometidos em fornecer um ambiente de trabalho saudável e colaborativo. Nosso foco no paciente, em fornecer valor para essas vidas, é refletido nesse resultado. Temos orgulho do nosso trabalho e confiamos nas nossas equipes. Reconhecemos o valor que cada colaborador tem no impacto positivo na vida de pacientes e cuidadores brasileiros através de suas atividades diárias", diz Ricardo Ogawa, gerente geral da AFB.

O GPTW publica anualmente mais de 40 rankings, premiando as Melhores Empresas para Trabalhar em âmbito nacional, regional, setorial (como TI e Saúde) e temático (Melhores Empresas para Mulheres). Mais de 80% dos funcionários da AFB participaram da pesquisa.

Sobre Astellas Farma Brasil

Astellas Farma Brasil, uma afiliada da Astellas Pharma Inc, localizada em Tóquio, no Japão, é uma empresa farmacêutica dedicada à melhoria da saúde das pessoas em todo o mundo através da provisão de produtos farmacêuticos inovadores e confiáveis. A Astellas Farma Brasil se concentra em Urologia, Oncologia, Imunologia e Doenças Infecciosas como principais áreas terapêuticas. A Astellas está na linha de frente da mudança na saúde para transformar ciência inovadora em valor para os pacientes. Para mais informações sobre Astellas Farma Brasil.

Um novo capítulo na história da Clínica Fares

Um novo capítulo na história da Clínica Fares

Atendimento humanizado para qualquer pessoa que necessite de serviços médicos com qualidade: como a clínica conseguiu se reinventar após três décadas de tradição.

Há pouco mais de 30 anos, nascia uma nova forma de cuidar da saúde, inicialmente, na região da Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte de São Paulo. A Clínica Fares é pioneira no atendimento médico acessível, com qualidade, e está em constante evolução para cuidar e resolver os problemas de saúde de seus pacientes, oferecendo de exames a procedimentos, cirurgias e terapias. As palavras de ordem são confiança e acolhimento e, para isso, Marcelo Abrahão assumiu a liderança da clínica há pouco mais de um ano. De lá para cá, as mudanças são constantes e perceptíveis não apenas para o corpo clínico e de funcionários, que hoje chega a cerca de 800 pessoas. Mas, principalmente, para os pacientes e seus familiares que frequentam diariamente as quatro unidades da Clínica Fares em Vila Nova Cachoeirinha, Santo Amaro, Osasco e Penha.

“Nossa missão é cuidar de pessoas, de todas as classes sociais, que estão em busca de excelência em saúde. É por isso que, acima de tudo, estamos investindo em pessoas, de todos os níveis e áreas, do administrativo ao corpo clínico, tudo para que nossos pacientes se sintam verdadeiramente acolhidos e com a correta resolução dos seus problemas”, explica Marcelo Abrahão, CEO da Clínica Fares.

Marcelo Abrahão tem formação em Educação Física e Fisioterapia, especializado em Fisiologia Humana do exercício, Mestre e Doutor em Saúde baseada em evidência, além de pós-graduado em Strategic Leadership pela Stanford University. Trouxe com ele um novo olhar para o negócio, que já apresenta resultados consideráveis na gestão, e resgatou o grande legado da Medicina humanizada, que está no DNA da empresa, além de aumento na receita. “Somos apaixonados por cuidar da saúde das pessoas. É por isso que precisamos ter um olhar analítico em todas as etapas da jornada do cliente, com foco sobretudo no que pode transformar, para melhor, a vida de nossos pacientes”, completa o executivo.

A Clínica Fares percebeu a necessidade de mudanças, que foram fundamentais para continuar cumprindo seu objetivo, em um ambiente saudável inclusive aos colaboradores. “Em um cenário desafiador, realizar todas essas mudanças que estamos fazendo tem sido um rico aprendizado coletivo na empresa. Entre tantas conquistas, conseguimos baixar o turnover para apenas 2%, isso só foi possível porque definimos alguns pilares fundamentais no nosso ecossistema: colaborador, gestão, marca e corpo clínico”, explica o CEO.

Outras iniciativas foram tomadas a fim de instaurar uma nova gestão, que permitisse crescer sustentavelmente: implementação de projeto de integração, com base nas opiniões dos colaboradores da clínica; investimento em tecnologia, como Wi-Fi nas unidades, chatbot, renovação do parque de infraestrutura e T.I, entre outras; organização de uma diretoria profissional, técnica e diversificada; treinamentos com foco na jornada do paciente (atendimento e produtividade); Workshops de capacitação e implantação de projetos com base no feedback do paciente.

“Sem dúvida, este é um novo capítulo na história da Clínica Fares, que atua na área da Saúde, oferecendo consultas em diversas especialidades, diagnósticos e tratamentos como cirurgias e procedimentos. O passado nos deu a possibilidade de estarmos onde estamos e enxergar um universo de possibilidades, por meio de um atendimento cada vez mais humanizado e, claro, sempre com qualidade”, afirma Abrahão, ressaltando que a empresa não se enquadra na

classificação de clínica popular. “Prestamos serviços para qualquer pessoa, independentemente de classe social e do tipo de família. Prezamos pela integração de todos, sem distinção de qualquer rótulo, priorizando o acesso à saúde de qualidade e resolutiva. Não acreditamos na segmentação da saúde a partir do preço”, conclui.

Com toda a transformação cultural e estrutural iniciada há um ano, a expectativa é que a empresa, que hoje realiza cerca de 40 mil atendimentos/mês e está totalmente focada na jornada do paciente, cresça em torno de 11% em relação a 2018, graças ao nível de satisfação dos clientes, que aprovam o atendimento e recomendam os serviços para familiares, parentes e amigos.

Empresários que investiram no setor odontológico contam como ser bem-sucedido vindo de outros mercados

Empresários que investiram no setor odontológico contam como ser bem-sucedido vindo de outros mercados
shutterstock

Modelo de negócios da Odontoclinic chamou a atenção dos investidores por ser ideal para quem não é dentista

Ter o seu próprio negócio faz parte dos sonhos de muitos brasileiros. Muitas vezes, as pessoas procuram empreender dentro de suas áreas de atuação, o que é bastante natural. No entanto, muitos modelos de negócios permitem que profissionais oriundos de quaisquer mercados sejam bem-sucedidos. 

É o caso da Odontoclinic, primeira rede nacional de franquias de clínicas odontológicas, que oferece um modelo ideal para quem não é dentista. Fernando Mendes apostou no setor odontológico, mesmo sendo formado em administração de empresas e tendo atuado em bancos por mais de 15 anos.  

Hoje, o empresário é dono de três unidades Odontoclinic: uma em Itaim Paulista, uma em Suzano e outra em Mogi das Cruzes. “Quando eu decidi montar uma clínica odontológica com o meu irmão, logo me veio à mente investir em uma franquia. Assim, começamos a estudar todas que existiam à época. E a Odontoclinic foi a que mais chamou nossa atenção por seu modelo de negócios, que se adequava mais ao que estávamos buscando”, conta Fernando Mendes.  

Sobre os diferenciais em relação à concorrência, Mendes destaca que na época das pesquisas, “percebemos que a Odontoclinic era a única que tinha um posicionamento muito claro em relação à ortodontia”. “As outras franquias tinham modelos muito comuns. A Odontoclinic já mostrava um setor comercial atuando fortemente, enquanto as demais tinham um modelo muito mais reativo”, destaca Mendes. Outro ponto muito importante para o franqueado foi que a empresa oferecia opções de entrada mais atrativas e os cases de sucesso apresentados. O empresário projeta que em três anos terá um total de cinco clínicas.  

Já a história de Ney de Paula com a Odontoclinic tem mais de 20 anos de existência. O hoje franqueado começou na empresa trabalhando na área comercial, onde fez carreira até abrir sua primeira unidade, em 2011.  

“Eu sempre gostei muito da Odontoclinic e acreditei na qualidade dos serviços e dos produtos que entregávamos. Eu abri sozinho a minha primeira franquia em Itatiba, sem nenhum sócio. Foi difícil, mas hoje tenho três unidades: além da loja de Itatiba, tenho uma em Jundiaí e outra em São José dos Campos”, conta Ney de Paula.  

O empresário conta, ainda, que pretende abrir outras unidades nos próximos anos, principalmente no Vale do Paraíba. “O modelo de negócios da empresa serve para qualquer empreendedor que não seja dentista. Eu sou a prova de que qualquer investidor pode fazer sucesso nesse negócio. Eu me sinto filho da franqueadora, pois o tratamento é muito bom e eu tenho todo o suporte necessário”, diz. “Eu gosto desse modelo de gestão. Não sou dentista nem quero me tornar um, prefiro lidar com números e pessoas”, diverte-se Ney.   

Sobre a Odontoclinic  

Odontoclinic está no mercado há mais de 20 anos, sendo a primeira rede de franquias de clínicas odontológicas do Brasil. Com 200  clínicas, 2550 dentistas e presente em 16 estados, a Odontoclinic tem a missão de transformar a experiência de ir ao dentista ao oferecer serviços de alta qualidade de forma acessível, conforto e segurança. As clínicas Odontoclinic atendem as mais diferentes especialidades, como Ortodontia, Prótese, Implantes, Clareamentos e Periodontia.

Hapvida+Odonto investe em tecnologia para integrar rede de atendimento

mulher-nova-que-recebe-check-up-odontologico_1098-1512

De forma rápida e segura, operadora tem acesso integral à agenda dos dentistas para marcação de consultas; otimização da rede resulta em eficiência de custos e menor repasse aos clientes

Com o objetivo de levar um serviço de saúde completo para os seus usuários, o Hapvida apresentou ao mercado o plano Hapvida+Odonto. Hoje, dez anos após o lançamento, o sistema já é o terceiro maior plano odontológico do Brasil e tem mais de 1,6 milhão de clientes. A rede de atendimento possui aproximadamente seis mil consultórios de odontologia credenciados em todo o território nacional, e opera de forma totalmente online.

Com a plataforma do Hapvida+Odonto, os pacientes conseguem visualizar o profissional que está mais próximo de sua residência e também a agenda desse dentista. “Os clientes que acessam ao sistema conseguem de forma simples, rápida e segura verificar quais os dentistas que atendem na região central da cidade, por exemplo, e também as datas mais próximas que eles têm para realizar a consulta”, explica Jaqueline Sena, superintende do Hapvida+Odonto.

O sistema próprio de agendamento de consultas garante o fluxo de pacientes para o dentista credenciado e, consequentemente, aumenta o faturamento do profissional com o atendimento aos beneficiários do Hapvida +Odonto, fortalecendo a parceria e, principalmente, permitindo um maior controle de consultas para os clientes.

Dos planos odontológicos comercializados pela operadora, 60% são individuais e os demais 40% são planos coletivos, isto é, benefício concedido pelas empresas, organizações e entidades a seus colaboradores. Dentre os procedimentos que podem ser realizados, está o tratamento de canais, restaurações, entre outros que o paciente pode se programar com antecedência. Além disso, com o Hapvida+Odonto, o cliente pode fazer em caráter de urgência os tratamentos como curativos, controle de hemorragias, drenagem de abscessos, fraturas dentárias, reimplantes de dentes avulsionados e demais tratamentos no quais o paciente esteja com dor.

Sinergia entre as operadoras 

O Hapvida+Odonto tem o objetivo de levar os serviços de forma mais acessível para todos os clientes. Como essa assistência está totalmente inserida em uma operadora de plano de saúde, a empresa utiliza toda a sua infraestrutura e expertise para fazer atendimentos de planos odontológicos ampliando o seu alcance e abrangência em território nacional.

“Temos uma relação positiva com toda a cadeia. Toda a estrutura administrativa que já é do Hapvida na gestão do plano de saúde acaba sendo otimizada pela área de plano odontológico, o que nos permite realizar um melhor controle da rede com eficiência de custos, reduzindo o repasse ao consumidor final”, finaliza Jaqueline.

Sobre o Hapvida

Com mais de 4 milhões de clientes, o Hapvida hoje se posiciona como uma das maiores operadoras de saúde do Brasil. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente, são mais de 21 mil colaboradores diretos envolvidos na operação de 28 hospitais, 82 clínicas médicas, 19 prontos atendimentos, 88 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial (Vida&Imagem) distribuídos em 12 estados onde a operadora atua com rede própria.

Hospitais públicos poderão utilizar ferramenta de dados da rede privada de excelência para aprimorar gestão e resultados

unimed-erechim-implanta-sistema-proprio-de-gestao.jpg
-

Abertura do Sistema de Indicadores Hospitalares da Anahp a hospitais do SUS e 100% filantrópicos começa em novembro

A Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) vai permitir o uso do Sistema de Indicadores Hospitalares (SINHA) a instituições públicas e 100% filantrópicas, que passam a ter acesso à plataforma de dados utilizadas pelos maiores hospitais de excelência do País. O objetivo é promover a troca de informações e disseminar as boas práticas de gestão em todo o sistema de saúde, disponibilizando todos os recursos e funcionalidades de uma plataforma eletrônica já madura com tecnologia para medição e avaliação de resultados.

A partir de novembro, os hospitais públicos e filantrópicos de todo o País poderão cadastrar cerca de 40 indicadores assistenciais e de gestão no sistema da Anahp. A plataforma cruza informações dos hospitais cadastrados, permitindo um comparativo de resultados alcançados por cada um deles. O SINHA foi criado há 13 anos e é a base de dados mais sofisticada e completa do setor hospitalar.

"Medir e comparar indicadores é a forma mais eficiente de avaliar o que acontece no dia a dia das instituições. É assim que podemos melhorar constantemente a entrega para os pacientes, que é o objetivo de todo hospital", afirma o diretor executivo da Anahp, Marco Aurélio Ferreira. Para o diretor, garantir acesso ao SINHA a hospitais públicos significa a ampliação do diálogo e da transparência do setor. "Dessa forma, Anahp cumpre uma das suas principais missões desde que foi criada, que é melhorar a saúde do Brasil como um todo, em âmbito público e privado.

Sobre a Anahp

A Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) é uma entidade representativa dos principais hospitais privados de excelência do País. Criada em 11 de maio de 2001, durante o 1° Fórum Top Hospital, em Brasília, e fundada em setembro do mesmo ano, a Anahp surgiu para defender os interesses e necessidades do setor - bem como expandir as melhorias alcançadas pelas instituições privadas para além das fronteiras da Saúde Suplementar, favorecendo assim todos os brasileiros. Atualmente a Anahp ocupa uma função estratégica no cenário político e institucional, principalmente, no desdobramento de temas essenciais à sustentabilidade do sistema. Representante de hospitais reconhecidos pela certificação de qualidade e segurança no atendimento hospitalar, além de promover ações que transcendam os interesses das instituições associadas. A Anahp está preparada para fortalecer o relacionamento setorial e contribuir para a reflexão, ampla e irrestrita, sobre o papel da saúde privada no país.

Unimed Juiz de Fora é Top of Mind com 70% das lembranças

odontoprev-sua-boca-fala-por-voce

Com 70% das lembranças na pesquisa Top of Mind, a Unimed Juiz de Fora continua sendo a grande protagonista da saúde. Em todas 16 edições da pesquisa na cidade, foi a marca campeã e, agora com desempenho recorde de 67,5% de citações dos entrevistados e distância histórica do segundo colocado, que registrou 22,9% das lembranças. O resultado da Top of Mind foi publicado neste fim de semana em edição especial do jornal Tribuna de Minas, o maior da região.

“Esse resultado reflete a nossa história de boas práticas de mercado e comunicação. A Unimed criou um elo de credibilidade e confiança com Juiz de Fora, que a diferencia. Além da melhor experiência do cliente, ela participa ativamente da vida das pessoas e da cidade, comunica com clareza e mantém uma relação de transparência e responsabilidade com todos os públicos”, destacou o médico Glauco Araújo, diretor de Relacionamento e Mercado.

Com presença forte e permanente em iniciativas e veículos de comunicação da cidade, a Unimed Juiz de Fora é líder em vendas de planos de saúde, com 120 mil clientes, 1.500 médicos e 170 hospitais, clínicas e laboratórios credenciados. Referência entre as 345 Unimeds e, há seis anos consecutivos, entre os 50 maiores planos na lista das empresas mais bem-sucedidas do Brasil (ranking 2019 Jornal Valor Econômico, Serasa Experience e Fundação Getúlio Vargas), a cooperativa tem índice superior a 90% de satisfação do cliente e crescimento progressivo.

“Oferecemos planos e serviços exclusivos acessíveis que, associados a um conjunto de fatores como política de pós-venda, gestão de pessoas e, em especial, de recursos próprios, asseguram essa performance, mesmo nesta fase de recessão da economia nacional. O investimento em diferenciais e serviços próprios tem sido determinante para a nossa sustentabilidade econômico-financeira, hoje comparada à das grandes seguradoras. E vale ressaltar que somos o único plano de saúde cujos serviços próprios são acreditados pela Organização Nacional de Saúde (ONA), a certificadora que atesta qualidade e segurança em todas as etapas de atendimento ao cliente”, pontua Glauco Araújo.

Se até aqui os resultados garantiram tamanha vantagem sobre a concorrência, com o Hospital Unimed em franco processo de ativação no Bairro Salvaterra, a Unimed Juiz de Fora deve amplificar a sua liderança. Maior empreendimento de sua história, o Hospital Unimed Juiz de Fora será referência para mais de 300 mil clientes da Zona da Mata e Estados vizinhos e seu conceito acolhedor de atenção ao paciente já está sendo considerado modelo. “Um estudo de viabilidade estima que o hospital poderá gerar um crescimento para a operadora de até 15%. Outra vez, reflexo da qualidade dos resultados, da percepção positiva da marca e do jeito de cuidar Unimed. Ser Top of Mind é um excelente indicativo de nossa atitude de mercado”, considera o diretor da Unimed Juiz de Fora.

A entrega dos troféus Top of Mind 2019 acontece nesta terça-feira, 24, em cerimônia especial no Espaço Unique. Confira a reportagem completa sobre a posição da Unimed Juiz de Fora aqui.

Grupo Fleury alerta para cuidados com a segurança do paciente

Doctors having teleconference in hospital
24 Oct 2013, Richmond, Virginia, USA --- Doctors having teleconference in hospital --- Image by © Ariel Skelley/Blend Images/Corbis

OMS realiza campanha mundial sobre conscientização e prevenção de eventos adversos

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que o risco de morte de pacientes devido a um erro médico é de um a cada 300 mil casos. Para se ter uma ideia, as chances de morrer durante uma viagem de avião são bem menores: uma em 3 milhões. Ainda de acordo com a entidade, 134 milhões de eventos adversos ocorrem anualmente em razão da atenção insegura em hospitais localizados em países de baixa e média renda, o que contribui para 2,6 milhões de mortes. Já em países de alta renda, um a cada 10 pacientes são prejudicados pela mesma razão.

A segurança do paciente e a prevenção de danos na assistência à saúde são preocupações crescentes em países no mundo inteiro. Por essa razão, a OMS estabeleceu a data de 17 de setembro como Dia Mundial da Segurança do Paciente, decisão divulgada na 72º Assembleia Mundial, ocorrida em maio.

Com o tema “Segurança do paciente: uma prioridade de saúde global” e o mote “Fale pela segurança do paciente”, o objetivo da campanha é mobilizar pacientes, profissionais de saúde, acadêmicos, pesquisadores e o setor de saúde pela defesa da segurança do paciente. Em conformidade com as melhores práticas de prevenção de eventos adversos, o Grupo Fleury foi pioneiro ao implantar um Sistema de Gerenciamento da Segurança do Paciente em Medicina Diagnóstica, composto por protocolos que preconizam o atendimento com qualidade e segurança.

Nesse sentido, foram estabelecidos fluxos e rotinas para a notificação de eventos classificados como adversos, eventos sem dano e near miss (aquele que quase causou dano ao paciente), que podem ocorrer durante o atendimento do paciente. As ocorrências são reportadas de forma eletrônica e disponibilizadas para toda organização.

O Grupo também implantou ações em conformidade com as seis metas internacionais de Segurança do Paciente da OMS e recomendadas pela Joint Comission International (JCI) como, por exemplo, protocolos para identificar pacientes com risco de queda e com risco de alergia a medicamentos. Além disso, incorporou orientações padronizadas acerca da higiene das mãos e aprimorou o processo de identificação do paciente, o que previne erros como a troca de diagnósticos de pacientes. 

“Adaptamos metas e conceitos internacionais utilizados em hospitais para a nossa realidade ambulatorial e de atendimento na medicina diagnóstica”, explica Janaína Barrancos, gerente de processos de Enfermagem do Grupo Fleury.  

Desde 2015, o Grupo Fleury conta com o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) formado por um grupo multidisciplinar de médicos e enfermeiros. São esses profissionais que garantem assistência segura e de qualidade ao paciente, desde o agendamento até a realização de exames e a entrega de resultados. O NSP também é responsável pelos registros dos eventos que causam ou podem trazer danos aos pacientes, além de promover treinamentos periódicos com os colaboradores da instituição a fim de mitigar os riscos.

“Estamos sempre alertas para os eventos adversos que podem ocorrer dentro de uma unidade de medicina diagnóstica. Uma pessoa pode, por exemplo, ter alergia ao contraste durante uma tomografia ou estar mais suscetível à queda”, conta Janaína Barrancos. “Nosso foco é a prevenção de danos e a mitigação de riscos. Mas, caso ocorram, estamos preparados para agir rapidamente e socorrer esses clientes com qualidade e excelência”, analisa Janaína.

Além de certificações como as normas ISO 9001 e ISO 14001, o Grupo Fleury é acreditado desde 2010 pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) e tem a Proficiência em Ensaios Laboratoriais, ambas concedidas pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML). Recentemente, a organização renovou a certificação CAP, conferida pelo Colégio Americano de Patologistas.

Sobre o Grupo Fleury

Com mais de 90 anos, o Grupo Fleury é uma das mais respeitadas organizações de medicina e saúde do Brasil, reconhecido pela comunidade médica e opinião pública pela excelência técnica, médica, em atendimento e em gestão. Com mais de 9 mil colaboradores e cerca de 2 mil médicos, a empresa conta com mais de 180 unidades de atendimento das marcas Fleury Medicina e Saúde, a+ Medicina Diagnóstica, Weinmann Laboratório, Labs a+, Clínica Felippe Mattoso, Diagnoson a+, Serdil, Instituto de Radiologia de Natal e Lafe. Além de serviços de medicina diagnóstica, operações diagnósticas em hospitais e de laboratório de referência, o Grupo Fleury tem avançado fortemente em novos serviços relacionados à medicina personalizada e de precisão.

Associação Brasileira de Automação trabalha pela segurança do paciente

medicamento-9-certos-825x542

No Dia Mundial da Segurança do Paciente, a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil valoriza a rastreabilidade e a aplicação das normas no setor

O Dia Mundial da Segurança do Paciente foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alertar para a importância da assistência segura. A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil trabalha intensamente junto a profissionais de laboratórios de medicamentos, indústria, logística, distribuição, hospitais e varejo, alertando para a importância da correta identificação com padrão global dos medicamentos para o paciente sempre seja atendido da melhor forma possível.

A associação chama a atenção para uma tendência que já é realidade em mais de 50 países, a rastreabilidade de medicamentos. Ela garante a segurança do paciente. A rastreabilidade é um processo de acompanhamento do medicamento desde sua fabricação até a administração nos pacientes, que envolve padrões de identificação e sistemas de informação completamente integrados em toda a cadeia de abastecimento do setor, além das instituições de saúde. Porém, além da vontade dos integrantes dessa cadeia em investir em tecnologia e sistemas para ampliar a segurança do paciente, há a necessidade do órgão regulador aplicar as normas desenvolvidas na criação das leis.

O primeiro passo foi dado quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabeleceu como padrão de identificação das embalagens dos medicamentos os códigos de barras bidimensional (DataMatrix) para registrar nos sistemas de automação o GTIN (Número Global do Item Comercial, na sigla em inglês) de cada item da indústria.

Marcelo Oliveira Sá, executivo de negócios da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, destaca o trabalho da entidade no relacionamento com a Anvisa e com líderes do setor para promover a adoção dos padrões que ajudem as organizações a promover a rastreabilidade de seus produtos, a compartilhar dados, a ter acuracidade em seus processos e a trabalhar de forma mais eficiente, com foco na segurança do paciente e na redução de custos. O executivo citou como medidas que indicam um progresso nesse sentido a RDC 157/2017 e a RDC 232/2018 ambas determinando como padrão o código de barras padrão linear ou bidimensional para identificar medicamentos e produtos hospitalares, respectivamente.

A rastreabilidade estará garantida a partir da aplicação de métodos padronizados desde a indústria de remédios até o varejo, além aplicação da Lei 13.410/16, que criou o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM) em 28 de dezembro de 2016.

Sobre a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 58 mil associados.

Indra desenvolve ferramenta para detectar câncer de pele em farmácias

minsait

Disponível na Espanha, projeto é capaz de fornecer diagnóstico sem necessidade de consulta presencial em 80% dos casos

A Minsait, empresa global de tecnologia do grupo Indra, é a responsável por uma solução que facilita a detecção de câncer de pele em 130 farmácias na Espanha. O projeto conta com a parceria da Bidafarma e do Hospital Viamed Santa Ángela de la Cruz e é a primeira iniciativa de dermatologia que envolve também as farmácias, proporcionando a todos os estabelecimentos associados à Bidafarma a possibilidade de realizar a consulta dermatológica por meio de uma plataforma digital, para um diagnóstico mais rápido e eficaz de câncer na pele.

A ferramenta funciona da seguinte forma: o paciente responde a um questionário médico no local e o farmacêutico une esse conteúdo a uma série de fotografias tiradas por um dermatoscópio, acoplado a uma plataforma digital. Em seguida, os especialistas de dermatologia recebem o alerta da consulta por meio da plataforma e emitem, também de forma digital, uma avaliação que a farmácia imprime e entrega ao paciente. Com essa metodologia, foi possível ter um diagnóstico preciso em 80% dos casos apresentados, reduzindo consideravelmente a quantidade de consultas presenciais e agilizando o diagnóstico.

A solução é baseada na Onesait Healthcare, plataforma desenvolvida pela Minsait para atender todas as áreas do sistema de saúde e, além dos benefícios para o paciente, também traz vantagens do ponto de vista organizacional. "A criação de um sistema ágil de consultas permite aos especialistas a melhor gestão de demandas e priorização a casos urgentes de lesão, além de diminuir o tempo das filas de espera", afirma a companhia.

A iniciativa foi adotada após a obtenção de bons resultados do teste do projeto-piloto lançado em setembro de 2017, que incluiu mais de 200 consultas e permitiu aos pacientes receber um relatório médico de acordo com pelo menos dois  especialistas do serviço de dermatologia do Hospital Viamed Santa Ángela de La Cruz.

Sobre a Minsait

A Minsait, uma empresa da Indra, é a companhia líder em Consultoria de Transformação Digital e Tecnologias da Informação na Espanha e na América Latina. A Minsait apresenta um alto grau de especialização e conhecimento setorial, o que complementa sua alta capacidade de integrar o mundo core com o mundo digital, sua liderança em inovação e transformação digital e sua flexibilidade. Assim, concentra sua oferta em propostas de valor de alto impacto, baseadas em soluções end-to-end, com uma notável segmentação, que permite atingir impactos tangíveis para seus clientes em cada setor com uma abordagem transformacional. Suas capacidades e liderança são mostradas em sua oferta de produtos, denominada Onesait, e sua oferta transversal de serviços.

Indra no Brasil

Presente no Brasil desde 1996, a Indra é uma das principais companhias de tecnologia e consultoria do país. Conta com mais de 7.000 profissionais, escritórios distribuídos nos principais estados brasileiros e quatro Centros de Produção. A companhia faz parte de alguns dos projetos mais inovadores para o desenvolvimento econômico e tecnológico do Brasil nos setores de Transporte & Defesa e de Tecnologia da Informação (TI), os quais estão agrupados em sua filial Minsait.

Sobre a Indra

A Indra é uma das principais empresas globais de tecnologia e consultoria e parceira de tecnologia para as principais operações dos negócios de seus clientes em todo o mundo. É um fornecedor líder global de soluções próprias em segmentos específicos dos mercados de Transporte e Defesa. Também, é a empresa líder em Consultoria de Transformação Digital e Tecnologias da Informação na Espanha e na América Latina, através de sua subsidiária Minsait. Seu modelo de negócios é baseado em uma oferta abrangente de seus próprios produtos, com uma abordagem end-to-end, de alto valor e com um alto componente de inovação. No ano fiscal de 2018, a receita da Indra foi de 3.104 milhões de euros, conta com 43.000 colaboradores, está presente em 46 países e operações comerciais em mais de 140 países.