faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Health tech focada em cirurgia robótica minimamente invasiva chega ao Brasil

cirurgia minimamente invasiva.png
Mercado estrategicamente importante para a CMR, com crescimento significativo em procedimentos cirúrgicos robóticos

A CMR Surgical (CMR) - uma empresa global de cirurgia robótica - anunciou que recebeu a aprovação regulatória do Sistema Robótico Cirúrgico Versius ® junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, estabelecendo o caminho para sua comercialização no crescente mercado brasileiro de cirurgia robótica.

O Brasil é um mercado estrategicamente importante para a CMR, país onde as cirurgias com assistência robótica são consideradas uma inovação essencial para a prática cirúrgica. Com um crescimento significativo nos procedimentos robóticos cirúrgicos no Brasil, existe um forte potencial para que a CMR exerça um papel central para moldar ainda mais a prática cirúrgica nos próximos anos, com o Versius oferecendo uma opção nova e versátil para hospitais e favorecendo resultados excelentes para os pacientes.

Com a aprovação, a CMR se posiciona para expandir ainda mais sua presença global, oferecendo uma tecnologia robótica cirúrgica inovadora no Brasil e ainda mais amplamente na América Latina, onde outros países costumam ser influenciados pelos desenvolvimentos regulatórios que ocorrem no Brasil. O Versius já é utilizado como uma ferramenta valiosa em hospitais de todo o mundo na Europa, Austrália, Índia e Oriente Médio.

Per Vegard Nerseth, CEO da CMR, comentou: "Esta aprovação regulatória possibilitou o avanço dos preparativos para um rápido lançamento do Versius no Brasil, levando nossa tecnologia de última geração que pode proporcionar imensos benefícios a cirurgiões e pacientes. O Versius pode ajudar a expandir o acesso à cirurgia robótica e oferecer uma opção acessível para hospitais, contribuindo com economias significativas para o sistema de saúde do Brasil. Conquistas importantes em países como o Brasil nos possibilitam continuar com um ótimo impulso global para o Versius, representando outro marco importante em nosso trabalho para que ainda mais pessoas de todo o mundo possam ter acesso à cirurgia minimamente invasiva".

Dr. Carlos Eduardo Domene, Diretor de Robótica do Grupo Hospitalar Rede D’Or, São Paulo, comentou: "O Brasil é um país altamente aberto à inovação em serviços de saúde. Ao observarmos a evolução dos sistemas tecnológicos para a execução manual de procedimentos exigentes e complexos como a cirurgia robótica, podemos ver os benefícios substanciais para os pacientes e os cirurgiões. É ótimo ver a Anvisa reconhecendo a tecnologia avançada que aumentará o acesso para mais pacientes que aguardam cirurgias e, o que é mais importante, lidará com as barreiras para que os cirurgiões realizem procedimentos manuais fisicamente exigentes nas cirurgias".

"O Versius já é usado no mundo todo por cirurgiões em diferentes especialidades cirúrgicas e estamos prevendo uma forte demanda para o Versius no Brasil. O design modular e pequeno torna o Versius altamente versátil e projetado para uma alta utilização nas salas de cirurgia. Também estão disponíveis opções financeiras flexíveis para atender aos hospitais que desejam usar o Versius como parte de soluções de cuidados de saúde baseadas em valores, oferecendo aos hospitais o acesso a um portfólio completo da mais recente e avançada tecnologia de cirurgia com assistência robótica", explica Marcio C. Coelho, Diretor de Operações na América Latina da CMR Surgical. "Estamos ansiosos para trabalhar em colaboração com nossos parceiros para trazer a tecnologia robótica cirúrgica transformadora para mais pacientes na América Latina".

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar