faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Hospital Japonês Santa Cruz possui Centro voltado ao envelhecimento saudável

envelhecimento saudável.jpg
População idosa, que tem data especial em outubro, cresce; Centro Ikigai tem ampla atuação

No próximo mês, em 1º de outubro, será celebrado o Dia Internacional do Idoso, que tem como objetivo sensibilizar para o impacto do envelhecimento da população e para a necessidade de garantir que as pessoas possam envelhecer com dignidade e continuar a participar na sociedade como cidadãos de plenos direitos.

Esse é um público que cresce a cada dia. O Brasil, com uma estrutura demográfica mais jovem, só chegou a 7% de idosos recentemente, em 2012. No entanto, deve dobrar esse índice em 2031 e, estimativas da ONU (Organização das Nações Unidas) indicam que, nos padrões atuais, o país terá cerca de 184,5 milhões de habitantes em 2100, na entrada do século 22, sendo 73,3 milhões — 40% da população — com mais de 60 anos.

Esse cenário se dá em virtude do aumento da expectativa de vida, que no ano 1900 era de 29 anos e, segundo os últimos dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), de 2020, é de 76,8 anos. A longevidade passa pelo avanço da Medicina e dos tratamentos de saúde, mas o principal pilar para alcançá-la são os bons hábitos adotados ao longo da vida. Diante disso, o HJSC (Hospital Japonês Santa Cruz) inaugurou recentemente o Centro de Longevidade Ikigai, serviço implantado com foco no envelhecimento saudável.

O Japão é uma referência quando se fala em longevidade, com a maior média de expectativa de vida do mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e das Nações Unidas (ONU), e muitos acreditam que o segredo da longevidade está no Ikigai, conceito que aponta caminhos para descobrir as razões de viver e originário de Okinawa, um grupo de ilhas ao sul do Japão com uma população de moradores centenários bem acima da expectativa de vida média, mesmo para os padrões japoneses. “De acordo com a OMS, envelhecer de maneira saudável não se trata de ausência de doença, mas sim da preservação da capacidade funcional que garanta a independência do indivíduo”, comenta a chefe do serviço de geriatria do Hospital Japonês Santa Cruz e coordenadora do Centro de Longevidade Ikigai, Dra. Sumika Mori Lin.

O Centro de Longevidade Ikigai é composto por equipe de geriatras, com demais especialidades médicas integradas, que atendem homens e mulheres com idade a partir dos 40 anos, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

Serviços diferenciados no contexto Ikigai

No Centro de Longevidade Ikigai do Hospital Japonês Santa Cruz dois tipos de serviços são oferecidos. Um deles, chamado Longevidade, tem foco em ações voltadas à promoção do envelhecimento saudável, como boa alimentação; prática de atividades físicas; sono regular; boa socialização; autoconhecimento; entre outros pontos que envolvem a qualidade de vida. “Esse serviço é direcionado às pessoas com poucas comorbidades ou doenças, mas que já se preocupam com o envelhecimento bem-sucedido. Por essa razão, se inicia a partir dos quarenta anos”, explica a Dra. Sumika.

O outro serviço é destinado ao atendimento do idoso frágil, que receberá tratamento geriátrico tradicional, com priorização e toda a delicadeza necessárias. “É voltado ao idoso que normalmente tem intercorrências de saúde, algum tipo de efeito colateral, situações mais delicadas específicas. Dentro desse perfil, o Centro de Longevidade Ikigai proporciona acolhimento, como uma maneira de tornar mais rápido o atendimento, priorizando a saúde do paciente, bem-estar e uma experiência diferenciada dos tradicionais equipamentos de saúde”, fala a geriatra. Na prestação do serviço, todo o atendimento é facilitado, como por exemplo, resolução de receitas e exames que perderam a validade, agilizando as ações para que nenhuma dificuldade burocrática ou de protocolos traga preocupações e impactos à saúde do paciente. 

Especialidades integradas

Por estar instalado dentro do Hospital Japonês Santa Cruz, todas as especialidades do Centro de Longevidade Ikigai estão integradas, como Medicina do Sono; Audiologia; Oftalmologia; Urologia; Ortopedia; Cirurgia; entre outras.

“As especialidades têm uma interface importante, contribuindo no encaminhamento adequado do paciente para o tratamento que necessita, garantindo assim, a qualidade de vida e o envelhecimento saudável, missão do Centro de Longevidade Ikigai”, conclui Dra. Sumika.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar