faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Sem PIS/Cofins, preço de medicamentos deve cair 12%

sem-piscofins-preco-de-medicamentos-deve-cair-12.jpg
- Wikimedia
Governo Federal ampliou o rol de produtos com isenção com mais 174 substâncias. Segundo ministério, 75% dos remédios não pagam tributo

Medicamentos que passaram a ter isenção de PIS/Cofins ficaram mais baratos nas farmácias a partir de segunda-feira (21). Segundo o governo federal, a lista de 174 substâncias que receberam o benefício fiscal devem sofrer queda média de preços de 12%, considerando o preço final dos produtos no varejo.

A medida busca reduzir o custo de medicamentos utilizados para o tratamento de artrite reumatoide, câncer de mama, leucemia, hepatite C, doença de Gaucher e HIV, entre outras doenças. Segundo o Ministério da Saúde, a “lista positiva”, com a inclusão dos novos produtos, soma mais de mil itens com sistema especial de tributação, ou 75,4% dos medicamentos comercializados no País – ou quase a totalidade dos remédios de tarja vermelha e preta.

As substâncias beneficiadas são escolhidos pelo Ministério da Saúde e pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), e consideram as patologias crônicas e degenerativas; os programas de saúde do governo instituídos por meio de políticas públicas e a essencialidade dos medicamentos para a população.

* com informações da Agência Saúde

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar