faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Os três melhores serviços de saúde online no Brasil

ans-divulga-notas-de-operadoras-de-planos-de-saude.jpg

Doctoralia e Vittude concorrem com o Ministério da Saúde pelo prêmio de melhor serviço de saúde no Brasil

Doctoralia, Ministério da Saúde e Vittude são os três melhores Serviços de Saúde do Brasil, segundo o voto popular do Prêmio iBest 2020. Além da votação aberta aos brasileiros, um time de especialistas e personalidades também escolherá seu campeão na categoria. Os finalistas, segundo a escolha técnica da Academia iBest, são Doctoralia, Gympass e Dr. Consulta.

Na votação popular, há uma disputa de polos diferentes. De um lado, o Ministério da Saúde, fonte de informação oficial do governo brasileiro, e do outro dois novos players nascidos na internet com propostas disruptivas: o Doctoralia, de agendamento remoto de consultas, e o Vittude, de atendimento psicológico online. Na Academia, aparecem o Dr. Consulta, plataforma para marcação de exames e consultas, e o Gympass, startup brasileira de diárias em academias que ganhou investimentos e alcance global

Top 3 Prêmio Popular

Doctoralia

Ministério da Saúde

Vittude

Top 3 Prêmio da Academia iBest

Doctoralia

Gympass

Dr Consulta

Os finalistas receberão o selo iBest, um troféu e certificação digital que mostra ao mercado e aos consumidores que a iniciativa se destaca por ter sido escolhida em votação aberta ou a especializada. E somente os campeões poderão ostentar o título de melhor do Brasil, objeto da disputa atual entre os Top 3.

"O iBest existe para apontar o que há de mais importante e melhor para os brasileiros em todo o Universo Digital", afirma Marcos Wettreich, empreendedor e fundador do prêmio, "e as iniciativas que forem vencedoras poderão se utilizar por um ano desta certificação de excelência, outorgada pelos próprios brasileiros".

Vale lembrar que, diferentemente de outras premiações, o iBest tem sua seleção baseada em algoritmos, tem mecanismos para aferição e confirmação de cada voto, e que somente aceita um voto por votante em cada categoria, o que reforça o caráter qualitativo do Prêmio iBest.

Agora inicia-se a fase final da votação para a escolha da vencedora, no site até o dia 2 de dezembro.

História

Criado pelo empreendedor e entusiasta do mundo digital, Marcos Wettreich, o iBest nasceu com a missão de estimular e reconhecer os melhores e mais influentes projetos da então nascente web brasileira. Entre 1996 e 2008, o prêmio foi a bússola para o reconhecimento das melhores iniciativas pioneiras na internet. Com milhões de votantes, foi considerado a maior premiação do gênero em todo o mundo e impulsionou os primeiros empreendimentos nacionais, revelando as empresas que se tornaram líderes na década inicial da internet no Brasil.

O Prêmio iBest foi desenvolvido pela Mantel Marketing, empresa de Marcos Wettreich. O iBest passou a ser uma empresa independente em 1999, quando GP Investimentos tornou-se sócio. Em 2001, a Brasil Telecom ingressou como acionista da empresa, tendo assumido a totalidade do controle em 2003. Em 2020, após reaver a marca, Wettreich criou a iBest Global, nova empresa que tem a missão inicial de desenvolver o novo iBest.

Na edição de 2020, o prêmio contempla 50 categorias de votação aberta, entre elas, estão Bancos Digitais, Fintechs, Super Apps, Moda, Cinema e Cultura, Games, Humor, Música e Personalidades.

O processo de definição das iniciativas finalistas utilizou um algoritmo matemático proprietário do iBest para a mensuração da importância destas, considerando todo o universo digital e levando-se em conta métricas como alcance, engajamento e relevância dos sites, apps e redes sociais (Instagram, Facebook, Youtube e Twitter) de cada iniciativa.