faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Big Data está nos planos de 73% das empresas nos próximos dois anos

big-data-esta-nos-planos-de-73-das-empresas-nos-proximos-dois-anos.jpg
- Shutterstock
As mudanças mais significativas envolvem a melhoria na experiência do cliente e a Saúde está entre os setores beneficiados

O Big Data é parte importante do processo de inovação das empresas, que estão aderindo cada vez mais à tendência. Segundo o estudo realizado pelo Gartner com empresas brasileiras e da América Latina para avaliar tendências no uso da tecnologia, foi constatado que 73% das empresas entrevistadas já investem ou pretendem investir em análise de dados estruturados e não estruturados nos próximos dois anos, número 9% superior ao registrado em 2013.

Outro ponto que ressalta a mudança na visão dos executivos é a queda no número de empresas que declaram não ter planos envolvendo Big Data. Em 2013, 31% dos entrevistados não tinham interesse em adotar práticas que englobassem a tecnologia. Já em 2014, esse número caiu para 24%.

Segundo o diretor de pesquisas do Gartner, Nick Heudecker, a América do Norte ainda lidera os investimentos em Big Data, representando cerca de 47% dos trabalhos com a tecnologia, número 9% superior ao verificado em 2013. Segundo o executivo, as demais regiões também apresentaram elevação em relação ao ano anterior, além começarem a aplicar, de maneira mais eficaz, os seus investimentos em tecnologia.

Porém, esse investimento maior não leva a um aumento associado em empresas que reportaram a implementação de projetos de Big Data. Como em 2013, a maior parte do trabalho atual gira em torno de uma estratégia de desenvolvimento e criação de projetos piloto e experimentais.

Heudecker ressalta que o ano de 2013 foi mais de experimentação e adoção precoce do Big Data. O executivo explica que, no ano passado, apenas 8% das empresas implementaram projetos usando a tecnologia para produção. Em 2014, o número subiu para 13%, o que já é considerado um aumento considerável pelo executivo. Além deste indicador, a alta de 7% na adoção de experimentos e projetos pilotos comprovam que as empresas estão evoluindo seu entendimento e disposição em explorar oportunidades na área.

Segundo a diretora de pesquisas do Gartner, Lisa Kart, o Big Data pode ajudar a resolver inúmeros problemas de negócio em diferentes indústrias, e, pelo terceiro ano consecutivo, a melhoria da experiência dos clientes e a eficiência dos processos são os principais pontos de interesse das companhias.

A executiva salienta que as mudanças mais significativas envolvem justamente a melhoria na experiência do cliente, especialmente em transporte, saúde, seguros, mídia e comunicação, varejo e bancos. Outra área na qual houve aumento é o uso do Big Data para desenvolver produtos de informação, em que as empresas procuram monetarizar seus dados.

O estudo ainda aponta investimentos e investimentos planejados em todas as indústrias verticais, sendo comunicação e mídia o principal segmento a apostar no Big Data, com 53% das empresas entrevistadas já desenvolvendo projetos em torno da tecnologia, enquanto outras 33% planejam investir.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar