faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Hospitais em SP criam centro para combater males da quimio ao coração

hospitais-em-sp-criam-centro-para-combater-males-da-quimio-ao-coracao.jpg
- Shutterstock
Em São Paulo, centros atuarão no tratamento humanizado e produzirão estudos sobre os efeitos cardiotóxicos da quimio ao coração

Para diminuir e colaborar com formas para amenizar os danos da quimioterapia ao coração, o Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo) e o Incor (Instituto do Coração da USP) fizeram uma parceira para promover um tratamento que combata o câncer mas que poupe ao máximo o coração e criaram o centro de cardio-oncologia. A parceria envolve o trabalho de profissionais da oncologia e da cardiologia e terá a coordenação do Sírio-Libanês


A atuação, além de ajudar no tratamento mais humanizado, também tem como propósito entender os efeitos cardiotóxicos dos medicamentos nos pacientes. Alguns deles aumentam os riscos de insuficiência cardíaca em até 25%.

A parceria também gerará estudos. Um deles avaliará o impacto de diferentes tratamentos para câncer de próstata no coração. Outros em produção vão determinar as melhores drogas para prevenção cardíaca em pacientes com câncer de mama e como a atividade física durante o tratamento pode ser benéfica. 

Leia mais: 
O centro ainda vai oferecer especialização para profissionais da saúde nessa área. Além de ser um bom suporte para pacientes, também servirá como centro de prevenção e tratamento precoce das doenças cardiovasculares. Segundo o diretor do centro de cardiologia do Sírio-Libanês, a ideia é criar o primeiro registro nacional de efeitos colaterais da quimio para o coração. 

*Com informações da Folha de S.Paulo

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar