faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Consulta Remédios compra startup Receita Digital e avança em seu ecossistema de saúde

consulta remedios e receita digital.jpg
Startup passa a compor o grupo do maior marketplace de saúde e beleza do Brasil.

Para tornar a rotina do paciente mais ágil e integrada, a Consulta Remédios, primeiro e maior marketplace de saúde e cuidado pessoal do Brasil - e a plataforma mais utilizada por profissionais de saúde -, fechou a aquisição da Receita Digital. A terceira maior plataforma de prescrição digital de receitas do Brasil passa a compor o grupo da Consulta Remédios, que dá mais um passo para proporcionar uma experiência completa para pacientes, médicos e dentistas, a partir de um ecossistema de saúde. 

Com a regulamentação das prescrições médicas digitais pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 2020, o objetivo da plataforma para 2022 é dobrar o número de prescrições - que cresceu 870% em volume de emissões em 2021 - e aumentar a base de usuários, que  hoje conta com aproximadamente 71 mil cadastros. 

A Consulta Remédios é uma das principais health techs do Brasil, conectando drogarias e farmácias a usuários e possibilitando a busca por informações, comparação de preços e economia ao comprar produtos de saúde. Com a aquisição, o objetivo é que todos os clientes que receberem uma receita médica na Receita Digital tenham a possibilidade de economizar tempo e dinheiro. O paciente pode comprar medicamentos com a receita digital também em farmácias que não fazem parte do marketplace.

O paciente tem acesso a uma área que concentra todo seu histórico médico, com a centralização de suas prescrições de exames e medicamentos, além de atestados médicos. É um espaço com login e senha para que o usuário possa fazer a gestão dos seus documentos. Hoje a maior dificuldade de todos os pacientes é ter tudo consolidado em um só lugar.

"A digitalização do varejo farmacêutico passou por uma transformação cultural nos últimos 2 anos, com o advento da pandemia. A aquisição da Receita Digital permite acelerar ainda mais a conexão entre médicos, pacientes e as farmácias, independentemente do canal de venda”, afirma Paulo Vion, CEO da Consulta Remédios.

A plataforma da Receita Digital foi desenvolvida para atender não apenas médicos, mas também dentistas e nutricionistas, por exemplo, que podem utilizar a Receita Digital para prescrever medicamentos, suplementos e itens de cuidado pessoal e saúde, além de outros documentos necessários ao atendimento, como pedidos de exames, atestados, laudos e recibos.

Sem papel e sem burocracia                                                                         

"A integração das receitas digitais disponíveis na Receita Digital a Consulta Remédios, que conta com milhares de drogarias e farmácias, agilizará a experiência do paciente. Até pouco tempo atrás tudo dependia de papel, compreensão da caligrafia e idas às farmácias físicas. A partir de agora o paciente pode sair da consulta com o medicamento comprado e receber antes mesmo de chegar em casa, além de comparar o melhor valor daquele medicamento sem visitar várias farmácias. Os consumidores não querem apenas comprar o medicamento, mas esperam também uma ótima experiência", diz Paulo.

O marketplace, que desde o lançamento  sempre teve como objetivo trazer informações a médicos e ajudar o paciente e farmácia com a descrição detalhada de bulas e conteúdos de saúde e bem-estar. A cada mês recebe o acesso de mais de 30  milhões de usuários únicos e pretende desburocratizar o processo de compra dos medicamentos, assim como o tratamento dos pacientes, além de incentivar o tratamento preventivo de saúde. A ideia é que fiquem no passado questões como deslocamentos para renovar receitas ou atualizar o tratamento, dificuldade em entender a grafia manuscrita, guardar um monte de papéis a cada ida ao consultório, à farmácia ou a médicos, em viagem.

Receitas, atestados e exames disponíveis no mesmo site

A Receita Digital nasceu, em 2017, das dificuldades reais vividas por uma das sócias, que fazia uso de medicamento contínuo e enfrentava a burocracia da gestão de tratamentos que podem levar anos. "Tive a ideia de criar a Receita Digital durante uma maratona de inovação chamada Startup Weekend. No evento me perguntei como seria se existisse uma plataforma única que integrasse as necessidades dos pacientes aos seus médicos com as farmácias. Foi aí que resolvi mergulhar de cabeça no mundo do empreendedorismo e inovação no segmento de saúde digital. Estudei o mercado, busquei conhecimento no Founder Institute e comecei a colocar o plano em ação", conta a fundadora da Receita Digital, Ihvi Aidukaitis.

A plataforma foi planejada para permitir que os pacientes encontrem todos os documentos em um mesmo lugar. Por isso, além de ter um perfil de acesso pessoal, o paciente pode acessar de forma ilimitada todas as receitas cadastradas para seu CPF e dos seus dependentes.  Outro ponto que torna a experiência do paciente mais ágil e completa é que profissionais de saúde podem prescrever e assinar receitas, atestados, pedidos de exames e outros tipos de documentos de saúde usando qualquer dispositivo, com a segurança das assinaturas eletrônicas via certificado digital ICP- Brasil.

Ihvi diz que integrar a compra de medicamentos online na plataforma da Receita Digital era algo que já estava no radar. “Este era um dos serviços que estava no nosso planejamento. A possibilidade de oferecê-lo de imediato e contar com o know how da Consulta Remédios significa uma economia de tempo e investimento. Além disso, optamos pela Consulta Remédios por ser o maior marketplace do Brasil e um dos poucos com abrangência nacional e capacidade de atender todos os nossos pacientes. Essas foram algumas das razões que nos fizeram considerar a venda da plataforma para a Consulta Remédios.” 

Luciana Alves, uma das sócias da Receita Digital, fala sobre o futuro da startup a partir da negociação. “A Receita Digital já vinha se destacando no mercado. Agora fazendo parte de um grande grupo de saúde digital, trabalharemos para que a plataforma seja conhecida pela mais completa jornada de seus usuários, mantendo o paciente no centro do cuidado, como sempre foi nossa vocação.” 

Ecossistema de saúde

O CEO da Consulta Remédios diz que a expectativa é que a unidade de negócios cresça exponencialmente, formando um sistema integrado de saúde que ajude o paciente no tratamento preventivo de doenças, além de reunir todo seu histórico médico e odontológico num só lugar. Isso facilitará o atendimento médico e dentário, proporcionando uma ferramenta que ajuda a otimizar o tempo durante as consultas presenciais e teleconsultas. Ao mesmo tempo as farmácias passam a ter um sistema repositório e de retenção de receitas, melhorando sua gestão, hoje é uma das maiores dificuldades encontradas nestes locais.

“A aquisição de uma plataforma que acaba com a burocracia no tratamento dos pacientes - e reduz o tempo e o estresse na jornada desde a consulta até a saída da farmácia - era algo que já estava no radar da Consulta Remédios desde 2020. Foi quando tivemos os primeiros contatos com a Receita Digital”, conta Paulo Vion. 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar