faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Sustentabilidade para Santas Casas e Hospitais Filantrópicos

Sustentabilidade para Santas Casas e Hospitais Filantrópicos.jpg
Projeto de São Paulo "Mais Santas Casas" tem o objetivo de auxiliar financeiramente às instituições do estado.

No mês passado, o governador da cidade de São Paulo, João Doria, anunciou o programa “Mais Santas Casas”. Considerado o maior da história do SUS do estado de São Paulo, o "Mais Santas Casas" vem com o objetivo de auxiliar financeiramente às Santas Casas e os hospitais filantrópicos do estado.

Durante a coletiva de imprensa, o governador informou que serão destinados R$ 1,2 bilhão por ano para apoiar as unidades no custeio da prestação dos serviços SUS. Além disso, Doria anunciou também uma nova linha de crédito, da ordem de R$ 300 milhões, voltada exclusivamente ao financiamento da aquisição de sistemas e equipamentos de energia solar fotovoltaica para esses estabelecimentos de saúde.

 

Programa “Mais Santas Casas”

O programa foi estruturado de forma a levar em consideração os diferentes portes, perfis assistenciais e as formas de atuação dos serviços de saúde na rede regional. Outro importante fato ressaltado pelo governador do estado é que há a previsão de ampliação em 25% dos recursos já destinados anualmente para essas instituições, por meio de convênios, que destinará mais de R$ 250 milhões extras em caráter de auxílio financeiro. Além disso, passará a alcançar 333 entidades totais.

O programa estabeleceu três categorias para poder definir o percentual de recurso extra. Na primeira categoria, estão os hospitais de maior porte, com mais de 150 leitos. Além de oferecer especialidades mais complexas como cardiologia, oncologia, neurologia e traumas, também será um serviço de referência para moradores dos municípios da região onde estão instalados e receberão 70% a mais do que já é destinado a eles pelo teto federal.

Na segunda categoria, estão os hospitais com aproximadamente 100 leitos, incluindo UTI e atendimento de alta complexidade. Nesta categoria, serão beneficiados com 40% extra aliado aos recursos do teto.

Os demais hospitais, independentemente do número de leitos, receberão 10%.

Linha ESG Saúde

As Santas Casas e Hospitais Filantrópicos vão financiar a compra e instalação de equipamentos para produção de energia renovável, como placas solares e sistemas fotovoltaicos por meio da nova linha de crédito do Desenvolve-SP. Outro ponto destacado por João Dória durante a coletiva de imprensa é que esse financiamento pode cobrir até 100% da implementação, sem juros, com prazo de pagamento em até 6 anos e carência de 12 meses.

O investimento em energia solar fotovoltaica oferece retorno em curto prazo e por isso é um grande benefício para estes estabelecimentos de saúde. Sua implantação é fácil e rápida e o valor economizado em energia cobre o pagamento do financiamento.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar