faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

BIOTRONIK Home Monitoring reduz mortalidades em pacientes com CDI

alta-cardio-corte
A recém-publicada meta-análise TRUECOIN mostra que o monitoramento domiciliar salva vidas, diminuindo a progressão da insuficiência cardíaca

Os resultados publicados no European Heart Journal mostram que o dispositivo BIOTRONIK Home Monitoring, após um ano de uso, reduz em 38% o risco de mortalidade, de todas as causas, em pacientes com cardioversor desfibrilador Implantável (CDI). O estudo TRUECOIN também encontrou uma redução de 36% no risco combinado de mortalidade de todas as causas e hospitalização por piora da insuficiência cardíaca.1

A doença cardiovascular é a causa número um de morte no mundo todo.2 Os cardioversores desfibriladores implantáveis (CDIs) controlam as arritmias que oferecem risco à vida, incluindo aquelas que causam parada cardíaca súbita. Alguns pacientes com CDI também têm insuficiência cardíaca, que afeta 26 milhões de pessoas no mundo todo,3 ou dois a três por cento da população adulta.

Detalhes do Estudo

O estudo TRUECOIN agrupou 2.405 pacientes dos estudos TRUST4, ECOST5 e IN-TIME6. O estudo IN-TIME mostrou redução de risco de mais de 50% na mortalidade de todas as causas em pacientes com CDI e TRC-D (terapia de ressincronização cardíaca com desfibrilador) com insuficiência cardíaca sintomática. Com base nesses resultados, a Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC) recomenda o monitoramento remoto com a abordagem IN-TIME para este grupo de pacientes em suas últimas diretrizes de insuficiência cardíaca.

A nova meta-análise prolonga o benefício na mortalidade observada para uma gama mais ampla de pacientes com CDI com insuficiência cardíaca menos severa. Além disso, TRUECOIN identificou a prevenção da exacerbação da insuficiência cardíaca como o mecanismo clínico subjacente dos benefícios observados. A transmissão automática diária e análise de um conjunto de dados de parâmetros múltiplos torna possível detectar alterações na condição da insuficiência cardíaca.

Outros estudos clínicos, como REM-HF, apresentados no ESC 2016, investigaram sistemas de monitoramento remoto e dispositivos de outros fabricantes e, não encontraram benefícios clínicos com o monitoramento remoto. Dr. Gerhard Hindricks, investigador-chefe de TRUECOIN e IN-TIME, e também presidente da Associação Europeia de Doenças Relacionadas ao Ritmo Cardíaco, explicou porque TRUECOIN e IN-TIME mostram benefícios na mortalidade, enquanto outros não.

“É importante o tipo de tecnologia que você usa,” comentou o Dr. Hindricks, do Leipzig Heart Center, Alemanha. “Os resultados de IN-TIME e TRUECOIN mostram que o BIOTRONIK Home Monitoring leva resultados clínicos melhores aos pacientes. Acredito que isto seja devido a diferenças na tecnologia dos fabricantes, nos dados coletados e no fluxo de trabalho na clínica.”

Concomitante com a publicação dos resultados de TRUECOIN, outro estudo conduzido por Varma e outros investigando a longevidade da bateria e a confiabilidade na transmissão de dispositivos de Monitoramento Domiciliar foi publicado no Europace. A análise post-hoc TRUST mostra que o Monitoramento Domiciliar conserva a longevidade da bateria apesar das transmissões diárias de dados. Os resultados endossam a recomendação Classe 1A da Sociedade de Doenças Relacionadas ao Ritmo Cardíaco (HRS) de que o monitoramento remoto seja empregado para a conservação da bateria. O estudo também mostra que as transmissões por Monitoramento Domiciliar são altamente confiáveis.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar