faz parte da divisão da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como a tecnologia pode impactar processos em hospitais

tecnologia em hospitais.jpg
Parte crucial do ecossistema de saúde, os hospitais também passam pela transformação digital e podem ter na tecnologia soluções que otimizem os processos e beneficiem funcionários e pacientes

No dia 2 de julho é celebrado o Dia do Hospital no Brasil. Assim como diversas empresas, setores e instituições, os hospitais têm caminhado rumo à transformação digital, tendo na tecnologia um caminho para otimizar processos. A Carefy, empresa de gestão e monitoramento de internações, aponta os principais benefícios que a tecnologia pode proporcionar a um hospital.

Uma das principais vantagens, certamente, é a otimização de processos e redução de gastos. Isso porque, graças a tecnologia, é possível agrupar os indicadores de custos hospitalares em um software. Ou seja, as informações são reunidas de maneira que a gestão torna-se mais ágil e os dados de média de permanência no hospital, previsão de custo, internações diárias, entre vários outros indicadores ficam mais acessíveis aos gestores.

Para Marcelo A. Santos, CEO da Carefy, a adoção da tecnologia na auditoria médica e otimização de processos é parte da solução que beneficiará todo o sistema de saúde. “Estamos em uma era de transformação digital que inevitavelmente irá atingir todos setores dentro de uma instituição de saúde. Ao resolver os problemas burocráticos de gestão e monitoramento, o paciente também acaba beneficiado já que, entre outras possibilidades, é possível diminuir o tempo de internação”, ressalta o executivo.

O gerenciamento de leitos também é uma vertente bastante importante na gestão hospitalar e pode ser impactada de forma significativa pela tecnologia. A pandemia de Covid-19 escancarou a importância da disponibilidade e gestão de leitos. A alta demanda colapsou os sistemas e, embora tenha sido algo extremamente fora da curva, que exigiu muito das redes públicas e privadas, a pandemia deixa de lição para os hospitais que o gerenciamento correto de leitos é profundamente importante para evitar possíveis superlotações.

“Quando abordamos o gerenciamento de leitos hospitalares estamos falando em administrar a capacidade de internação de uma unidade de saúde. A gestão assertiva destes leitos faz a instituição ganhar qualidade no serviço ofertado, aumentar a satisfação do usuário com a instituição, desafogar o trabalho dos profissionais de saúde e facilitar o acesso à informação para os profissionais envolvidos”, destaca Marcelo.

É seguro afirmar que a tecnologia hoje é indispensável no que diz respeito à qualidade e agilidade de processos dentro dos hospitais. Tanto as instituições, como as operadoras e principalmente, os pacientes, podem se beneficiar dessas soluções que otimizam processos e afetam, positivamente, todo o ecossistema de saúde.

Sobre a Carefy
Premiada duas vezes no ranking Top 10 HealthTechs da 100 Open Startups, em 2019 e 2020, e em primeiro lugar no Healthcare Innovation Show de 2017, a Carefy é uma empresa de gestão e monitoramento de internações, oferecendo dados de apoio para a tomada de decisão das operadoras de planos de saúde. Fundada em 2017, a empresa possibilita redução de custos nas internações, tempo médio de permanência e melhoria na assistência para operadoras de planos de saúde. Até hoje, já monitorou mais de 350 mil internações em mais de 860 hospitais.
 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar