faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Hcor lança plataforma de doação para projetos de responsabilidade social

projetos sociais hcor.jpg
Iniciativa beneficia a realização gratuita de cirurgias intrauterinas, atendimento a crianças com cardiopatias congênitas e assistência à saúde de refugiados

Com o propósito de “cuidar das pessoas e fortalecer a saúde”, o Hcor continua investindo em projetos de atendimento gratuito às populações em vulnerabilidade social de todo o País. Para ampliar a capacidade de seus programas de responsabilidade social, a instituição acaba de lançar uma plataforma para doação. Por meio do site, é possível contribuir com qualquer valor ou optar pela doação de R$ 40, R$ 80 ou R$ 150.

Só em 2021, mais de 35 bebês foram operados ainda no útero de suas mães, residentes em 13 Estados brasileiros, sem qualquer custo. Mais de 590 consultas e 240 exames também foram realizados gratuitamente em crianças portadoras de cardiopatia congênita. Além disso, mais de 560 consultas e 200 exames beneficiaram refugiados, de 30 nacionalidades diferentes, que não poderiam pagar pela assistência à saúde.

A contribuição da sociedade é muito importante em um país como o Brasil, onde existem vazios assistenciais que inviabilizam o acesso de toda a população à saúde de qualidade. Todos os meses, por exemplo, 250 crianças nascem com malformação grave na coluna vertebral (mielomeningocele), que poderia ser corrigida pela cirurgia intrauterina. A intervenção ainda na gestação também salvaria a vida de gêmeos com Síndrome de Transfusão Feto Fetal (STFF), uma doença que afeta o fluxo de sangue da placenta compartilhada e que causa a morte em 95% dos casos. 

Além disso, outro grave problema é a cardiopatia congênita, doença que, no Brasil, acomete 30.000 bebês todos anos, sendo que 57% não têm acesso ao tratamento adequado. No caso de pessoas refugiadas em situação de vulnerabilidade social, 67% afirmam que a baixa renda não é suficiente para cobrir gastos essenciais, como alimentação e acesso à saúde. 

“Cuidar do próximo está na essência da instituição desde o seu princípio. A Associação Beneficente Síria, mantenedora do hospital e com mais de 100 anos de história, tem a filantropia e a responsabilidade social como os principais objetivos de trabalho. Atuamos fortemente para oferecer assistência à saúde àqueles que não têm acesso, mas precisamos de ajuda para ampliar a nossa capacidade de atendimento”, conta Vera Lygia Bussab Saliba, membro do Conselho de Administração e do Comitê de Responsabilidade Social do Hcor.

Conheça os projetos de responsabilidade social do Hcor:

Programa Adote uma Vida

Oferece tratamento para a correção de complicações congênitas do feto ainda no útero da mãe, em casos de mielomeningocele e Síndrome de Transfusão Feto-Fetal (STFF).

Assistência para Cardiopatias Congênitas

Realiza procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, acompanhamento multiprofissional ao longo da vida, apoio diagnóstico, realização de exames e centro de reabilitação física e neurocognitiva.

Apoio aos Refugiados

Oferece consultas e exames, em mais de 15 especialidades médicas, para pessoas em situação de refúgio no Brasil.

TAG: Gestão
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar