faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

O que o consumidor pensa sobre a saúde digital é tema de painel do Omnia Health Live Americas

veja-como-a-automacao-por-meio-do-omnichannel-pode-melhorar-o-atendimento-aos-seus-clientes

Pesquisa realizada pela Accenture aponta estagnação e concentração do uso da telessaúde entre os mais ricos

O primeiro dia de Omnia Health Live Americas trouxe para debater muitos assuntos, em especial sobre o uso da tecnologia como aliadas para melhorar o atendimento ao paciente, bem como auxiliar médicos e instituições na prestação de seus serviços. A palestra do diretor de Global Health Practice da Accenture, Kaveh Safavi, baseou-se em dados de uma pesquisa realizada pela empresa que apontou estagnação do uso de plataformas digitais de saúde pelos consumidores.

“O estudo foi feito nos Estados Unidos, no fim de 2019, mas traz lições úteis para todos os países, guardadas as particularidades culturais de cada um”, explicou o executivo.

De acordo com Safavi, a telessaúde estava em trajetória de crescimento, mas demonstrou estagnação antes mesmo da COVID-19. Três aspectos teriam influenciado esse comportamento:

1. Má experiência do paciente com a saúde digital: ele não volta a usar a tecnologia;

2. Falta de confiança com o uso de seus dados;

3. Falta de recomendação do médico: o profissional precisa reconhecer a utilidade da plataforma virtual e transmitir confiança ao paciente.

Apesar da aceleração tecnológica provocada pela COVID-19, os aprendizados da pandemia devem ser analisados e utilizados para que as empresas aperfeiçoem seus serviços.

Outra questão que surgiu na pesquisa da Accenture foi a concentração da tecnologia entre os mais ricos. “É usada pelos 20% por quem tem maior renda familiar”, revelou o palestrante. “Para que todos usufruam dos benefícios da telessaúde, também devem ser lavados em conta o aspecto financeiro e a infraestrutura necessária para acessar os serviços.”

O executivo finalizou sua apresentação com a consideração de que, quando se fala em telessaúde não significa uma transição de um mundo presencial para o virtual, mas um cenário misto, com a tecnologia como apoio ao atendimento de pacientes.

Conhecimento e networking

O OHLA – Omnia Health Live Americas acontece de 2 a 6 de novembro de 2020, em formato 100% digital. É a maior exposição virtual para o Brasil e Américas, realizado pela Hospitalar, em parceria com os eventos FIME e Expo Med, dos Estados Unidos e México respectivamente.

Você pode ter acesso aos conteúdos ao vivo e on demand, além de encontrar fornecedores atuais e novos, ampliar seu networking e conhecer novos produtos e serviços de mais de 700 empresas nacionais e internacionais. Inscreva-se gratuitamente por aqui.