faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

ACSC é representante brasileira em desafio de enfermagem

ACSC_Joan_QSP

Enfermeiros da Associação Congregação de Santa Catarina vão elaborar programas de desenvolvimento da profissão como parte da campanha Nursing Now, da OMS

A Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC), instituição filantrópica com sede em São Paulo que atua em 22 unidades nos eixos da Saúde, Educação e Assistência Social pelo país, está entre as cinco instituições brasileiras que aceitaram participar da campanha Nursing Now, considerada a maior ação internacional de empoderamento dos profissionais de Enfermagem.

O programa, uma iniciativa da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Conselho Internacional de Enfermeiros (ICN), tem como objetivo formar cerca de 20 mil enfermeiros e enfermeiros obstetras com menos de 35 anos de idade para serem protagonistas da saúde por meio do Desafio Nightingale. Nele, durante todo o ano de 2020, as instituições participantes irão elaborar um programa de desenvolvimento pessoal, aprendizagem sobre liderança e sobre sua organização como um todo, e não só em aspectos clínicos. O objetivo final do desafio é melhorar o acesso da população mundial à saúde, aumentando a visibilidade do papel da Enfermagem.

Durante o processo, os participantes poderão se conectar globalmente com outros enfermeiros e participar de seminários e workshops online, além de contar com o conteúdo interno que cada instituição deve fornecer aos profissionais. No final do ano, os enfermeiros serão convidados a relatar suas experiências e compartilhar seus projetos, gerando cases de sucesso em cada país.

Cronograma de atividades da ACSC no desafio já está pronto

Para participar do Nursing Now, a ACSC selecionou 29 enfermeiros e enfermeiros obstetras espalhados por suas unidades de saúde e assistência social em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Santa Catarina. “O desafio irá desenvolver a próxima geração de enfermeiros e demonstrar a importância da profissão, que traz benefícios para o negócio e mais qualidade e segurança na assistência aos pacientes. Esperamos que este seja o primeiro de vários anos de formação de lideranças em enfermagem na ACSC”, afirma a Gerente de Práticas Assistenciais da Associação, Regiane Pereira.

Um dos selecionados para fazer parte do Desafio Nightingale, o coordenador corporativo de Qualidade e Segurança do Paciente, Joan Tomaleri, explica que as ações previstas foram construídas em parceira com a área de Gestão de Pessoas, que culminou com a elaboração de um programa interno. “A possibilidade de nos conectarmos com outros países por videoconferências vai gerar um benchmarking mundial, em que poderemos compartilhar ideias e projetos com outros jovens enfermeiros. É essencial que os profissionais sejam capacitados a desempenhar um papel maior em equipes multidisciplinares, trabalhando com todo o seu potencial para inovar, liderar e ampliar os horizontes da profissão”, conclui.