faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Plataforma de Telemedicina da ProDoctor cresce 300% no último mês

telemedico.jpg

O ProDoctor Telemedicina, lançado em abril deste ano, apresentou um salto no número de teleconsultas realizadas pela plataforma. O número expressivo é resultado da combinação de uma aceitação crescente da modalidade de teleconsulta no país, uma demanda consistente impulsionada pela pandemia e os esforços da empresa em apresentar uma solução diferenciada, que inclui mais segurança e facilidade de uso.

A Telemedicina ganhou notoriedade com a Covid-19, sendo autorizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e Ministério da Saúde em caráter excepcional. O objetivo primordial neste momento é facilitar o atendimento médico à distância e reduzir a possibilidade de disseminação de doenças transmissíveis, entre elas o Covid-19. mas os objetivos vão além. 

O objetivo da telemedicina antes da pandemia era encontrar uma forma de conectar médicos e pacientes localizados em lugares remotos. Isso mudou e hoje, as funcionalidades vão muito além da comunicação à distância, envolvendo prontuário, prescrição, exames e consultas. O teleatendimento não apenas reduz o risco de exposição ao vírus, mas fora desse contexto de pandemia também faz muito sentido, já que exclui variáveis como sala de espera, agenda lotada, atrasos e custos variáveis com o consultório físico. 

As empresas de tecnologia trabalham para democratizar o acesso às soluções de telemedicina, tornando-as cada vez mais acessíveis e fáceis de usar. “Todo avanço tecnológico só vale quando por trás dessa interface, existe uma preocupação em desenvolver soluções seguras, éticas e simples de usar”, completa o Diretor da ProDoctor. Neste sentido, o ProDoctor Telemedicina garante a segurança dos dados dos médicos e pacientes em uma solução unificada; permite que o paciente acesse à teleconsulta somente através de um link, sem necessidade de instalar qualquer aplicativo; oferece uma experiência bem próxima a uma consulta presencial; e, por fim, recentemente reduziu em 25% o custo da teleconsulta, ficando ainda mais competitivo. “Em um país onde ainda há muito desconhecimento e resistência à adoção de novas tecnologias, estes são diferenciais relevantes”, completa Jomar.

Segundo pesquisa realizada pela Associação Paulista de Medicina, 90% dos médicos acreditam que as novas tecnologias digitais, que possuam alto padrão de segurança e ética, podem ajudar a melhorar a assistência em saúde à população. Não à toa, espera-se que o mercado de telessaúde eleve a um patamar de $7 a $8 bilhões de dólares até o ano de 2024, segundo pesquisa divulgada pela Wolters Kluwer Health (2021). 

Quebrando barreiras tecnológicas e culturais

A ProDoctor, empresa consolidada na área de gestão de clínicas e consultórios, investiu em um modelo de telemedicina próprio diferente do que é oferecido no mercado hoje no Brasil, onde as empresas de tecnologia trabalham em modelos de parceria, promovendo integrações de várias plataformas. A empresa tomou a decisão de ir no sentido contrário por dois motivos fundamentais:  segurança e experiência dos usuários. “No ProDoctor Telemedicina, o usuário não precisa sair da plataforma para usar uma solução de terceiros, o que aumenta o controle e a segurança da solução. Tudo é tão simples quanto uma consulta presencial”, enfatiza Jomar Nascimento, Diretor Geral e Head de Tecnologia da ProDoctor.

Ainda este mês, a empresa lança o ProDoctor Telemedicina em seu produto Cloud, o que deve alavancar ainda mais o uso da plataforma. A solução já está disponível para usuários dos dois outros produtos da empresa: ProDoctor Plus e ProDoctor Corp.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar