faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Posse de nova gestão do CMBA enfatiza exclusividade da prática somente por médicos

Dr. André Tsai.JPG

No último sábado, dia 23, aconteceu de forma virtual a cerimônia de posse da nova diretoria do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA). A gestão que irá atuar no triênio 2021/2023 é formada por representantes de todas as regiões do país, sendo eles dos estados de São Paulo (o presidente Dr. André Tsai, 1º secretário Dr. Luiz Sampaio, 1º tesoureiro Dr. Luciano Curuci, diretor científico Dr. Sidney Brandão e o diretor de comunicação Dr. Marcus Pai), Goiás (a vice-presidente Dra. Adriana Sabbatini e o 2º tesoureiro Dr. Adriano Hohl), Minas Gerais (2º secretário Dr. Armando Freitas), Bahia (diretora de proteção ao paciente Dra. Mara Mendes), Tocantins (diretor de defesa profissional Dr. Antônio Carlos Cirilo), Rio Grande do Sul (diretora de marketing Dra. Janete Bandeira), Rio de Janeiro (diretor de ensino Dr. Durval Mota) e Ceará (diretor cultural Dr.José Carlos Albuquerque).

Ao lado dos presidentes das Filiadas do CMBA presentes em 12 estados, Dr. André Tsai fez um discurso que reforçou a necessidade de promoção e fortalecimento da especialidade e seus profissionais no cenário nacional, principais objetivos dessa gestão.

O evento contou também com a participação de nomes importantes como o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, que além de médico, também é acupunturiatra, Dra. Irene Abramovich, presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Dr. César Eduardo Fernandes, presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Dra. Helena Maria Carneiro Leão, conselheira do Conselho Federal de Medicina (CFM), Dr. José Luiz Gomes do Amaral, presidente da Associação Paulista de Medicina (APM) e o deputado Hiran Gonçalves.

O apoio e confiança no trabalho de Tsai, que já era presidente do Colégio Médico de Acupuntura de São Paulo (CMAeSP) desde 2015, também veio de presidentes de renomadas instituições internacionais como a Associação de Medicina Tradicional Chinesa e Acupuntura de Taipei, Colégio Internacional de Auriculoterapia, Taipei City Hospital de Taiwan, Sociedade de Acupuntura Médica da Espanha, Federação Italiana das Sociedades de Acupuntura, Associação Científica de Acupuntura Médica da Grécia, Conselho Internacional de Acupuntura Médica e Técnicas Correlatas e Associação Uruguaia de Acupuntura.

No primeiro mês de gestão, nova diretoria do CMBA já trabalha ativamente em prol dos associados

Antes mesmo da cerimônia de posse, os doutores André Tsai, Adriana Sabbatini e Luiz Sampaio foram à Brasília, no último dia 21, para defender os interesses da classe, renovar o contrato com o escritório de advocacia que os representa há 25 anos e com o Assessor parlamentar, estabelecer novas metas e caminhos no Congresso Nacional e fazer valer a determinação judicial de que apenas médicos podem exercer a Acupuntura no Brasil, bem como acionar a AMB e o CFM, contra ingerência do Conselho Federal de Nutrição na liberação ilegal da Acupuntura para esta classe, além das medidas judiciais prontamente tomadas contra este Conselho.

Essa iniciativa mostra que a atual diretoria do CMBA está atuante e destemida, mesmo em um momento tão conturbado e que impõe tantas restrições como esse que estamos vivendo por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus.      

O momento é de cautela, de trabalho e, principalmente, de união de todos os associados que se fazem mais do que nunca necessários para a defesa e fortalecimento da Acupunturiatria como Ato Médico.

O Conselho Médico Brasileiro de Acupuntura foi fundado em abril de 1998 e é uma associação de âmbito nacional, sem fins lucrativos, que está presente em 12 estados brasileiros através de Filiadas na Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do sul, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo. Ela congrega os médicos da especialidade do país e suas entidades representativas para defender a categoria no terreno científico, ético, social, econômico e cultural e orientar o público sobre assuntos relacionados à especialidade.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar