faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Novo Dispositivo em Telehealth transforma a Televisita

Dispositivo em Telehealth.jpg

A crise da Covid-19 acelerou a adoção da telemedicina por médicos e pacientes. Os pacientes têm prazer em se conectar remotamente para evitar a entrada em ambientes médicas. Os médicos descobrem que consultar os pacientes pelo Zoom economiza tempo.

A startup israelense Nonagon (anteriormente MyHomeDoc) está adicionando uma nova ferramenta a cesta de truques tecnológicos da telemedicina: o dispositivo doméstico N9 nine-in-one home device (daí o novo nome da empresa, que se refere a um polígono de nove lados) executa muitos dos exames que um médico tradicionalmente faz pessoalmente. O dispositivo portátil inclui um estetoscópio para ouvir os sons pulmonares, cardíacos e intestinais; um otoscópio para examinar as orelhas; um oxímetro que verifica a taxa de pulso e oxigênio (essencial para monitorar Covid-19); e um termômetro para registrar a temperatura corporal. Para testes de garganta e pele, o aparelho usa a câmera do smartphone do paciente. Os pacientes podem enviar os resultados de suas verificações para seus médicos, se estes tiverem instalado o software Nonagon. Os dados se integram facilmente aos sistemas de software de HMO  existentes.

Sem uma ferramenta como a N9, o médico deve fazer um diagnóstico de telessaúde “sem quaisquer dado clínico para se basear”, disse Omer Maman, vice-presidente de marketing do Nonagon. “Ele não consegue ouvir meus pulmões ou olhar nos meus ouvidos quando precisa prescrever o tratamento”. O dispositivo de Nonagon recebeu autorização da FDA no final de março. Isso se seguiu à aprovação CE europeia concedida no início de 2021. O N9 não deve ser confundido com outras tecnologias de monitoramento remoto - por exemplo, dispositivos que fornecem uma alimentação constante de dados sobre pressão arterial, glicose ou hipertensão. Esses tendem a ser mais caros, pesados ​​e voltados para pessoas com doenças crônicas. “Nosso produto atende às necessidades de toda uma família ou lar, não importa se o paciente é uma criança ou um idoso, um paciente crônico ou não”, ressalta Maman. Acompanhe o video da solução aqui.

TAG: Hospitalar
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar