faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Medicina diagnóstica cresce no Norte e no Nordeste

medicina diagnóstica.jpg

Um dos setores da saúde que adquiriu protagonismo na pandemia do coronavírus é o de Medicina Diagnóstica. A sua agilidade em adotar novas tecnologias, ferramentas e processos foi fundamental no combate à covid-19.

A excelência em medicina diagnóstica quase sempre era relacionada aos grandes centros, Rio de Janeiro e São Paulo. A pandemia ressaltou o trabalho desenvolvido nas demais regiões do país. Mas, há tempos, o alto volume de demandas e o aprimoramento dos laboratórios além do Sudeste despertam atenção.

Dados do Cadastro Nacional dos Estabelecimento de Saúde no Brasil (CNES) expostos no Painel Abramed 2019, estudo produzido pela Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica, mostraram que o número de unidades de Serviço de Apoio à Diagnose e Terapia (SADT) cresceu 66,6% nos últimos dez anos. As regiões Norte e Nordeste demonstraram um crescimento ainda maior, com aumento na quantidade de estabelecimentos de 91% no Norte e 68,5% no Nordeste do país no mesmo período.

Esse crescimento também fica evidenciado no grande número de fusões e aquisições recentes que grandes empresas da medicina diagnóstica realizaram para ampliar os seus serviços fora do eixo Rio – São Paulo.

A Hermes Pardini, de Belo Horizonte, Minas Gerais, divulgou a maior aquisição de sua história em junho de 2021, quando adquiriu a rede de laboratórios Paulo Azevedo, referência na região Norte, por 127 milhões de reais. A operação possibilitará a instalação imediata de um novo Núcleo Técnico Avançado (NTA) para a realização de exames vindos de centenas de laboratórios parceiros da região com maior agilidade, a fim de fortalecer a atuação na região Norte do país.

Grandes players como Dasa e Fleury também buscam aumentar a sua participação nos mercados do Norte e do Nordeste.

A Dasa anunciou, no início do mês de julho de 2021, a compra das controladoras da GEM Assistência Médica por cerca de 750 milhões de reais. A GEM Assistência Médica é uma das maiores do Nordeste e é referência em serviços de oncologia nos estados da Bahia, de Sergipe e do Rio Grande do Norte, com oferta de exames, além de consultas médicas, cirurgias e tratamentos como quimioterapia.

Em 2019, o Grupo Fleury adquiriu a Diagmax de Recife, Pernambuco, uma das maiores referências nordestinas em exames de imagem, com reputação consolidada entre clientes e comunidade médica.

O segmento de Medicina Diagnóstica, que movimenta cerca de 43 bilhões de reais por ano, é  tema 6º Episódio do Podcast Saúde Business.  Wilson Shcolnik, Presidente do Conselho Administrativo da ABRAMED,  Carlos Eduardo Gouvêa, Presidente executivo da Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL) e Carlos Eduardo dos Santos Ferreira, Presidente da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial (SBPC/ML) e membro da Sociedade Portuguesa de Patologia Clínica (SPPC) discutiram as Oportunidades na ampliação de acesso para a medicina diagnóstica em uma sociedade híbrida.

Ouça aqui o episódio, ou pelo site da Hospitalar, do portal SaudeBusiness.com, do Spotify ou do Google Podcasts.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar