faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Google Fit usará câmeras para registrar a Frequência Cardíaca

Google Fit.jpg

O Google Health anunciou um novo recurso em seu aplicativo móvel Google Fit que usa aprendizado de máquina para fornecer aos usuários leituras de frequência cardíaca e respiratória sem a necessidade de qualquer outro hardware além da câmera do smartphone. As duas ferramentas devem ser lançadas para todos os dispositivos Pixel no próximo mês, e chegarão a outros dispositivos Android rodando a versão 6 nos próximos meses.

Ambos são acessados ​​dentro do aplicativo e incluem instruções que orientam os usuários sobre como posicionar a câmera para leituras precisas. Para o recurso de frequência respiratória, o usuário segura a câmera frontal do telefone para que sua cabeça e parte superior do tronco fiquem à vista (semelhante a tirar um selfie de retrato). O software rastreia a subida e descida do peito do usuário enquanto ele respira normalmente por cerca de 30 segundos.

De acordo com a empresa, ele é preciso em média em uma única respiração por minuto. Para o recurso de frequência cardíaca, o usuário, em vez disso, focaliza a câmera na ponta do dedo, com o aplicativo detectando os batimentos cardíacos por meio da fotopletismografia (PPG), em que pequenas alterações na cor óptica do sangue estão relacionadas a alterações de volume. O Google disse que esta abordagem tem um erro percentual absoluto médio de menos de 2% e que a empresa está tentando atualizar o algoritmo para detectar mudanças de cor no rosto do usuário.

Os dados são criptografados durante o trânsito. No aplicativo Google Fit, os usuários poderão ver um resumo de suas leituras salvas recentemente. Jiening Zhan, líder técnico do Google Health, disse durante o briefing que esses recursos foram testados internamente em uma amostra de participantes que compreende diferentes estados de saúde e tons de pele, bem como em várias iluminações. A empresa está planejando lançar esses estudos de validação como artigos pré-impressos "nas próximas semanas" e também buscará a publicação em um jornal de revisão por pares no futuro.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar