faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Cardiologista Roberto Kalil lidera comissão de especialistas que irá contribuir para a transição de governo

Crédito: Reprodução / You Tube Dr. Kalil - Credito Reprodução  You Tube.png
Grupo não integra formalmente o gabinete da transição, mas deve apoiar na definição de prioridades no setor

O médico cardiologista Roberto Kalil vai comandar uma comissão de especialistas para assessorar a  transição do governo Jair Bolsonaro para o governo Lula na área de saúde. O grupo não faz parte formalmente do gabinetede transição, mas vai colaborar com a transição apoiando a definição de prioridades.

O gabinete da transição do ministério da Saúde será coordenado pelo senador Humberto Costa, e formado por José Gomes Temporão, Alexandre Padilha e Arthur Chioro, todos ex-ministros. Ao assumir o gabinete de transição, o senador declarou que será necessário buscar mais R$ 22 bilhões para o orçamento de 2023., segundo informação do G1.

A comissão de especialistas liderada por Kalil tem a seguinte composição:

Miguel Srougi – ex-profressor titular de urologia da Faculdade de Medicina da USP e da Escola Paulista de Medicina

Fábio Jatene – professor titular de cirurgia cardiovascular da Faculdade de Medicina da USP

Giovanni Guido Cerri – Professor titular de radiologia

Carlos Roberto Ribeiro de Carvalho – professor titular de pneumologia da Faculdade de Medicina da USP

Claudio Lottenberg – Presidente do conselho do Hospital Israelita Albert Einstein

José Medina – Professor titular de nefrologia da Unifesp

Drauzio Varella – Oncologista

Linamara Rizzo Battistella – Professora titular de fisiatria da Faculdade de Medicina da USP

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar