faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

A importância da resiliência e da confiabilidade na rede elétrica

camilo-jimenez-vGu08RYjO-s-unsplash (1).jpg

Durante o tempo em que fica internado no hospital, um paciente é conectado a diferentes tipos de dispositivos eletrônicos, seja para monitoramento, seja para diagnóstico ou para mantê-lo vivo. Agora, imagine o que aconteceria se a energia falhasse no meio de uma cirurgia ou quando uma pessoa está na UTI ligada a um desses equipamentos de apoio à vida. Basta olhar para o contexto atual, com uma crise sanitária como a da pandemia da Covid-19. Ter falhas com a rede elétrica pode significar o mau funcionamento de ventiladores pulmonares, vitais para pacientes em estado crítico, o que agrava o cenário.

Infelizmente, defeitos na rede elétrica são mais comuns do que gostaríamos. E, além do valor incalculável das vidas expostas ao risco, há também os custos financeiros relacionados a essas interrupções. A Schneider Electric estima que este tipo de problemas cause um prejuízo de avaliado em 188 bilhões de dólares por ano nos EUA e 150 bilhões de euros na Europa.

É possível prevenir incêndios?

Incêndios são, na maioria das vezes, causados por problemas com a eletricidade. Diversos equipamentos complexos ligados ao mesmo tempo, muitos operando precariamente, podem sobrecarregar a rede. A constante necessidade de obras para a incorporação de novas máquinas é outro fator que facilita este tipo de acidente. A falta de manutenção e/ou a manutenção inadequada, bem como a ausência de monitoramento, também representam uma ameaça, já que podem gerar transtornos como interrupção de energia e choques elétricos.

Além disso, uma energia de má qualidade compromete a eficiência de equipamentos de exames, por exemplo, e pode, inclusive, danificar máquinas caríssimas, gerando um prejuízo desnecessário para a instituição. Estes e outros problemas são agravados por um fator: em um ambiente hospitalar, a energia não pode ser desligada sob nenhuma condição.

A mentalidade do hospital resiliente

Ter um hospital resiliente significa que suas operações são contínuas. Para tanto, é preciso que a estrutura que está por detrás dele trabalhe com o conceito de prevenção, seja proativa, garantindo a preservação de recursos. Por isso, pensar em resiliência energética, baseada na tecnologia IoT (Internet das Coisas), é fundamental. Como isso funciona? Diferentes sistemas, como os de HVAC (aquecimento, ventilação e ar-condicionado), iluminação e segurança, por exemplo, operam de forma interligada, enviando dados em tempo real para um software de monitoramento. Tudo isso é feito com ferramentas digitais, que possibilitam uma gestão remota.

Por meio de um controle holístico, feito em tempo real com a IoT, é possível detectar os menores sinais de problemas antes mesmo que eles aconteçam, e agir com rapidez, garantindo a continuidade das operações e a segurança de todos. A resiliência hospitalar deve incluir, ainda, a correta operação de uso de geradores e UPS.

As vantagens de investir na digitalização da distribuição de energia são muitas. Além da garantia de ininterrupção da rede elétrica, há ganho em agilidade, confiança, segurança e eficiência. Equipes que trabalham no hospital podem focar apenas no cuidado ao paciente, em vez de se preocuparem com a infraestrutura do edifício. Isso gera um grande impacto na qualidade do serviço. Sem falar na significativa redução de custos, ao minimizar desperdícios que são detectados e corrigidos.

A digitalização de rede elétrica hospitalar

No “novo normal”, é fundamental caminhar em direção à era da digitalização da infraestrutura elétrica nos hospitais. Soluções estão sendo criadas ou aperfeiçoadas para assegurar a resiliência e a confiabilidade da energia elétrica e elas, cada vez mais, vêm se tornando um diferencial competitivo que pode salvar vidas.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar