faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

CNS entrega proposta de mudanças na Saúde ao Senado

cns-entrega-proposta-de-mudancas-na-saude-ao-senado.jpg
Renan Calheiros recebe de membros agenda prepositiva de membros do CNS - Agência Senado
Agenda inclui sugestões para o fortalecimento e financiamento do SUS, e aproveita eleições para fomentar discussão sobre o setor

O presidente do Senado, Renan Calheiros, recebeu na quarta-feira (6) propostas para o debate sobre a reforma sanitária e o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS). O documento (que pode ser lido em pdf aqui) foi apresentado por representantes do Conselho Nacional de Saúde (CNS). 

A Agenda Propositiva do Conselho Nacional de Saúde defende o fortalecimento do SUS e apresenta sugestões para a discussão, durante a campanha eleitoral de 2014, de formas de melhorar a qualidade da saúde no país.

Uma das principais propostas é que 10% da receita bruta da União seja destinada ao setor. Os conselheiros propõem também o fim da Desvinculação das Receitas da União (DRU) para o orçamento da seguridade social, mecanismo que permite cortes de despesas no setor, e mudanças na formação de profissionais de saúde. Além disso, preconizam a implantação de orçamentos participativos em todas as esferas do sistema.

Constam do documento 25 propostas, divididas em “Garantia do direito à saúde”, “Valorização do trabalho e educação na saúde” e "Fortalecimento da participação social”.

O presidente do Senado disse que a participação da sociedade no debate sobre a legislação da saúde é essencial para melhoria dos serviços do setor e o fortalecimento da própria democracia.

Participaram do encontro o presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva, Luis Eugenio Portela Fernandes; os senadores Humberto Costa (PT-PE) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM); e o deputado Darcisio Perondi (PMDB-RS).

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar