faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Uso da inteligência artificial aprimora a qualidade de exames rotineiros

divulgação Portal Telemedicina.png
Estudo mostra redução de 40% na taxa de repetição de eletrocardiogramas

Tornar o trabalho em clínicas e hospitais muito mais eficiente, evitando a repetição de exames e a reconvocação de pacientes. Este é o principal foco do modelo de IA desenvolvido pela Portal Telemedicina para aprimorar a qualidade técnica do eletrocardiograma (ECG), um exame rotineiro, muito utilizado nos check-ups médicos, prontos-socorros e medicina ocupacional.

A Portal Telemedicina participou de um estudo conduzido pela Partnership on AI, uma coalizão sem fins lucrativos comprometida com o uso responsável da inteligência artificial e educação sobre o tema. Após entrevistas com executivos, desenvolvedores de machine learning e os usuários finais, concluiu-se que os mapas de calor seriam a forma mais eficiente para explicar aos técnicos e enfermeiros o motivo do sistema sinalizar quando os exames realizados estão com baixa qualidade.

Durante o estudo foi observada uma redução de 40% na taxa de repetição de exames de ECG nas clínicas participantes. Isto é, a situação onde o cardiologista recebe o exame e solicita a repetição por não conseguir analisá-lo adequadamente devido a problemas técnicos durante a realização caiu em 40%.

Como a tecnologia funciona

Divulgação/Créditos: Diorgenes PandiniElizabeth Rocha Fernandes _ Diretora de Produto e Desenvolvimento.jpg

Os algoritmos utilizam uma ampla base de dados para fazer uma varredura no exame que está sendo aplicado, identificando possíveis problemas que vão inviabilizar a leitura do médico especialista que receberá o exame. Com esse método, que aponta problema de qualidade técnica nos exames, a reaplicação pode ser feita imediatamente, evitando também a reconvocação de pacientes.

A análise do algoritmo é traduzida em forma de mapa de calor (heatmap), demonstrando no próprio exame a área onde está o problema e facilitando a compreensão do usuário, independentemente do seu nível de conhecimento acerca da tecnologia”, explica Elizabeth Rocha Fernandes, diretora de produto e desenvolvimento da Portal Telemedicina.

Ainda de acordo com Elizabeth, esse tipo de ferramenta está alinhada com o conceito de inteligência artificial explicável, que busca tornar transparente o processo de funcionamento dos algoritmos, demonstrando o caminho percorrido pela IA para o usuário que fará uso do sistema efetivamente.

Outras aplicações da IA na saúde

O uso da inteligência artificial para aprimorar a qualidade de exames é apenas uma das aplicações possíveis desta tecnologia na área da saúde. Hoje, algoritmos já auxiliam médicos e profissionais da área em diagnósticos e predição de doençasgestão de saúde populacional, automação de atividades administrativas, entre outras frentes.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar