faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Hospital Municipal do M'Boi Mirim cria Comitê de Diversidade, Equidade e Inclusão

Diversidade, Equidade e Inclusão.png
Rede pública de São Paulo promove políticas públicas, ações e serviços de saúde para a população LGBTIA+ no SUS

Com o objetivo de ter, cada vez mais, novas iniciativas que garantam a pluralidade e a inclusão em seu quadro de colaboradores, além de mais equidade na assistência à saúde, o Hospital Municipal M’Boi Mirim -- Dr. Moysés Deutsch, da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (SMS), sob administração do Einstein, criou um Comitê de Diversidade, Equidade e Inclusão.

Composto por oito profissionais, o comitê será responsável por ampliar o olhar para ações voltadas à população minorizada ou vulnerável. Uma das primeiras iniciativas previstas será a criação de grupos de afinidades para debater pautas nos âmbitos de gênero, etnias, gerações, pessoa com deficiência e LGBTIA+. Além disso, outras ações devem ser implementadas nos próximos meses dentro do centro de saúde da rede pública.

“Esse momento traduz a responsabilidade de que junto com, e por meio de pessoas e da comunidade, possamos transformar e evoluir na construção de um ambiente de respeito, verdadeiramente inclusivo, capaz de promover equidade em todas as suas dimensões”, enfatiza Leonardo Rolim, diretor do hospital. Já Leonel de Ramos, responsável pela área de diversidade do Hospital Municipal M’Boi Mirim, destaca que “a diversidade e a inclusão dentro das organizações não são somente necessárias no sentido de promover igualdade, mas trazem pluralidade em diversos aspectos. Isso quer dizer, por exemplo, que um ambiente com funcionários diversos tem probabilidade maior de reunir habilidades e experiências diferentes, e ser mais propício à inovação”, afirma.

A ação vai ao encontro das políticas públicas implementadas pela Secretaria Municipal de Saúde, que contam com o Comitê Técnico de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais e Intersexo, um órgão colegiado consultivo, criado com o objetivo de promover ações de saúde para essa população, prezando pela universalidade do acesso e a equidade da oferta de serviços nos campos da atenção à saúde integral, de promoção e vigilância em saúde, da educação permanente e educação popular, e da informação e da pesquisa no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para a interlocutora de Saúde Integral da População LGBTIA+ e coordenadora do comitê da SMS, Tânia Regina Correa de Souza, a iniciativa tem uma grande importância para a área técnica, pois é um grupo formado por pessoas da gestão municipal, pela sociedade civil e por alguns parceiros institucionais. “Quando conseguimos agrupar todos esses saberes, conseguimos lidar melhor com as dificuldades e isso também ajuda na construção das políticas públicas de saúde para essa população. Entre as ações desenvolvidas pela secretaria, acredito que, até esse momento, o que temos de maior importância são as criações e elaborações dos protocolos clínicos para a população trans, que já está vigente. Outra grande conquista neste ano foi um curso criado para lidar com esses protocolos no modelo de ensino à distância (EAD), que certificou 408 profissionais de saúde com uma avaliação muito boa”, explica.

Foco ASG na rede privada e nas unidades públicas

A atuação do Comitê de Diversidade, Equidade e Inclusão do Hospital M’Boi Mirim espelha a mesma formatação do projeto interno do Einstein, organização que administra a unidade municipal. “O Programa de Diversidade, Equidade e Inclusão do Einstein foi lançado em 2019 e, de lá para cá, nosso compromisso é ampliar cada vez mais as iniciativas neste âmbito, fundamentais para atuarmos no pilar ‘S’ da nossa ótica ASG”, comenta Miriam Branco, diretora-executiva de Recursos Humanos do Einstein.

A organização acompanha seus indicadores e informações com análise de perfil e trajetória de seus colaboradores, evidenciando os recortes e dados raciais, de gênero, de pessoas com deficiência, orientação sexual, identidade de gênero e geracionais. Também tem avançado na promoção da inclusão não somente no seu quadro de colaboradores, mas no mercado de trabalho em geral, inclusive por meio de capacitações ministradas para grupos minorizados.

Segundo a diretora, a criação do comitê na unidade do M’Boi Mirim representa mais um avanço em medidas e planos de ação para garantir a pluralidade em todos os espaços nos quais o Einstein está presente.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar